Póvoa de Varzim deixa de apoiar touradas

frmorais / Flickr

-

A Câmara Municipal da Póvoa de Varzim vai deixar de apoiar touradas que se realizem na cidade, passando a cobrar a oito mil euros pelo aluguer da sua praça de touros.

A autarquia poveira tinha como tradição oferecer o recinto às entidades que promovem este espetáculo, sobretudo na época de verão, como forma de atrair mais turistas à cidade, mas a partir e agora o autarca local, Aires Pereira, decidiu inverter essa prática.

“Todas as touradas que se realizarem na Póvoa de Varzim a partir de agora já não contarão com a aposta de dinheiros públicos. Deixamos de isentar as entidades promotoras da taxa de aluguer da nossa praça de touros”, revelou o presidente da Câmara Municipal poveira.

Por enquanto, ainda não está em cima da mesa a proibição destes eventos na cidade: “Enquanto a lei permitir este género de espetáculo, a Câmara Municipal não irá proibir a sua realização, mas investir o dinheiro dos contribuintes poveiros é algo que não irá mais acontecer”, disse o autarca.

Aires Pereira fez esta revelação à margem de um protocolo de colaboração com a associação A Cerca – Abrigo de Animais Abandonados, que prevê um apoio de 20 mil euros anuais para o fim do abate de animais no canil municipal.

“É importante que as pessoas percebam que isto não é a atribuição de um subsídio, é o assumir de um compromisso para a resolução de um problema. Felizmente encontramos n’A Cerca pessoas para a parceria e tudo faremos em conjunto para assegurar o bem-estar dos animais do concelho”, explicou.

O presidente da Câmara revelou, ainda, que o canil municipal irá ser alargado, com a expansão do número de jaulas, para que “se acabe de vez com o abate de animais, que desagrada a todos”, reforçou.

A capacidade do canil municipal é de cerca de meia centena de animais, o que obrigava o serviço a ter de abater o excedente – ou seja, cerca de oitenta animais têm sido eutanasiados todos os anos.

Com este protocolo, quando não tiverem espaço no canil municipal os animais seguirão para o da associação, que tratará dos processos de adoção.

“Penso que as pessoas estão a adotar mais animais, ao contrário do que se poderia pensar. Acabamos por dar para adoção com alguma frequência, por isso acho que não são os cães que vêm do canil municipal que vão encher a associação porque sempre tivemos animais a entrar e sempre resolvemos da melhor maneira”, explicou Raquel Teixeira, presidente da associação.

Atualmente a associação conta com 135 animais, um número que segundo Raquel Teixeira, “é muito variável”.

A dirigente adiantou que o apoio da autarquia vai servir de “almofada” para futuras melhorias das condições das instalações, apelando aos sócios e à comunidade que continuem a contribuir porque há sempre necessidades que vão surgindo.

“Neste momento ainda não pensamos no destino, pensamos sim que todos os meses temos despesas fixas que precisamos de pagar e que este apoio vai ficar de reforço para quando realmente tivermos de fazer uma obra”, concluiu.

Com esta medida, a Póvoa de Varzim passa a ser um dos concelhos pioneiros do país a deixar de praticar eutanásia de animais num canil municipal.

/Lusa

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Um grande aplauso para a autarquia poveira e o seu autarca Aires Pereira. Muitos parabéns! (Já agora, até quando a câmara de St. Tirso irá ignorar a associação local?)

RESPONDER

"Resultados de Centeno são bons, mas o caminho para lá chegar não"

Assunção Cristas, líder do CDS, admitiu em entrevista ao Jornal de Negócios que os resultados do ministro das Finanças, Mário Centeno, são bons, mas a forma como foram alcançados não. Se a ex-professora universitária tivesse de …

Irão vai permitir que mulheres entrem nos estádios

A jovem iraniana Sahar Khodayari, de 29 anos, imolou-se em frente a um tribunal de Teerão depois de ter sido condenada a seis meses de prisão por tentar ir a um jogo. A sua morte …

Thomas Cook anuncia falência e obriga a repatriamento maciço de 600 mil turistas

O operador turístico britânico Thomas Cook anunciou falência depois de não ter conseguido encontrar, durante o fim de semana, fundos necessários para garantir a sua sobrevivência e, por isso, entrará em “liquidação imediata”. “Apesar dos esforços …

Dar à luz era mais fácil há 2 milhões de anos

Como humanos modernos, desenvolvemos a habilidade de caminhar em duas pernas e temos cérebros grandes. Estas características ajudam-nos a chegar à prateleira de cima e a resolver quebra-cabeças - mas vêm com um preço. As nossas …

Lotes de medicamentos para azia com possível carcinogénio retirados do mercado

O Infarmed ordenou este sábado a recolha e retirada imediata de uma série de lotes de medicamentos protetores gástricos contendo o princípio ativo ranitidina do mercado, depois de ter sido detetada a presença de uma …

Ator de Star Trek morre aos 50 anos

Aron Eisenberg, o Nog de Star Trek: Deep Space Nine, morreu este sábado, com apenas 50 anos. A causa de morte do ator ainda não foi revelada. Morreu Aron Eisenberg, ator que interpretou a personagem Nog, …

Mesmo que não beba, o seu fígado pode sofrer danos causados por álcool

A lesão hepática é uma das consequências bem conhecidas do consumo excessivo de álcool. Mas nem sempre é preciso beber para sofrer delas. Algumas bactérias intestinais produzem álcool e podem danificar o nosso fígado sem lhe …

Colisão gigante de asteróides no Espaço provocou um boom de vida na Terra

Os asteróides desempenharam um "papel divino" na história da vida na Terra. Um novo estudo sugere que um gigantesco boom de biodiversidade na Terra, há cerca de 470 milhões de anos, poderá ter acontecido devido …

Alguns planetas podem orbitar um buraco negro supermassivo em vez de uma estrela

Estamos habituados à ideia de que um planeta orbita estrelas. No entanto, estes corpos celestes podem também existir em torno de buracos negros supermassivos. Os cientistas já haviam adotado a ideia de que há planetas a …

PSD a 3 deputados da maioria na Madeira. CDS afasta geringonças

Miguel Albuquerque, político experiente, apreciador de música e apaixonado por rosas, voltou hoje a vencer as eleições regionais da Madeira, mas tem agora pela frente a ‘espinhosa’ tarefa de negociar um entendimento que garanta estabilidade …