Missão do PPM é alertar para “revolução bolchevique” em Portugal

Gonçalo da Câmara Pereira / Facebook

Gonçalo da Câmara Pereira

A missão do Partido Popular Monárquico (PPM) nas eleições legislativas é alertar para “a revolução bolchevique” que está em curso em Portugal, país que corre o risco de se transformar numa Venezuela, segundo o presidente do partido.

Em entrevista à agência Lusa, divulgada esta quarta-feira, Gonçalo da Câmara Pereira disse não ter dúvidas de que o país se encontra numa “encruzilhada”. “Estamos a levar um caminho em direção a uma Venezuela, e é esse o sentido com que estamos nestas eleições, de chamar a atenção para isso”, afirmou.

O presidente do PPM elegeu como os maiores riscos a “chamada revolução bolchevique calada”. “Estamos a caminho de uma Cuba e as pessoas não percebem. A falsificação dos números da economia é uma coisa assustadora, a justiça está na mão dos partidos”, disse, concluindo: “É uma chamada falsa democracia”.

Gonçalo da Câmara Pereira garantiu que o PPM tem objetivos muito concretos. Quer liberalizar o ensino que, na sua opinião, tem estado “cada vez mais estatizado, com programas que não são adequados a uma democracia”.

“O ensino privado, que deve ser muito mais aberto, está a ficar completamente fechado. A liberdade de ensino que os pais têm sobre a educação começa a ser muito dependente do Estado”, especificou.

E referiu: “Herdámos um Estado salazarista, mas mantivemo-lo. Fizemos uma revolução para acabar com o Estado como Estado protetor e a estrutura mantém-se. Não há um único banco português, todos dependem do Estado. O ensino é o Estado, Estado, Estado”.

Ainda no ensino, defendeu a continuidade do público, mas com programas “mais liberalizados”. “Não pode ser o Estado a dar a instrução. Tem de dar programas básicos, mas depois liberalizar e deixar os pais e a sociedade escolherem outros programas e formação que não seja canalizada pela própria imposição republicana muito fechada. Que seja aberta à sociedade”, disse.

Em relação à saúde, considerou que o estado atual do Serviço Nacional de Saúde (SNS) é “uma miséria, porque deixou de haver investimento”. O mesmo Governo que “cortou as verbas” é o que “diz que quer salvar o SNS”, acusou.

Preocupado com os níveis de abstenção, pelos quais responsabilizou os partidos que têm estado no poder nos últimos anos, o presidente do PPM chamou a atenção para a recente formação de vários pequenos partidos políticos que, “se surgiram, foi por alguma razão”.

Trata-se de “uma resposta da sociedade civil a um esgotamento destes partidos do chamado arco governamental”, disse, sublinhando que “a maior parte dos pequenos partidos que surgiram ultimamente são de direita, não são de esquerda”.

“Os partidos que estão no Governo e estão já institucionalizados, dominam a sociedade e não deixam respirar a democracia. A democracia neste momento não está respirável, porque os pequenos partidos são considerados de segunda divisão e os outros são de primeira divisão”, prosseguiu.

Para já, o PPM apenas vê a possibilidade de participar numa coligação se esta for composta por partidos de direita. Como objetivo para as legislativas de 06 de outubro, o partido definiu a eleição de deputados ou um resultado que implique uma subvenção estatal. “O nosso objetivo seria os 50 mil votos, a partir daí seria uma vitória”, afirmou.

Como primeira medida caso chegue ao Parlamento elegeu o fim das espécies invasoras – o eucalipto e o pinheiro. “Não se consegue combater isto atualmente, porque mexe com dois a três por cento do Produto Interno Bruto (PIB)”, mas “são plantas invasoras que estão cá e são responsáveis pelos incêndios e pela poluição dos rios”.

TP, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

A Família Real inglesa vai ter um novo membro (e será já no início de 2021)

A Rainha Isabel II vai ter mais um bisneto. A princesa Eugénia anunciou hoje, através das redes sociais, que está à espera do seu primeiro filho. Também a Casa real já se pronunciou sobre a …

Google Maps vai localizar e mapear áreas de contágio de covid-19

O Google Maps, 'website' e aplicação de cartografia da gigante norte-americana Google, vai poder revelar nos mapas, consultados por utilizadores, as áreas de infeção da covid-19. “Ao abrir o Google Maps, clique na guia à direita …

Cabra com mais de 400 anos encontrada mumificada numa montanha de gelo

Uma cabra morta há mais de 400 anos foi descoberta por um esquiador, em Val Aurina, em Itália. Hermann Oberlechner, alpinista e campeão de esqui, estava a caminhar quando encontrou algo invulgar e inesperado no …

Norte-americano morre após overdose de guloseimas

Um homem de 54 anos morreu na sequência de uma paragem cardíaca causada por hipocaliemia severa. A ingestão de alcaçuz preto em altas quantidades é apontada como a causa da morte. Um norte-americano de 54 anos, …

Cidade brasileira de Manaus pode já ter atingido a imunidade de grupo

Um estudo liderado pela Universidade de São Paulo, no Brasil, sugere que a cidade brasileira de Manaus, a capital do estado do Amazonas, pode já ter atingido a imunidade de grupo para o novo coronavírus …

Segunda vaga da covid-19 aumenta fosso entre ricos e os pobres em Madrid

A capital de Espanha foi a mais atingida da Europa ao nível de contágios e mortes por covid-19, situação que levou a presidente da Comunidade de Madrid, Isabel Díaz Ayuso, a decretar o bloqueio parcial …

Sobrinho de Pablo Escobar terá encontrado 18 milhões escondidos na parede do apartamento do traficante

Um sobrinho do traficante colombiano Pablo Escobar disse que encontrou 18 milhões de dólares em dinheiro escondidos dentro de uma parede de um dos apartamento do seu tio. De acordo com o jornal britânico The Independent, …

Bebé nasce durante voo (e companhia aérea oferece-lhe "passagem vitalícia")

Foi durante uma viagem de avião que uma menina resolveu vir ao mundo A mãe da bebé viajava num voo da Egyptair quando entrou em trabalho de parto e teve direito a um presente inesperado. …

Pelo menos 22 mortos em queda de avião militar na Ucrânia

Pelo menos 22 pessoas morreram, esta sexta-feira, na queda de um avião militar no este da Ucrânia, entre as quais estudantes de uma escola militar, havendo ainda registo de dois feridos graves. "Vinte mortos e dois …

Empresas espanholas terão de pagar despesas dos funcionários em teletrabalho

A lei não se aplicará se o teletrabalho tiver sido forçado pela pandemia de covid-19, mas a empresa terá de assumir, porém, as despesas dos funcionários que estejam a trabalhar à distância. De acordo com o …