Covid: 60% da poupança já foi gasta

Em 2020 registou-se um pico de poupança, por causa do coronavírus, mas entretanto já foram gastos mais de 8 mil milhões de euros.

Os portugueses andaram a poupar muito, desde que o coronavírus chegou, mas mais de metade dessas poupanças “já se foi”.

O Jornal de Negócios olhou para os números do Instituto Nacional de Estatística e concluiu que cerca de 8.2 mil milhões de euros dessa poupança recente já foram gastos.

2020 registou um pico de poupança, por ter sido o primeiro ano da pandemia em Portugal.

Mais concretamente, entre Março de 2020 e Março de 2021: nesse período as famílias em Portugal pouparam cerca de 21 mil milhões de euros (14,3% do seu rendimento disponível).

Um ano depois desse total, o primeiro trimestre de 2022 registou uma taxa de poupança de 8,3% do rendimento disponível bruto – ou seja, pouco mais de metade dos valores anteriores. Tinha sido 10,7% no último trimestre do ano passado.

E, com a inflação a atingir recordes sucessivos, até 2024 essa taxa de poupança deve cair para 6% (abaixo dos números de 2019, o último ano antes da pandemia), de acordo com o boletim económico do Banco de Portugal.

Voltando aos gastos, e olhando para o pico da “poupança covid”, os 8.2 mil milhões de euros representam 61,2% dessas poupanças.

As poupanças deverão continuar a cair porque, avisou o BPI, “irão ser totalmente absorvidas pelo aumento da inflação”.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.