Inquérito revela que portugueses temem espaços públicos (e cancelaram as férias)

Mais de três quartos dos inquiridos num estudo da Deco afirmam que evitam espaços públicos por medo de contágio de covid-19, quase metade anulou os programas de férias e também cerca de metade adiou projetos e investimentos.

Segundo o inquérito da associação de defesa do consumidor, realizado entre 16 e 20 de julho, apesar da reabertura da maioria dos serviços e do regresso ao trabalho para uma parte da população, os inquiridos continuam a manifestar receio de voltar às rotinas anteriores ao início da crise provocada pelo novo coronavírus.

Mais de três quartos dos 1.006 inquiridos online, entre os 18 e 74 anos, declaram que evitaram ou deixaram mesmo de frequentar os espaços públicos, como restaurantes, transportes públicos ou centros comerciais, enquanto mais de metade cancelou ou adiou as férias e perto de metade adiou projetos inicialmente agendados para este ano, como, por exemplo, comprar casa ou um carro novo.

Por outro lado, sete em cada dez inquiridos relatam o adiamento de, pelo menos, um serviço de saúde agendado e 22% referiram que foram cancelados desde o início da pandemia.

É urgente que as unidades de saúde reagendem essas consultas, exames de diagnóstico e cirurgias adiadas ou canceladas ao longo dos últimos meses, sob pena de vermos aumentar a taxa de mortalidade e de morbilidades por falta de acompanhamento de todos os doentes “não-covid””, conclui a Deco, na análise do inquérito.

Segundo a Deco, estes são alguns dos danos colaterais da covid-19 que levam a prever consequências graves para o futuro próximo, com um aumento da taxa de mortalidade e de morbilidades na população portuguesa.

O inquérito evidencia que os supermercados foram os estabelecimentos comerciais que menos sofreram uma quebra na procura, o que, para a Deco, mostra que os portugueses “afluíram sobretudo aos serviços de primeira necessidade”.

Simultaneamente, para as deslocações, os inquiridos disseram procurar usar mais veículos privados, como o carro ou motorizada.

O estudo mostra também que medo de infeção levou os inquiridos a evitar determinados serviços, nomeadamente os transportes públicos: três quartos das respostas classificaram-nos como pouco seguros quanto ao risco de contágio.

Mais de metade dos inquiridos manifestou o mesmo sentimento relativamente aos centros desportivos, às lojas, aos restaurantes e aos eventos culturais.

O estudo denota que 43% dos inquiridos adiaram pelo menos um dos investimentos previstos e já não tencionam fazê-lo até ao fim deste ano. Em contrapartida, 43% adiaram pelo menos um deles, mas alegam pretender fazê-lo ainda este ano.

No que toca às férias, mais de metade dos inquiridos indicaram que vão gastar menos do que previsto e cerca de um em cada cinco afirmam que vão ficar em casa. A mesma percentagem afirma que não vai gastar dinheiro com o programa de férias e 48% vão optar por fazer férias em Portugal e apenas 20% farão no estrangeiro.

Também relacionada com o turismo, mais de três quartos dos inquiridos consideram que as viagens de avião, de autocarro ou de comboio representam um risco elevado de contágio e mais de metade não têm confiança nas medidas de segurança nos hotéis e alojamentos de férias.

No total, 68% dos inquiridos referem que a crise da pandemia de covid-19 afetou as suas férias de verão.

Portugal contabiliza pelo menos 1.722 mortos associados à covid-19 em 50.410 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS)

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

A luz solar pode tornar os sacos de plástico (ainda) mais perigosos para o ambiente

A exposição ao sol dos sacos plásticos cria dezenas de milhares de novos componentes químicos que se podem dissolver na água, num processo que é bastante rápido. Os danos dos sacos de plástico para o ambiente …

Afinal, as dietas detox não são tão milagrosas como prometem

As dietas detox ganharam muita popularidade nos últimos anos, mas os nutricionistas argumentam que as promessas feitas por estes regimes alimentares não têm bases científicas. Explodiram em popularidade nos últimos tempos, mas parece que as dietas …

Processo Príncipe André. Tribunal de Nova Iorque faz audição pré-julgamento

Os advogados da mulher que alega ter sido abusada por André argumentaram em tribunal que o Príncipe já foi informado do processo. Depois de ter sido processado por uma alegada vítima de abusos sexuais, o processo …

Mulheres podem vir a fazer parte da Guarda Suíça do Vaticano. Quartel adaptado já está a ser projetado

Apesar de ainda não haver permissão para a sua presença na Guarda Suíça do Vaticano, já está a ser projetado um quartel adaptado à acomodação de mulheres. Atualmente, o corpo de elite que protege o papa …

Projeto vai testar inteligência artificial no diagnóstico precoce do cancro gástrico

Investigadores da Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (FCUP) integram um projeto que visa desenvolver novos algoritmos para testar o uso da inteligência artificial no diagnóstico precoce do cancro gástrico, foi anunciado esta segunda-feira. Em …

Jerónimo pede "mais tento" a Costa nas críticas aos autarcas do PCP

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, sugeriu hoje a António Costa que tenha “mais tento” e “mais cuidado” nas críticas apontadas aos autarcas comunistas, considerando que é “inquestionável” o trabalho da CDU ao serviço …

China e Vietname devem "evitar aumento das disputas" no Mar do Sul da China

A China e o Vietname devem se abster de ações unilaterais em relação ao Mar do Sul da China para não potenciar as disputas já existentes, afirmou o conselheiro de estado chinês Wang Yi. Segundo o …

Covid-19: Governo convoca para quinta-feira reunião no Infarmed sobre situação epidemiológica

As reuniões sobre a evolução da situação epidemiológica da covid-19 em Portugal, juntando políticos e especialistas, vão ser retomadas esta quinta-feira no Infarmed, em Lisboa, disse à agência Lusa fonte do executivo. A reunião de quinta-feira, …

Portugal estreia-se no Mundial de Futsal com uma vitória por 4-1 frente à Tailândia

A selecção lusa estreou-se com uma goleada frente à Tailândia e garantiu o segundo lugar do grupo, estando apenas atrás de Marrocos devido à diferença de golos. Não havia melhor maneira de começar a campanha do …

Um novo nanomaterial continua seco submerso - e pode tornar o combustível mais eficiente

A nova criação distingue-se de descobertas anteriores semelhantes porque mantém-se completamente seca mesmo depois de estar submersa durante várias horas - e tem muito potencial. Parece coisa de ficção científica, mas tornou-se realidade. Uma equipa de …