Portugueses esperam quase até aos 40 para comprar casa

Um barómetro que avalia a preferência dos consumidores na hora de comprar um imóvel indica que a maioria dos portugueses só liquida o crédito à habitação após a reforma.

O indicador destaca ainda que os portugueses que recorrem a financiamento bancário para comprar casa, o valor médio gasto na compra de habitação é de 138 mil euros.

“O valor médio que os portugueses pagam nos mais recentes contratos de crédito habitação fixa-se nos 401 euros“, adiantam os dados avançados pela plataforma ComparaJá.pt, divulgados pelo Jornal de Notícias.

O barómetro aponta que perto de 40% das famílias pagam entre 250 e 399 euros de prestação mensal ao banco, enquanto 22% pagam entre 400 e 549 euros.

Os dados sublinham ainda que “am média, os portugueses esperam até aos 37 anos para pedir crédito à habitação”.

Assim,  “a idade de término do pagamento do empréstimo, na maioria dos casos, só acontece depois da entrada na idade da reforma“. Segundo a análise, “apenas 17,66% acabará de pagar o crédito da casa antes da reforma”, sendo que quase 60% o fará entre os 71 e os 80 anos de idade.

A maioria das famílias “está a solicitar empréstimos a mais de 30 anos, sendo que 55% dos portugueses ultrapassam os 36 anos”. Mas “a maturidade média dos empréstimos solicitados pelos utilizadores do ComparaJá.pt está nos 33 anos, abaixo dos 40 anos recomendados pelo regulador, mas ainda acima do valor que este quer ver para os novos créditos a partir de 2022”.

A plataforma destaca que Portugal é dos poucos países europeus a dar crédito a 40 anos, sendo que a maioria dos países apenas disponibiliza maturidades até aos 30 anos.

O barómetro mostra ainda que em Portugal apenas quatro bancos têm apoios específicos para jovens.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. A incertezas na manutenção do trabalho e também cada vez mais a instabilidade familiar, levam a muitas exitações quanto a medidas a tomar quanto ao futuro e os salários baixos nada ajudam!

  2. Eu não diria, falsamente, que os portugueses esperam até aos 40 para comprar casa.
    Diria antes que os portugueses só conseguem sentir condições para comprar casa aos 40 anos.
    O titulo é uma idiotice e induz o leitor à falsa ideia que o português é um patego qualquer.

RESPONDER

Autárquicas: António Costa promete que os municípios terão mais mil milhões de euros

O secretário-geral do PS, António Costa, indicou hoje, em Celorico de Basto, no distrito de Braga, que os municípios “vão passar a ter, a partir de abril, mais mil milhões de euros que acompanham a …

Mais de trinta anos após ter sido lançada ao mar no Japão, mensagem em garrafa é encontrada no Hawaii

Durante uma viagem ao Hawaii, uma jovem de apenas 9 anos encontrou uma garrafa que foi lançada ao mar há mais de trinta anos. Esta continha uma mensagem que, posteriormente, acabou por revelar uma experiência …

Mais 939 infeções, sete mortes e nova redução nos internamentos

Portugal registou nas últimas 24 horas mais 939 casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2, sete mortes atribuídas à covid-19 e nova redução nos internamentos em enfermaria e cuidados intensivos. De acordo com o boletim epidemiológico da …

Milionário norte-americano Robert Durst condenado por matar melhor amiga

O milionário norte-americano Robert Durst, tornado famoso por um documentário do canal HBO, foi condenado na sexta-feira num tribunal de Los Angeles, nos Estados Unidos, por matar a melhor amiga, um crime que remonta a …

Em Inglaterra, há crianças de 16 anos que vão passar a viver em alojamentos não regulamentados

A 9 de setembro, foi aprovada uma nova lei em Inglaterra, segundo a qual as crianças com 16 e 17 anos podem ser colocadas em alojamentos não regulamentados. O sistema de acolhimento de crianças inglês está …

Suspeitos numa mota sem matrícula dispararam na direcção de candidata do CDS

A candidata do CDS à Junta de Freguesia de Palmela, em Setúbal, foi surpreendida, na noite de sexta-feira, por disparos de caçadeira, protagonizados por "duas pessoas sem capacete", numa mota sem luzes, nem matrícula. O incidente …

Jerónimo diz que conquista de Guimarães só é possível "milho a milho"

O secretário-geral do PCP defendeu, esta sexta-feira, que a presença da CDU na autarquia de Guimarães só pode ser reconquistada “milho a milho”, na noite em que a dirigente do PEV Heloísa Apolónia integrou a …

Parlamento aprovou Constitucional em Coimbra (mas PS ainda pode chumbar a saída de Lisboa)

O Parlamento aprovou, na generalidade, a proposta do PSD para transferir o Tribunal Constitucional (TC) e o Supremo Tribunal Administrativo (STA) de Lisboa para Coimbra. Mas a mudança só poderá ser concretizada depois da votação …

Concluídas obras de segurança e consolidação da catedral de Notre-Dame em Paris

A fase de segurança e consolidação da catedral de Notre-Dame, em Paris, quase destruída num incêndio há mais de dois anos, terminou, dando lugar à etapa de restauro, anunciaram este sábado as autoridades. Em 15 de …

Certificados de vacinação emitidos por países terceiros reconhecidos para viagens aéreas

Os certificados de vacinação e de recuperação emitidos por países terceiros passam a ser reconhecidos para viagens aéreas, deixando de ser exigido teste negativo e quarentena quando esta seja aplicável em função da respetiva origem, …