O sal que está a usar na comida tem microplásticos

Um novo estudo, que analisou 17 marcas de sal vendidas em oito países, incluindo Portugal, detetou amostras com microplásticos. No nosso país, uma das marcas atingiu o máximo observado com dez microplásticos por quilo.

Uma equipa de cientistas decidiu fazer um estudo internacional a 17 marcas de sal vendidas em oito países, incluindo Portugal, com o objetivo de encontrar micro-partículas de plástico, revela o Público esta sexta-feira.

De acordo com os resultados, a maioria das amostras estava contaminada com “doses baixas”, o que, para já, não tem ainda um “efeito imediato” na saúde dos consumidores. “Os microplásticos só estavam ausentes numa das marcas, enquanto as outras continham entre um a dez microplásticos por quilo de sal”, refere-se no artigo.

Segundo o jornal, entre as amostras analisadas estavam três marcas portuguesas que são atualmente comercializadas. Uma destacou-se pelos piores motivos, uma vez que alcançou o máximo registado de dez partículas de microplástico por quilo de sal.

Além do nosso país, foram analisadas marcas de sal da Austrália, França, Irão, Japão, Malásia, Nova Zelândia e África do Sul. O artigo foi publicado no site Scientific Reports, da revista científica Nature.

Escreve o Público que, todos os anos, despejamos entre cinco e 13 milhões de toneladas de plásticos para os oceanos. Com a ação da luz solar e da água, esse lixo vai-se transformando em minúsculas partículas. Uma parte dessas substâncias estão a voltar para nós e não é só no sal, como alerta Ali Karami, investigador na Faculdade de Medicina e Ciências da Saúde da Universidade Putra, na Malásia, e principal autor do artigo.

“Estamos a consumir microplásticos em vários produtos, incluindo marisco, mel e até cerveja. Assim, o sal não é o único culpado”, avisa o cientista, que considera estas substâncias autênticas “macrobombas”.

Apesar de o perigo não ser muito elevado, tendo em conta o tamanho reduzido destas partículas e o facto de o consumo máximo por pessoa rondar as 37 partículas por ano, o investigador alerta que “os microplásticos podem libertar poluentes no nosso organismo que, a longo prazo, podem provocar problemas de saúde“.

“Ainda não sabemos quantos outros produtos estão contaminados com microplásticos, mas acreditamos que a maioria dos produtos que vêm do mar provavelmente tem. Por isso, os microplásticos no sal serão apenas uma minúscula parte da orquestra”, conclui.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. E porque não falam em marcas?
    Além de ser uma informação para o consumidor, também obrigava essas empresas produtoras a fazerem alguma coisa.
    Põe noticia mas mantêm as pessoas na ignorância, para quê?

Mais seis mortes e 232 novos casos de covid-19 em Portugal

Portugal regista, nesta segunda-feira, mais seis mortes por covid-19 e mais 232 novos casos, dos quais 195 na região de Lisboa e Vale do Tejo. O boletim epidemiológico desta segunda-feira, divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS), …

Quebras no turismo triplicam desemprego no Algarve

O desemprego no Algarve aumentou mais de 200% em maio para quase 28 mil desempregados, atingindo sobretudo o setor da hotelaria, que desespera pela chegada de turistas para atenuar o "golpe" de quase três meses …

Marques Mendes elogia "voz independente" de Medina (e diz que a TAP pode ser um crematório político)

Luís Marques Mendes elogiou neste domingo as críticas que o presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, fez ao combate à pandemia, considerando ainda que a resolução da TAP, que culminou na saída de David …

O “Grenadier” já não vai ser português. Fabricante automóvel Ineos desiste de fábrica em Estarreja

A INEOS Automotive, empresa do ramo automóvel, transmitiu à Câmara de Estarreja que vai suspender o investimento de 300 milhões de euros numa fábrica no concelho, revelou este domingo fonte municipal. "A empresa transmitiu à Câmara …

Grécia e Austrália recuam na abertura de fronteiras. Marrocos isola cidade após recorde de casos

Grécia e Austrália anunciaram neste fim-de-semana um recuo na abertura das suas fronteiras, enquanto que Marrocos isolou uma cidade após um número recorde de novas infeções de covid-19 registadas em 24 horas. A Grécia anunciou …

Dinheiro dos pobres usado para "vida de luxo". Presidente, mulher e filha da Mão Amiga acusados

O presidente da Associação Mão Amiga, em Gulpilhares, Vila Nova de Gaia, a mulher e a filha foram acusados pelo Ministério Público (MP) de usarem o dinheiro da instituição para pagarem uma "vida de luxo". …

Fisco tem por cobrar 15 mil milhões de euros em impostos

O Jornal Económico escreve esta segunda-feira que a Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) tem por cobrar 14.919 milhões de euros em impostos. De acordo com o diário de economia, mais de metade da dívida dos contribuintes está …

"Armada espanhola" assegura 70% do mercado das obras públicas em Portugal

As empresas espanholas estão a assegurar 70% do mercado das obras públicas em Portugal, escreve esta segunda-feira o jornal Público, citando uma análise ao Portal Base, às obras públicas acima de sete milhões de euros No …

"Oitavos" da Liga dos Campeões não vão ser jogados em Portugal

A UEFA cedeu à pressão dos clubes e decidiu que os encontros da segunda mão dos oitavos-de-final vão ser disputadas nos respetivos estádios dos clubes. Os encontros por jogar relativos aos oitavos-de-final da Liga dos Campeões …

Turmas repartidas e aulas ao sábado. O que muda no novo normal do Ensino Superior

Para o regresso às aulas do Ensino Superior no próximo ano letivo, as universidades estão a preparar medidas que permitam cumprir as regras sanitárias e zelar pela aprendizagem dos seus alunos. Se tudo correr como planeado, …