Prémio para profissionais do SNS é “uma esmola”. “Mais valia terem estado quietos”

Tiago Petinga / Lusa

Ana Rita Cavaco, Bastonária da Ordem dos Enfermeiros

Ana Rita Cavaco, bastonária da Ordem dos Enfermeiros, diz que a proposta que prevê prémios e mais férias para os profissionais de saúde é uma “afronta” para enfermeiros.

Para a bastonária da Ordem dos Enfermeiros, a proposta aprovada pelo PSD, que prevê prémios e mais férias para os profissionais de saúde, é uma ofensa, principalmente para os enfermeiros. A medida exclui a maioria dos profissionais e alerta para a necessidade de uma mudança de mentalidade da classe partidária, considera Ana Rita Cavaco.

“Esta proposta abrange o mínimo de profissionais de saúde, arrisco-me a dizer que exclui 80% dos profissionais de saúde“, disse a bastonária ao Observador, acrescentando que, “no caso dos enfermeiros, é de facto uma afronta muito grande”.

“Todos os outros países deram prémios a todos os profissionais de saúde, porque foi com o esforço de todos que chegámos até aqui”, sublinhou ainda a responsável, destacando o exemplo da Holanda, Espanha e Alemanha que ofereceram aos enfermeiros “ordenados na base do triplo daquilo que Portugal oferece”.

“Acho que as pessoas têm de começar a questionar se nós agora somos governados pelo centrão, porque não tenho dúvidas de que isto é combinado entre o PS e o PSD“, frisou.

Esta quarta-feira, os deputados aprovaram por unanimidade uma proposta do PSD que atribui um prémio de desempenho equivalente a 50% da remuneração e mais dias de férias para os trabalhadores diretamente envolvidos no combate à epidemia durante o estado de emergência.

Mais valia terem estado quietos. Os profissionais de saúde não estão sobrecarregados só no combate à covid-19. Estiveram em toda a linha. Eu gostava de saber o que vão dar aos restantes profissionais que estiveram nos lares e noutros locais que ajudaram no combate à covid”, atirou a bastonária, em declarações à TSF.

A representante dos enfermeiros considera que esta é mais uma forma de “destratar” o setor, lembrando as palavras de António Costa, quando afirmou que a final da Liga dos Campeões em Lisboa era um prémio para os profissionais de saúde.

ZAP //

PARTILHAR

11 COMENTÁRIOS

  1. Mas quê? Querem os salários igual a países como a Alemanha? haja paciência…
    Já agora porque não fazer o mesmo com as restantes classes, que apesar de não serem da área da saúde, também trabalharam durante este período para garantir o funcionamento do pais.

  2. Pois, nunca nada serve, pode ser pouco mas não se pode esperar fortunas no estado em que se está e no país que é, mas por outro lado quando se vê situações como o novo banco e a tap se calhar até têm razão!

  3. Esta “gaja” é um escroque de pessoa. Tem “tiques” de grandeza.
    Com o dinheiro dos outros eu também sou grande e magnanime.
    Se fossemos um pais rico (muita gente pensa que sim) mas não somos.

  4. Os profissionais de saúde devem ser valorizados. Não podem receber menos ou igual a uma empregada de limpeza. Andaram a estudar anos p/ quê? Para isso não estudavam, não perdiam tempo nem dinheiro, iam p/ limpezas ou p/ caixas de supermercados.
    Esta gente fala mt mas quando lhe chega ao respetivo é que vem o que deve e não deve ser. É de lamentar a mentalidade pequenina.
    Deviam era de RECLAMAR o que os politicos ganham e ROUBAM.

    • Por acaso os profissionais de saude ganham o mesmo que uma empregada de limpeza?
      E atenção que a empregada de limpeza também merecer ganhar mais do que o salário mínimo. E também corre riscos com o COVID e outras doenças (pelo menos os que trabalham nos hospitais).
      Todos merecemos ganhar mais do que ganhamos.
      A questão é que quem paga os funcionários públicos são os nossos impostos. E só uma maneira de aumentar a despesa com pessoal, endividar ou aumentar impostos.

