Primeiro dia de vacinação foi “importantíssimo”. Portugal já recebeu mais 70.200 doses

Abir Sultan / EPA

Portugal recebeu esta segunda-feira o segundo lote de vacinas contra a covid-19. A bastonária da Ordem dos Enfermeiros salientou que o primeiro dia de vacinação em Portugal foi “importantíssimo”.

Segundo a TSF, as mais de 70 mil doses chegaram esta segunda-feira e o processo de vacinação neste segundo dia foi acompanhado pela ministra da Saúde, Marta Temido, no Hospital Curry Cabral, em Lisboa. A governante destacou o “momento simbólico” numa unidade com “um desempenho significativo” no combate à pandemia.

“Desde há longos meses trabalham para que os portugueses tenham os melhores cuidados em ambiente de pandemia. É muito bom partilhar com eles a sua própria vacinação. É um sinal de esperança”, afirmou Temido, acrescentando que as novas 70 mil doses permitem alargar a vacinação a mais unidades de saúde e aos arquipélagos da Madeira e dos Açores.

Em entrevista à SIC Notícias, Diogo Serras Lopes, secretário de Estado da Saúde, avançou que até às 21h de domingo já tinham sido vacinados 4.534 profissionais de saúde em Portugal. “O primeiro dia de vacinação correu muito bem“, disse.

Serra Lopes adiantou que, nos cinco centros hospitalares que já começaram a vacinar, não houve qualquer ocorrência reportada. Apesar disso, o secretário de Estado apontou que é natural que possa existir algum tipo de problema pontual, dado que se trata de uma campanha de vacinação com “números um bocadinho maiores do que o costume”.

“No geral as pessoas foram vacinas com toda a tranquilidade, os registos foram feitos em sistema e para primeiro teste diria que o dia correu muito bem”, sublinhou.

Este sábado chegou a Portugal o primeiro lote com 9.750 vacinas, desenvolvidas pela Pfizer-BioNTech, reforçado com a antecipação da entrega de mais 70.200 doses esta segunda-feira. O total disponível para administração até ao final do ano será elevado para 79.950 vacinas, segundo o Ministério da Saúde.

No primeiro dia da vacinação, em declarações à RTP, Ana Rita Cavaco, bastonária da Ordem dos Enfermeiros, reconheceu a importância de se iniciar o plano de vacinação pelos profissionais de saúde e considerou ser “importantíssimo este dia de arranque da vacinação”.

“Felizmente, ainda não morreu nenhum enfermeiro por covid-19”, disse a responsável, sublinhando, no entanto, que “no mundo inteiro morreram milhares de enfermeiros com esta doença”.

“Portugal é do países do mundo que tem menos enfermeiros por mil habitantes e portanto, se muitos estiverem isolados, de quarentena ou infetados, vão-nos faltar enfermeiros para tratar das pessoas”, referiu ainda, citada pelo Jornal Económico.

Depois de ter sido vacinado no Hospital de São João, no Porto, o bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães, disse não ter tido sintomas adversos e lembrou que é necessário ter 70% dos portugueses vacinados para atingirmos a imunidade de grupo.

“Enquanto isso não acontece, vamos ter de usar máscara e a respeitar distanciamento físico durante vários meses. Pelo menos, até ao verão”, disse, em declarações à SIC Notícias.

À semelhança da maioria dos 27 Estados-Membros da União Europeia, o plano de vacinação em Portugal arrancou este domingo, nos centros hospitalares universitários do Porto, Coimbra, Lisboa Norte e Lisboa Central, e entra esta segunda-feira no segundo dia.

O médico António Sarmento, de 65 anos, diretor do serviço de infecciologia do Hospital de São João, foi o primeiro vacinado na unidade do Porto, onde foram administradas 2.125 vacinas no arranque da campanha.

Em Lisboa Central, que abrange os hospitais de São José e Curry Cabral, foram vacinados 1.241 profissionais, enquanto em Lisboa Norte, que compreende os hospitais de Santa Maria e Pulido Valente, foram administradas 515 doses.

O plano prevê que sejam vacinadas até abril cerca de 950 mil pessoas dos grupos prioritários definidos pela task-force: pessoas com mais de 50 anos com doenças associadas, utentes e trabalhadores de lares e profissionais de saúde e de serviços essenciais.

