“É prematuro estar a aligeirar medidas” na região de Lisboa

José Sena Goulão / EPA

Esta sexta-feira, António Costa considerou que ainda é preciso acompanhar “dia a dia” a evolução da pandemia em Portugal, relembrando que na próxima segunda-feira haverá um conselho de ministros extraordinário.

À saída da reunião com autarcas, em Loures, António Costa referiu que a situação está sob controlo em todo o território nacional, mas frisou que “não devemos desvalorizar o facto de, em alguns locais muito precisos, haver uma taxa de incidência muito elevada”.

O primeiro-ministro reconheceu que a nova metodologia permitiu estabilizar o aparecimento de novos casos, mas afirmou que “seria prematuro, neste momento, estar a aligeirar as medidas neste território”.

“Creio que é, neste momento, consensual entre todos. Isto é um processo dinâmico, todos os dias há novos dados”, pelo que, “temos de ir acompanhando dia a dia a evolução da situação”, afirmou António Costa, citado pelo Sol.

Em relação ao caso concreto de Loures, o governante chamou a atenção para a alteração de focos muito precisos, que se acabam por dispersar, “o que exige da parte das equipas um esforço acrescido”, vincou, salientando ser diferente trabalhar intensamente num determinado bairro e correr múltiplas ruas com uma extensão significativa.

Já sobre o facto de Portugal estar a ser colocado em listas vermelhas de alguns países devido aos vários surtos existentes, Costa lembrou que sempre afirmou que, a partir do momento que Portugal fosse saindo do confinamento para uma normalização da vida, o risco de contágio necessariamente aumentaria.

O país tem “focos muito localizados”, como o caso dos lares, no entanto, isso “não significa a expansão do vírus na comunidade”, sublinhou o primeiro-ministro. Com exceção da Area Metropolitana de Lisboa, António Costa garantiu que a situação é “absolutamente tranquila”.

“Sem prejuízo da realidade que temos todos presente: até haver vacina, o vírus vai continuar a estar aí”, disse, considerando assim injusta a decisão de alguns países. “É injusto incluir Portugal em listas vermelhas, quem veja essas classificações parece que estamos numa situação de risco muito elevado.”

“Há países que só testam situações sintomáticas, há outros que testam assintomáticos. Há outros que só testam casos suspeitos, outros que vão à procura de grupos específico. Tudo isto gera discrepâncias na realidade”, considerou, sublinhando a política portuguesa de testagem massiva.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Ordem dos Médicos apresenta seis recomendações para combater o coronavírus

A Ordem dos Médicos divulgou esta segunda-feira um documento com seis recomendações que "visam melhorar o combate à pandemia no imediato e preparar também o inverno". Uma das medidas propostas pelos médicos é impor o …

Sporting investiu forte no ataque, mas os golos escasseiam

O Sporting CP marcou apenas 49 golos esta temporada, embora tenha investido 21 milhões de euros na frente de ataque. A saída de Bruno Fernandes foi um duro golpe na capacidade goleadora. Nas últimas duas temporadas, …

Portugal é um dos cinco países da Europa onde a pandemia está a recuar

Portugal é um dos cinco países da Europa onde a pandemia está a recuar, de acordo com o mais recente relatório do Centro Europeu de Controlo e Prevenção de Doenças (ECDC) esta terça-feira divulgado. O …

Ryanair desregulou escalas dos trabalhadores que rejeitaram cortes em Portugal

A Ryanair desregulou o regime de escalas habitual à "pequena minoria" de trabalhadores que recusou os cortes da empresa na sequência da pandemia de covid-19, retirando-lhes qualquer direito a bónus, segundo documentos a que a …

Vieira quer oferecer Bruno Henrique a Jorge Jesus

Embora Jorge Jesus não tenha pedido a contratação de Bruno Henrique, o presidente benfiquista quer comprar o avançado brasileiro como prenda para o novo treinador. Luís Filipe Vieira está a estudar a contratação de Bruno Henrique, …

"Dimensão ética". Presidente do Novo Banco enviou uma carta a Marques Mendes a explicar o seu silêncio

Debaixo de fogo depois de serem reveladas as perdas avultadas relacionadas com a venda da carteira de imóveis do Novo Banco, António Ramalho enviou uma carta a Luís Marques Mendes, comentador da SIC, a explicar …

Ministério Público quer Jorge Jesus a testemunhar contra Rui Pinto

O Ministério Público (MP) quer que o treinador português Jorge Jesus testemunhe em tribunal contra o "pirata informático" Rui Pinto, que esta semana deixou a prisão domiciliária com a obrigação de se apresentar semanalmente à …

Guarda-redes do Atlético de Madrid já não escapa ao Sporting

O Sporting conseguiu, nas últimas horas, ultimar os detalhes do contrato que trará o guarda-redes espanhol António Adán para Alvalade. O jornal desportivo Record avança esta terça-feira que o contrato está a ser ultimado, adiantando que …

Dois agentes da PSP detidos em flagrante por tráfico de cocaína escondida em contentores de bananas

As autoridades portuguesas detiveram em flagrante quatro cidadãos nacionais por tráfico de droga, dois dos quais eram agentes da PSP em Faro. Fonte do gabinete de relações públicas da PSP adiantou à agência Lusa, que …

"Formiga do inferno." Descoberto fóssil preservado em âmbar com 99 milhões de anos

Uma equipa internacional de cientistas encontrou um fóssil preservado em âmbar que ilustra o exato momento em que uma formiga pré-histórica devora a sua presa. De acordo com o artigo científico, publicado recentemente na Current Biology, …