  5. Eis um exemplo nítido da tentativa da sr.ª Bastonária da ordem dos Enfermeiros em atacar e maldizer do “bónus” só para se mostrar como defensora dos direitos dos enfermeiros. A senhora bastonária mais uma vez mostrou o que pretende, lançar a confusão na classe.

  6. 50% da remuneração e mais dias de férias
    É pouco? … e mais valia estarem queitos???
    Talvez possa fazer com os enfermeiros o que fez com ela propria aumentando-se logo que chegou ao cargo…
    Acho que os enfermeiros sao destratados mas desta vez a Sra Bastonaria perdeu uma boa hipotes de ficar calada.

  7. Concordo que os profissionais de saúde fizeram e estão a fazer um grande esforço, faz parte da sua profissão.
    Também aqueles que tiveram que ficar confinados (comerciantes, feirantes, artistas e muitos outros) fizeram um grande esforço, têm visto os seu bens desaparecerem por ordem do estado, não tendo alternativas para trabalhar, nem sequer salário tiveram.
    Muitas mais classes sociais fizeram grandes esforços e nem por isso tiveram aplausos ou outras regalias, alguns estão a passar fome.
    Nesta altura em que o estado gastou imenso com a pandemia e coisas estúpidas que fizeram, quando tem que haver um orçamento complementar ou rectificativo, o que se pensa primeiro é em gastar mais dinheiro, alguém (povo) irá pagar isso tudo…
    Chamo a isso uma “contenção de despesas negativa”.

RESPONDER

43% dos restaurantes pondera avançar para insolvência

Cerca de 43% das empresas de restauração e bebidas e de 17% do alojamento turístico ponderam avançar para insolvência, informa o mais recente inquérito mensal da Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP). "No …

António Mexia investe 25 mil euros no aumento de capital da EDP

O presidente do Conselho de Administração Executivo da EDP, que se encontra com funções suspensas, subscreveu 7738 ações, num investimento de 24.535 euros, no aumento de capital de mais de mil milhões de euros do …

Liga quer adeptos nas bancadas em setembro. Governo não se compromete

O presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) disse, esta quarta-feira, que o organismo está a trabalhar para que a época 2020/21 comece com público nas bancadas. Na conferência "Futebol Profissional e Economia Pós COVID-19", …

ONU teme "catástrofe geracional" e pede medidas para reabertura das escolas

A Organização das Nações Unidas (ONU) pediu na terça-feira a todos países para que seja dada prioridade à reabertura das escolas sempre que haja controlo da transmissão local dos contágios de covid-19, alertando que o …

IMT suspende circulação de veículos como o que provocou acidente em Soure

O Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT) decidiu, esta quarta-feira, suspender a circulação de veículos de manutenção da ferrovia, como aquele que colidiu contra um Alfa Pendular em Soure, até que sejam adotadas medidas …

PJ e MP fazem buscas no âmbito do caso das golas antifumo

A PJ e o Ministério Público estão a realizar 10 buscas, esta quarta-feira, no âmbito do processo sobre o negócio das golas antifumo, no qual o ex-secretário de Estado, Artur Neves, e o presidente da …

Mais uma morte e 167 novos casos de covid-19 em Portugal

Portugal regista, esta quarta-feira, mais uma morte e 167 novos casos de infeção por covid-19 em relação a terça-feira, segundo o boletim diário da Direção-Geral de Saúde (DGS). Segundo o boletim diário da Direção-Geral de Saúde, …

Presidente promulga lei que lança app Stayaway Covid

O Presidente da República promulgou, esta terça-feira, o diploma que estabelece o responsável pelo tratamento dos dados e regula a intervenção do médico no sistema 'Stayaway Covid'. À margem de uma visita a Lagoa, no Algarve, …

Prémios e dados pessoais. Worten alerta clientes para falso SMS em circulação

A Worten alerta os clientes para não partilharem dados pessoais em resposta a mensagens publicitárias falsas que estão a circular por SMS em nome da retalhista, a anunciar um prémio. "Alertamos que não devem ser facultados …

GNR já passou 2200 coimas por falta de limpeza de terrenos. Mais de cem câmaras multadas

Mais de uma centena de câmaras municipais foram multadas por falta de limpeza de terrenos, sendo a ausência de tratamento nas margens das estradas e junto às linhas de distribuição elétrica a principal infração registada …