Bruxelas deixa ultimato. Portugal tem um mês para corrigir imposto sobre carros importados

André Kosters / Lusa

O ministro das Finanças, Mário Centeno

Bruxelas deu um mês para que o Governo corrigisse a maneira como se calcula o ISV para os carros em segunda mão comprados no estrangeiro. A Comissão Europeia não aceitou as justificações de Centeno.

A Comissão Europeia não foi na conversa de Mário Centeno e rejeitou as explicações do Governo sobre o Imposto Sobre Veículos (ISV). Como tal, Bruxelas deu um mês para Portugal regularizar a situação e corrigir a forma como se calcula o ISV para carros em segunda mão comprados no estrangeiro.

Caso Portugal não tome as ações devidas no tempo delimitado, Bruxelas ameaça levar o caso para o Tribunal de Justiça da União Europeia. De acordo com o jornal Público, este órgão de justiça já tinha avisado, em 2016, que Portugal violava a legislação europeia no que toca ao ISV.

O mercado dos carros importados tem crescido de vento em popa em Portugal, razão pela qual este ultimato de Bruxelas pode justificar a insatisfação de vários portugueses. Entre 2017 e 2018, o número de veículos provenientes da UE cresceu 14%, revelam os dados do Ministério da Finanças.

“Isto tem sido uma longa discussão com Portugal. Andamos nisto há anos”, disse a porta-voz da Comissão Europeia para os assuntos fiscais, Vanessa Mock. “Não temos chegado a lado nenhum, a posição portuguesa é discriminatória, põe em causa as regras do mercado único, prejudica pequenas e médias empresas, importadores de veículos e os próprios consumidores que assim não têm acesso, em condições de igualdade fiscal, a todos os produtos existentes no mercado único”, acrescentou, citada pelo Público.

De acordo com Bruxelas, a legislação portuguesa não tem em conta a depreciação dos carros importados de outros países da UE, não sendo, por isso, compatível com a legislação europeia. No atual ISV, a componente ambiental não é depreciada, o que significa que ao comprar um carro em segunda mão no estrangeiro, está a pagar o imposto de como se este fosse novo.

Mário Centeno defendia que isto era justificado já que “os malefícios causados ao ambiente” por carros comprados em segunda mão no estrangeiro “não são inferiores aos dos veículos novos”. Por esta razão, o ministro das Finanças alega que o pagamento da totalidade do imposto relativo à componente ambiental é justificado.

No entanto, a Comissão Europeia tem uma opinião distinta. “A Comissão decidiu hoje enviar um parecer fundamentado a Portugal por taxar carros usados importados de forma mais pesada do que os carros comprados no mercado nacional”, lê-se no parecer enviado a Lisboa por Bruxelas.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Caríssimos editores ZAP:

    “O mercado dos carros importados tem crescido de vento em poupa em Portugal”

    Presumo que não estejamos a falar de estilos de penteado nem de um certo pássaro amarelo… vou achar que foi distracção vossa, ok?

RESPONDER

Pandemia pode criar mais 520 milhões de pobres

Um estudo da Organização das Nações Unidas (ONU) conclui que a pandemia do novo coronavírus poderá deixar mais 520 milhões de pessoas a viver com rendimentos inferiores a cinco euros por dia, num cenário de …

Cerca de 20% dos eleitores de Bolsonaro estão arrependidos da escolha

De acordo com uma sondagem divulgada esta quarta-feira, 83% dos inquiridos garantiram não estar arrependidos de terem votado em Jair Bolsonaro e 39% consideram "ruim ou péssima" a gestão do Presidente brasileiro face à crise …

Cascais comprou 850 mil máscaras à China. Vão ser vendidas à população a 70 cêntimos

A Câmara Municipal de Cascais investiu cinco milhões de euros na compra de equipamento médico e material de proteção individual. Com as pistas cheias de aeronaves paradas, o aeroporto de Lisboa viu aterrar mais um avião …

Tribunal dos Estados Unidos confirma 18 anos de prisão para familiares de Maduro

Um tribunal de apelação de Nova Iorque ratificou a condenação a 18 anos de prisão de dois familiares do Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, por conspiração para enviar droga para os Estados Unidos. "Fica ordenado, julgado …

Ana Gomes espera "verdadeiro Portugal Leaks" com Rui Pinto a colaborar com a justiça

A antiga eurodeputada Ana Gomes considerou que “é um verdadeiro Portugal Leaks” que se pode esperar a partir de agora, depois de Rui Pinto aceitar colaborar com a justiça portuguesa. O criador do Football Leaks e …

Exames nacionais adiados. Terceiro período arranca a 14 de abril (mas à distância)

Esta quinta-feira, António Costa falou ao país para anunciar que o 3.º período irá recomeçar no dia 14 de abril, mas sem aulas presenciais. Os exames nacionais do ensino secundário foram adiados para julho e …

TAP. Estado equaciona reformas antecipadas sem penalizações

O Jornal Económico escreve esta quinta-feira que o Estado pondera avançar com reformas antecipadas sem penalizações na TAP, visando assim diminuir o impacto da pandemia de covid-19 na companhia aérea portuguesa. Apesar de a empresa ter …

Santa Maria ganha 40 camas para os cuidados intensivos

A maior unidade hospitalar do país reforçou capacidade dos Cuidados Intensivos para os doentes infetados, passando das atuais 80 camas para cerca de 120. O Hospital Santa Maria, em Lisboa, vai quadruplicar a sua capacidade …

"Isto é criminoso". Estivadores dizem que há risco de portos pararem

"Da forma como estamos a trabalhar nos portos, corremos o risco de todo o contingente ficar parado, porque não há nenhum cuidado em termos de criar equipas rotativas", garantiu o líder sindical. O presidente do Sindicato …

Demitiu-se o diretor do serviço de cirurgia e transplantação do Curry Cabral

Américo Martins demitiu-se esta quarta-feira por ter visto impedida a proposta de reorganização com circuitos independentes no hospital. O diretor do Serviço de Cirurgia Geral e Transplantação do Hospital Curry Cabral, Américo Martins, demitiu-se esta quarta-feira …