Cientistas portugueses criam teste de diagnóstico rápido a partir da saliva

Uma equipa de cientistas portugueses criou um teste de saliva que permite detetar ao fim de meia-hora ou uma hora, através de uma alteração de cor, se uma pessoa está infetada pelo novo coronavírus, foi hoje anunciado.

O teste de diagnóstico da covid-19 com base na recolha de saliva foi desenvolvido por uma equipa do Instituto de Tecnologia Química e Biológica (ITQB) António Xavier da Universidade Nova de Lisboa, em colaboração com o Laboratório de Bromatologia e Defesa Biológica do Exército e o Hospital das Forças Armadas.

Um primeiro rastreio-piloto com este teste será feito esta sexta-feira com voluntários do ITQB, anunciou a instituição numa nota de imprensa.

O teste, aplicado diretamente em amostras de saliva, utiliza uma tecnologia que permite, através de uma mudança de cor visível a olho nu, saber em 30 a 60 minutos se uma pessoa está ou não infetada com o SARS-CoV-2, o coronavírus que provoca a covid-19.

“Se a reação tiver resultado rosa, o teste é negativo. Se for amarelo, é positivo“, refere a nota do ITQB, assinalando que o teste é “particularmente adequado” ao despiste da covid-19 em aeroportos, lares ou escolas, dada a sua “rapidez, sensibilidade, facilidade de colheita e custo reduzido“.

A recolha é feita pela pessoa, que cospe a saliva para um recipiente, dispensando o uso de zaragatoas e o recurso a pessoal especializado.

A testagem direta das amostras de saliva possibilita detetar, em cada teste, “menos de 100 cópias do vírus”, com “uma sensibilidade de 85%“, permitindo “avaliar a infeciosidade da pessoa no momento”.

Optando-se por extrair, em complemento, material genético do SARS-CoV-2 da saliva, a sensibilidade do teste aumenta para 100%, assegura o ITQB.

O teste, que assenta numa tecnologia que amplifica o material genético do coronavírus a uma “temperatura constante”, pode ser realizado com recursos básicos, como uma placa elétrica ou um banho-maria a 65ºC.

Para que possa ser usado pela população, o teste terá ainda de ser validado e aprovado pelas entidades competentes.

O projeto foi financiado em 35 mil euros pela Fundação para a Ciência e Tecnologia, ao abrigo do concurso direcionado para a investigação da covid-19 “Research4COVID-19”.

A utilização da saliva como meio de diagnóstico da covid-19 está também a ser estudada pelo Instituto Gulbenkian de Ciência (IGC), em colaboração com os hospitais Dona Estefânia, em Lisboa, e Amadora-Sintra.

O estudo prevê testar 300 pessoas, 33% das quais infetadas, de todas as faixas etárias.

Até ao momento, o procedimento “foi validado em cerca de 80 pessoas hospitalizadas onde, entre outros, se comparou a eficácia da saliva face à amostra nasofaríngea, tendo sido obtidos resultados muito promissores“, segundo um comunicado do IGC divulgado na sexta-feira.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Governo Regional da Madeira garante que aumento de casos se deve às celebrações de fim de ano

O presidente do Governo da Madeira afirmou que o aumento de casos de covid-19 registado nos últimos dias na região é resultado das celebrações do fim do ano, assegurando fiscalização mais apertada nos bares aos …

Novo máximo diário com 218 mortes. Morre uma pessoa com covid-19 a cada 7 minutos

Portugal contabilizou esta terça-feira 218 mortes, um novo máximo de óbitos em 24 horas, relacionados com a covid-19, e 10.455 novos casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS). Quase metade das …

Ana Gomes teme que processos BES e Operação Marquês acabem como o dos submarinos

A candidata presidencial Ana Gomes disse ontem temer que processos como os do BES e da Operação Marquês terminem como o dos submarinos, em que considerou que se "trabalhou para a prescrição". Na conversa online que …

Recuperação só em 2022, disse Vestager. Leão quer aprovação rápida dos planos para a UE

A vice-presidente executiva da Comissão Europeia, Margrethe Vestager, afirmou que a recuperação europeia só será "sentida como tal" em 2022, mas que no outono já poderão ser visíveis alguns sinais, caso a vacinação contra a …

Marcelo aprova novas medidas e anuncia reunião com especialistas para discutir situação das escolas

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, assinou esta terça-feira o decreto do Governo que altera a regulamentação do estado de emergência devido à pandemia de covid-19 e anunciou uma reunião com especialistas na …

Jerónimo na campanha de João Ferreira para homenagear os que "se levantaram contra o fascismo"

O candidato presidencial comunista contou com a presença do secretário-geral do PCP, esta segunda-feira, na Marinha Grande, que destacou a importância de lutar contra os atuais "traços de regressão democrática". Durante uma ação na Escola Secundária …

Gilberto, Vertonghen, Grimaldo, Diogo Gonçalves e Waldschmidt infetados

Os futebolistas do Benfica Gilberto, Vertonghen, Grimaldo, Diogo Gonçalves e Luca Waldschmidt são os mais recentes casos positivos ao novo coronavírus no plantel do Benfica, informou esta terça-feira o clube da Luz. “O Sport Lisboa e …

Hospital de Portalegre abre inquérito a morte de doente que esteve 3 horas em ambulância

O hospital de Portalegre vai abrir um inquérito para apurar as circunstâncias da morte de um octogenário, na noite de segunda-feira, na área dedicada aos doentes respiratórios, depois de estar quase três horas numa ambulância, …

"Não somos heróis". Há quartéis que podem fechar se não houver vacinas para os bombeiros

O presidente da Associação Nacional de Bombeiros Profissionais (ANBP), Fernando Curto, disse que se o número de bombeiros infetados com covid-19 continuar a este ritmo muitos quartéis podem ter de encerrar. "As carrinhas de transporte de …

Mayan ouve lesados da pandemia e diz que "limitações têm de vir acompanhadas do cheque"

Tiago Mayan Gonçalves ouviu as lamentações de uma série de empresários algarvios afetados pela pandemia. O candidato aponta o dedo ao Governo, argumentando que "limitações severas têm de vir acompanhadas do cheque". Esta segunda-feira, Tiago Mayan …