Ricciardi: “Posição do BES na EDP foi um pedido de Sócrates”

José Maria Ricciardi disse que foi José Sócrates, pouco depois de ter sido eleito primeiro-ministro (2005), que pediu a Ricardo Salgado para que o BES investisse na EDP. À época, a elétrica não tinha ainda capitais públicos.

A informação é avançada pelo jornal Observador, que consultou o auto de interrogatório dos procuradores Carlos Casimiro e Hugo Neto ao antigo presidente do BESI (hoje Haitong Bank), que decorreu a 14 de novembro, no âmbito do caso EDP.

No depoimento, onde falou como testemunha, Ricciardi revelou que, no final de 2005, a comissão executiva do BES foi informada pelo seu presidente, Ricardo Salgado, de que “o então primeiro-ministro José Sócrates lhe tinha pedido para o BES adquirir uma participação qualificada na EDP (necessariamente superior a 2%)”.

Em 2016, o BES acabou por adquirir uma posição na elétrica (2,17% por 200 milhões).

De acordo com o jornal, Ricciardi disse aos procuradores do Ministério Público (MP) que o investimento do BES na EDP “não resultou de um estudo económico-financeiro prévio por parte do BES”, mas antes do cumprimento de uma vontade externa.

Na prática, a aquisição serviu para “satisfazer” o “pedido de José Sócrates ao arguido Ricardo Salgado”, disse Ricciardi, dando conta que “continua a considerar inusitado e não tem memória de tal ter ocorrido mais alguma vez no BES”.

Ricciardi: Salgado influenciou escolha de Mexia

No mesmo interrogatório, Ricciardi disse também que foi Salgado que influenciou a escolha de António Mexia para a EDP. Salgado “influenciou/teve conhecimento prévio” e “aprovou a escolha de Mexia” — até porque se tratava de um “antigo quadro do BES que tinha saído amigavelmente do banco”.

De acordo com Ricciardi, foi o próprio Salgado que no âmbito de uma reunião do Conselho Superior do Grupo Espírito Santo ou da Comissão Executiva do BES o informou que Mexia sucederia a João Talone como presidente da elétrica em janeiro de 2016.

A decisão foi anunciada pelo Economia, Manuel Pinho, que não gostava de Talone por este ser “próximo do PSD e tinha sido nomeado pelo Governo desse partido”, terá justificado o próprio Manuel Pinho a Ricciardi.

Segundo o jornal, as declarações de Ricciardi podem ajudar o MP a reforçar a prova indiciária que já reuniu contra Manuel Pinho, António Mexia e Ricardo Salgado no caso EDP.

Manuel Pinho é acusado de seis crimes, sendo um de prevaricação, dois de corrupção passiva, dois de participação económica em negócio e um de branqueamento de capitais.

Os procuradores do MP sustentam o seu processo na tese de que Manuel Pinho tomou decisões enquanto ministro que favoreceram os interesses económicos da EDP e do GES, vindo a obter vantagens de 4,56 milhões de euros.

António Mexia, presidente executivo da EDP, também é arguido no caso EDP, por suspeitas de corrupção ativa.

  ZAP //

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Tudo bons rapazes sejam políticos, banqueiros ou empresários, todos com 200kg preso ao pescoço e lançados no Mar da Palha nem os caranguejos lhes pegavam.

  2. Ricciardi é mentiroso compulsivo e lascivo do MP. Traiu a família que o encheu de dinheiro. Já repararam que é o único da família da família BES que tem uma boa relação com o MP??? Porque será???/

RESPONDER

Cientistas estão a plantar mesas de xadrez de corais para restaurar recifes - e contam com a ajuda de garrafas de Coca-Cola

Nas últimas três décadas, os recifes de coral têm sofrido uma grande tensão e consequente destruição, devido ao impacto das alterações climáticas. Agora, os cientistas querem minimizar os danos e já encontraram uma solução. O objetivo …

Belenenses 0-4 Sporting | Melhor o resultado que a lesão

O Sporting, da I Liga, venceu hoje o Belenenses, do Campeonato de Portugal, por 4-0, em jogo da terceira eliminatória da Taça de Portugal de futebol, garantindo o apuramento para a próxima fase da competição. No …

Sintrense 0-5 FC Porto | Dragões goleiam e seguem em frente na Taça

O FC Porto, da I Liga, venceu hoje o Sintrense, do Campeonato de Portugal, por 5-0, em jogo da terceira eliminatória da Taça de Portugal de futebol, e segue em frente na competição. A jogar em …

Nova tecnologia usa calor dos estacionamentos subterrâneos para aquecer apartamentos

A startup Enerdrape, que funciona dentro da Escola Politécnica de Lausanne (EPFL), na Suíça, desenvolveu uma tecnologia que aproveita o calor emanado pelo solo no aquecimento de apartamentos. Quase 60% do aquecimento utilizado nos edifícios residenciais …

Pela primeira vez, um drone transportou os pulmões de um dador em segurança. Voo demorou seis minutos

Pela primeira vez na história da medicina, um drone aéreo transportou os pulmões de um dador com rapidez e segurança entre dois hospitais. O voo, que durou apenas seis minutos, ocorreu no passado dia 25 de …

Grupo de hackers clonou a voz de empresário para roubar 35 milhões de dólares do banco

Um grupo de hackers clonou a voz do diretor de uma empresa, conseguindo assim roubar mais de 35 milhões de dólares de um banco nos Emirados Árabes Unidos. No início do ano passado, o gerente de …

Portugueses comem duas vezes mais do que o recomendando

Os portugueses consumiram, em média, duas vezes mais calorias do que o recomendando para um adulto entre 2016 e 2020, ano em que a pandemia provocou uma redução do consumo de alimentos diário, mas ainda …

Aos 95 anos, a rainha Isabel II terá de abdicar da sua bebida favorita

A monarca foi aconselhada pelos médicos a abdicar do seu habitual martini de fim de dia, em antecipação a uma fase de agenda especialmente preenchida. Com 95 anos, a rainha Isabel II tem tido uma semana …

Médicos vão avaliar estado mental do atacante da Noruega

A investigação ao ataque com arco e flecha que na quarta-feira fez cinco mortos na Noruega reforçou, até agora, a tese de um ato devido a doença, anunciou hoje a polícia norueguesa. “A hipótese que foi …

Há mais de 100 anos, o Hawai teve uma monarquia - mas a força da princesa Ka'iulani não chegou para a preservar

Antes de morrer, com apenas 23 anos, a princesa Victoria Ka'iulani foi a última herdeira da coroa havaiana. A jovem era uma das últimas esperanças em manter a monarquia viva, mas nem a sua determinação …