A primeira fase de vacinação, que arrancou no domingo e se prolonga até final de março de 2021, tem prevista a chegada de 1,2 milhões de doses de uma vacina que é facultativa, gratuita e universal, sendo assegurada pelo Serviço Nacional de Saúde (SNS).

Liliana Malainho Liliana Malainho, ZAP // Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Depois do “pífio” espetáculo mediático organizado pelo MS-SNS, vangloriando-se a sr.a Ministra com as vacinas cedidas pela UE, estes senhores não são capazes de me dizer quando é que eu vou ter acesso à vacina.

  2. Bela coisa…! Pelo andar desta carruagem de bois, a “porcaria” da vacinação só irá terminar daqui a um ano. No entanto, e enquanto ainda não chega esse tempo de luz, esta ministra da Saúde anda aí a passear sem a Filarmónica atrás dela. Está bem esquecida…

RESPONDER

Estação de metro abandonada em NY é o set de filmagens secreto mais bem guardado de Hollywood

A Bowery Station, uma estação de metro em Nova Iorque, permaneceu abandonada durante cerca de 20 anos, mas desfruta agora de uma nova vida. Tudo começou em 2016, quando Sam Hutchins, um veterano da indústria cinematográfica, procurava …

Nacional 0-1 FC Porto | Dragão cansado não facilita

O FC Porto foi à Madeira vencer o Nacional por 1-0. Quem pensou que seria jogo de goleada para os “azuis-e-brancos” enganou-se por completo. Os insulares deram luta, só permitiram um golo, por parte de Mehdi …

João Leão aposta num OE de "expansão" (e mantém a fé num acordo à esquerda)

O ministro das Finanças, João Leão, acredita que o sétimo Orçamento do Estado será aprovado com os partidos à sua esquerda. Ao semanário Expresso, João leão explicou que os próximos Orçamentos do Estado não serão de …

Português investigou histórias por detrás das dedicatórias de Beethoven

A dedicatória do compositor Beethoven da famosa "Sonata ao Luar" a uma alegada musa foi, afinal, uma forma sarcástica de se vingar pela forma como se sentiu desrespeitado, descobriu o musicólogo e pianista português Artur …

Nos canais de Utrecht, os peixes têm uma "campainha" para passar pela barreira

Quando os peixes desovam pelos canais de Utrecht, nos Países Baixos, costumam ser bloqueados pela eclusa Weerdsluis. Agora, a cidade lançou a primeira campainha para peixes do mundo. De acordo com o Dutch Review, o sistema …

Jorge Jesus acusa Gil Vicente de antijogo: "Fez o que o árbitro permitiu"

Este sábado, o Gil Vicente visitou o Benfica e saiu com os três pontos na bagagem ao vencer por 2-1, num duelo relativo à 27ª jornada da Liga NOS. O Benfica perdeu no Estádio da Luz …

Site chinês "apaga" mulheres que não querem casar ou ter relações com homens

Vários grupos de feministas com ideias mais radicais começaram a ser bloqueados de um dos sites mais influentes na China. Num país conhecido pelo seu regime ditatorial e conservador, um grupo de mulheres uniu-se para lutar …

Grande Crise do Ketchup. A pandemia atacou um mercado improvável (e já há um mercado negro para o molho)

Os problemas da cadeia de suprimentos estão a chegar a um canto distante do universo empresarial: os pacotes de ketchup. O ketchup é o molho de mesa mais consumido nos restaurantes dos Estados Unidos, com cerca …

Justiça britânica perdoa dívida de 60 milhões a Vale e Azevedo

João Vale e Azevedo, ex-presidente do Benfica, foi declarado "exonerado da insolvência" que corria em Londres desde 2009. Um tribunal de Londres declarou que João Vale e Azevedo está exonerado de insolvência. Na prática, a justiça …

Aposta no Parlamento. 10% dos deputados são candidatos às autárquicas

De acordo com as contas do semanário Expresso, 23 deputados da Assembleia da República, ou seja, 10% dos 230 que compõem o hemiciclo, são candidatos às eleições autárquicas do outono. Na quinta-feira, foi aprovado na generalidade …