A tomada de posse de Joe Biden deixou os apoiantes do QAnon sem rumo

Michael Reynolds / EPA

Com a tomada de posse de Joe Biden como 46.º Presidente dos Estados Unidos, esta quarta-feira, a frustração começou a infiltrar-se entre os apoiantes do QAnon.

O QAnon é um movimento nascido, em 2017, no seio online da extrema-direita norte-americana, que defende várias teorias da conspiração, nomeadamente que há uma seita mundial de pedófilos satanistas entre as altas hierarquias do Governo e em Hollywood.

Durante os anos em que Donald Trump esteve à frente da Casa Branca, os apoiantes deste grupo conspiracionista realmente acreditaram que o republicano estava a travar uma guerra secreta contra esta suposta seita e que a “Tempestade”, ou o “Grande Despertar” como também gostam de lhe chamar, estava ao virar da esquina.

Mas agora, com o regresso do ex-Presidente à sua mansão na Flórida e com a tomada de posse de Joe Biden em Washington, esta quarta-feira, os conspiracionistas ficaram sem rumo.

Nada aconteceu, o que terá deixado “os apoiantes do QAnon num frenesim de confusão e descrença, quase instantaneamente destruindo a ilusão coletiva que foi alimentada e amplificada por muitos”, lê-se no artigo publicado pela estação televisiva CNN.

Para dificultar a situação, redes sociais como o Facebook e o Twitter removeram muito do conteúdo relacionado com o QAnon, logo, os seus apoiantes estão agora espalhados em sites de menor dimensão.

“Os seguidores mais ferrenhos do QAnon estão confusos. Depois de vários anos de espera pelo ‘Grande Despertar’, parecem ter ficado genuinamente chocados ao ver o Presidente Biden tomar posse. Uma percentagem significativa no meio online escreve que desistiu do QAnon, enquanto outros estão a promover novas conspirações”, explicou à cadeia televisiva Daniel J. Jones, presidente da Advance Democracy, uma organização sem fins lucrativos apartidária que monitoriza grupos extremistas e a desinformação online.

“Biden é o nosso Presidente. Está na altura de desligarmos os nossos dispositivos e voltarmos à realidade. (…) Por enquanto, vou desconectar-me de todas as redes sociais. Tem sido divertido, malta, mas infelizmente acabou”, escreveu um dos apoiantes no Telegram.

Outros acreditam que este anticlímax faz parte do plano, sugerindo que Trump apenas “permitiu” que Biden se tornasse Presidente “pelas aparências”. “Tudo o que acontecer nos próximos quatro anos é, na verdade, o Presidente Trump que está a fazer acontecer”, escreveu outro utilizador do 4chan.

“Está tudo uma confusão. A frustração começou a infiltrar-se. Há algum constrangimento, alguma raiva… Estão a surgir novas conspirações e estão a discuti-las entre si”, declarou Carla Hill, investigadora do Centro de Extremismo da Liga Anti-Difamação.

Esta quarta-feira, os Estados Unidos pararam para ver o democrata Joe Biden tomar posse, na escadaria oeste do Capitólio, como 46.º Presidente. No discurso que se seguiu, o novo chefe de Estado celebrou o facto de a democracia ter prevalecido e pediu a todos os norte-americanos, sem exceção, para que tenham espírito de união.

Filipa Mesquita Filipa Mesquita, ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Sem rumo já eles estavam, senão não se tinham metido nessa seita de loucos!…
    Agora é só seguir o líder e voltar para as cavernas!

RESPONDER

Várias escolas de Tóquio pedem "certificados de cabelo real" aos alunos

As escolas japonesas são conhecidas pela sua rigidez relativamente à aparência dos seus alunos, tanto que os estudantes que não seguem o padrão de "cabelo liso e preto" têm de apresentar provas. Dados divulgados, esta semana, …

UE estima normalidade nas vacinas daqui a duas semanas. Orbán recebeu vacina chinesa

A União Europeia (UE) estima que dentro de duas a três semanas "tudo vai funcionar normalmente" na produção e distribuição de vacinas nos Estados-membros. Entretanto, o primeiro-ministro húngaro já foi vacinado (mas com uma vacina …

"Os dados de milhões de pessoas estão em risco", alertam denunciantes da Amazon

Denunciantes da Amazon alertam que os dados de milhões de pessoas estão em risco devido à falta de preocupação da empresa com a cibersegurança. A par da Google, Apple, Microsoft e Facebook, a Amazon é uma …

Mais 41 mortes e 718 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas

Portugal registou, este domingo, mais 41 mortes e 718 novos novos casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 718 …

Navalny chega a colónia penal a leste de Moscovo

O principal opositor do Kremlin chegou, este domingo, a uma zona a cerca de 200 quilómetros a leste de Moscovo para ser transferido para uma colónia penal onde vai cumprir a sua pena, informou um …

Já chegou o voo de repatriamento com 300 passageiros vindos do Brasil

O voo de repatriamento vindo do Brasil chegou, este domingo de manhã, ao Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, com cerca de 300 passageiros. De acordo com a RTP, o voo de repatriamento vindo de São Paulo, …

Costa imune ao descontrolo da pandemia. Popularidade de Marcelo dispara

A sondagem TSF/JN/DN regista uma avaliação positiva do primeiro-ministro e do Presidente da República, com este a atingir um novo pico de popularidade. Os líderes do PSD e do Chega surgem empatados como principais figuras da …

Mais seis mortos nos protestos em Myanmar. Embaixador na ONU afastado

Seis manifestantes foram mortos em Myanmar, este domingo, por forças de segurança que dispersavam com violência as manifestações pró-democracia. Três manifestantes foram mortos em Dawei (no sul do país), enquanto dois adolescentes, de 18 anos, morreram …

Siza Vieira anuncia que Programa Apoiar vai ser reforçado e alargado

O programa Apoiar, destinado a empresas afetadas pela pandemia da covid-19, vai ser reforçado e alargado a novas situações, anunciou o ministro da Economia, indicando que as medidas vão ser anunciadas na próxima semana. "Queremos reforçar …

Embaixadora deixa Venezuela na terça-feira. UE chama embaixador em Cuba

A embaixadora da União Europeia na Venezuela vai sair do país na terça-feira, informou à agência Lusa fonte diplomática europeia, sem adiantar mais detalhes. Na última quarta-feira, a Venezuela decidiu expulsar Isabel Brilhante Pedrosa, em retaliação …