O sal que está a usar na comida tem microplásticos

Um novo estudo, que analisou 17 marcas de sal vendidas em oito países, incluindo Portugal, detetou amostras com microplásticos. No nosso país, uma das marcas atingiu o máximo observado com dez microplásticos por quilo.

Uma equipa de cientistas decidiu fazer um estudo internacional a 17 marcas de sal vendidas em oito países, incluindo Portugal, com o objetivo de encontrar micro-partículas de plástico, revela o Público esta sexta-feira.

De acordo com os resultados, a maioria das amostras estava contaminada com “doses baixas”, o que, para já, não tem ainda um “efeito imediato” na saúde dos consumidores. “Os microplásticos só estavam ausentes numa das marcas, enquanto as outras continham entre um a dez microplásticos por quilo de sal”, refere-se no artigo.

Segundo o jornal, entre as amostras analisadas estavam três marcas portuguesas que são atualmente comercializadas. Uma destacou-se pelos piores motivos, uma vez que alcançou o máximo registado de dez partículas de microplástico por quilo de sal.

Além do nosso país, foram analisadas marcas de sal da Austrália, França, Irão, Japão, Malásia, Nova Zelândia e África do Sul. O artigo foi publicado no site Scientific Reports, da revista científica Nature.

Escreve o Público que, todos os anos, despejamos entre cinco e 13 milhões de toneladas de plásticos para os oceanos. Com a ação da luz solar e da água, esse lixo vai-se transformando em minúsculas partículas. Uma parte dessas substâncias estão a voltar para nós e não é só no sal, como alerta Ali Karami, investigador na Faculdade de Medicina e Ciências da Saúde da Universidade Putra, na Malásia, e principal autor do artigo.

“Estamos a consumir microplásticos em vários produtos, incluindo marisco, mel e até cerveja. Assim, o sal não é o único culpado”, avisa o cientista, que considera estas substâncias autênticas “macrobombas”.

Apesar de o perigo não ser muito elevado, tendo em conta o tamanho reduzido destas partículas e o facto de o consumo máximo por pessoa rondar as 37 partículas por ano, o investigador alerta que “os microplásticos podem libertar poluentes no nosso organismo que, a longo prazo, podem provocar problemas de saúde“.

“Ainda não sabemos quantos outros produtos estão contaminados com microplásticos, mas acreditamos que a maioria dos produtos que vêm do mar provavelmente tem. Por isso, os microplásticos no sal serão apenas uma minúscula parte da orquestra”, conclui.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. E porque não falam em marcas?
    Além de ser uma informação para o consumidor, também obrigava essas empresas produtoras a fazerem alguma coisa.
    Põe noticia mas mantêm as pessoas na ignorância, para quê?

RESPONDER

Os humanos foram "superpredadores" durante dois milhões de anos

Uma nova investigação revelou que os humanos foram um predador de ponta durante cerca de dois milhões de anos. Só a extinção da megafauna e o declínio das fontes de alimentos de origem animal no …

Paços de Ferreira 0-5 Benfica | Seferovic “parte tudo” na Capital do Móvel

Na noite deste sábado, o Benfica somou o sétimo triunfo consecutivo no campeonato, ao golear o Paços de Ferreira por 5-0, num embate relativo à 26.ª jornada do campeonato. A equipa de Jorge Jesus, que acabou …

Após terramotos e deslizamentos, a "cidade moribunda" de Itália ainda resiste no topo de uma montanha

Chamar-se a si mesmo de "Cidade Moribunda" pode não parecer a melhor forma de atrair turistas, mas Civita, em Itália, aprendeu a viver com o facto de estar a morrer. Há vários séculos, a cidade …

"Alexa, estou com calor." Já é possível controlar o ar condicionado de um Lamborghini apenas com a voz

A Amazon está a dar um grande passo na indústria automóvel ao integrar a Alexa no Huracán EVO da Lamborghini, não apenas para fazer perguntas, mas dando ao assistente virtual a capacidade de controlar as …

Nova tecnologia pode enviar luz solar para o subsolo

Investigadores da Universidade Tecnológica de Nanyang, na Singapura, inventaram um novo dispositivo que pode ajudar o país a iluminar a sua crescente infraestrutura subterrânea. A Singapura é um dos países que tem apostado cada vez mais …

Livro lança "caça ao tesouro" a urna de ouro oferecida por Inglaterra a França antes da Entente Cordiale

Um novo enigma literário está prestes a chegar às estantes de livros com uma recompensa incomum. Pistas em "The Golden Treasure of the Entente Cordiale" podem levar leitores no Reino Unido e França a um …

Para evitar casos de burnout, LinkedIn deu uma semana de férias aos quase 16 mil funcionários

O LinkedIn decidiu dar uma semana de férias (remunerada), que começou esta segunda-feira, a todos os seus funcionários espalhados pelo mundo. O objetivo? Desconectar, recarregar baterias e prevenir casos de burnout.  "Queríamos ter a certeza de …

Pequenos nadadores-robô curam-se a si próprios (e em movimento)

Uma equipa de investigadores da American Chemical Society desenvolveu pequenos robôs nadadores que conseguem curar-se a si mesmos magneticamente. O tecido vivo pode curar-se autonomamente de muitos ferimentos, mas fornecer habilidades semelhantes a sistemas artificiais, como …

Tondela 0-2 FC Porto | Missão cumprida com serviços mínimos

Missão cumprida. O FC Porto fez poupanças no jogo com o Tondela, mas levou os três pontos para casa, graças a um triunfo por 2-0. Os “dragões” foram claramente superiores no primeiro tempo, marcaram por Toni …

Portugal pode atingir linha vermelha dos 120 novos casos por 100 mil habitantes em dois meses

Portugal pode atingir uma taxa de incidência de de 120 casos por 100 mil habitantes daqui a dois ou mais meses se se mantiver o atual ritmo de crescimento deste indicador. Esta é a conclusão de …