Presidente da Coreia do Sul quer paz entre as Coreias e avançar para a unificação

Korea Summit Press / EPA

O líder norte-coreano, Kim Jong-un, e o Presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, durante a Cimeira de Panmunjom

Moon Jae-in, Presidente da Coreia do Sul, quer trabalhar com o povo da Coreia do norte de modo a ser criada uma nova ordem de paz.

O Presidente da Coreia do Sul afirmou esta sexta-feira querer avançar em direção a um novo regime para a península coreana, criar uma nova ordem de paz e preparar a unificação.

“Vamos avançar com uma transição audaciosa em direção a um novo regime da península coreana e preparar a unificação“, disse Moon Jae-in, segundo a agência estatal sul-coreana Yonhap, durante uma cerimónia que marca o centenário do Movimento pela Independência contra o domínio colonial japonês.

Os próximos 100 anos serão diferentes do passado. O novo regime da península coreana refere-se à ordem do próximo século em que assumiremos um papel de liderança. Trabalhando junto com o povo e com a Coreia do Norte criaremos uma nova ordem de paz e cooperação”, sublinhou.

Moon afirmou ainda que Seul vai trabalhar com Coreia do Norte e os Estados Unidos, com o apoio da comunidade internacional, para que os dois países cheguem a um acordo que agora não foi conseguido.

As declarações do Presidente sul-coreano foram feitas um dia depois de a segunda cimeira entre os EUA e a Coreia do Norte ter terminado abruptamente perante a incapacidade de os líderes dos dois países chegarem a um acordo sobre o desarmamento nuclear do país norte-coreano.

Os trabalhos da cimeira, de dois dias em Hanói, começaram com sinais de harmonia entre o Presidente dos EUA, Donald Trump, e da Coreia do Norte, Kim Jong-un, mas o entendimento esbarrou contra a questão central da desnuclearização, sem que houvesse possibilidade de um acordo.

O falhanço da cimeira pode ser um revés para o presidente sul-coreano, Moon Jae-in, cujas ambições de um maior intercâmbio entre as duas Coreias dependem dos avanços entre Washington e Pyongyang.

A Coreia do Norte sofreu já décadas de isolamento e pobreza extrema, incluindo períodos de fome que causaram milhões de mortos, mas não abdicou de desenvolver um programa nuclear como garantia de sobrevivência do regime.

A divisão da península coreana dura desde o fim da Guerra da Coreia (1950-1953), que terminou com um armistício e sem a assinatura de um tratado de paz entre Pyongyang e Seul, o que deixou os dois países tecnicamente em guerra.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Cientistas "acordam" bactérias com 100 milhões de anos

Os micróbios e as bactérias estavam presentes em argilas enterradas no fundo do mar do oceano Pacífico e são apontados como os organismos vivos mais antigos do planeta Terra. Uma equipa de cientistas, dos Estados Unidos …

PSD e PS lesaram o Estado nos contratos dos aviões C-295 da Força Aérea

O Tribunal de Contas (TdC) concluiu que o Estado português perdeu 9,25 milhões de euros de compensação pelo incumprimento das contrapartidas na compra de 12 aviões C-295 à Airbus Defense and Space (ADS), num relatório …

Sob suspeita, Juan Carlos exila-se na República Dominicana (via Porto)

O rei emérito de Espanha, Juan Carlos, viajou este fim-de-semana para a República Dominicana, depois de decidir viver noutro país face à repercussão pública das investigações sobre os seus alegados fundos em paraísos fiscais. O destino …

É possível inativar o novo coronavírus no leite materno. Basta pasteurizá-lo

Uma equipa de cientistas da Universidade de Toronto e da Sinai Health, no Canadá, realizou uma pesquisa que comprovou que pasteurizar o leite materno inativa o vírus Sars-CoV-2. Uma nova investigação, cujo artigo científico foi recentemente …

Cientistas tornam a luz invisível visível pela primeira vez

Uma equipa de cientistas da Vrije Universiteit Brussel e de Harvard conseguiu, pela primeira vez, tornar visível a luz de campo próximo. Existem vários tipos de luz, alguns visíveis e outros invisíveis ao olho humano. Os …

Estrela morta emite cocktail de radiação nunca antes visto

Um grupo internacional de cientistas explorou o potencial do telescópio espacial de raios gama da Agência Espacial Europeia (ESA) - e outros telescópios e instrumentos - para detetar um cocktail de radiação inédita de uma …

Ator francês Dieudonné banido do Facebook por comentários antissemitas

O ator francês foi banido definitivamente do Facebook e do Instagram por causa dos comentários sobre as vítimas do Holocausto marcados por termos e expressões "desumanizantes contra os judeus". O anúncio do afastamento permanente de Dieudonné …

Última temporada de "La Casa de Papel" terá filmagens em Portugal

A rodagem da quinta temporada da série espanhola "La Casa de Papel", de Álex Pina, começa esta segunda-feira e terá filmagens em Portugal, revelou a plataforma Netflix. Em comunicado, na última sexta-feira, a Netflix explica que …

Janelas com vista para o Espaço. Virgin Galactic revela interior de nave espacial para turistas

A Virgin Galactic acaba de revelar o luxuoso design do interior da cabine do primeiro veículo SpaceshipTwo - o VSS Unity - que permitirá a astronautas e entusiastas explorar o Espaço com conforto. A Virgin Galactic, …

Irão garante ter detido líder de "grupo terrorista" dos EUA

Este sábado, o Irão anunciou a detenção do líder de um "grupo terrorista" norte-americano alegadamente responsável por um bombardeamento mortal, em 2008, numa mesquita da cidade de Shiraz, entre outros ataques. "Jamshid Sharmahd, líder do grupo …