Portugal teve excedente orçamental de 0,2% em 2019

O ministro das Finanças, Mário Centeno

Em 2019, Portugal teve um excedente orçamental de 0,2% do PIB. Os dados revelados pelo INE provam que este é o primeiro excedente do país em democracia.

Portugal registou, no ano passado, um excedente orçamental de 0,2% do Produto Interno Bruto (PIB), revelam os dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) e, entretanto, confirmados pelo ministro das Finanças, Mário Centeno. Este é o primeiro excedente do país em democracia.

Este é um valor 0,3 pontos percentuais acima das mais recentes estimativas do Executivo, que previa um défice orçamental de 0,1%. Em termos concretos, são 403,9 milhões de euros de excedente, escreve a RTP.

“Considerando valores para o ano terminado no trimestre, a capacidade de financiamento da economia passou de 0,6 por cento do PIB no 3º trimestre para 0,8 por cento no 4º trimestre de 2019”, lê-se no documento divulgado pelo INE.

Assim, segundo o INE, foi apresentando um “saldo positivo de 0,2 por cento do PIB no ano acabado no 4º trimestre de 2019, que compara com uma necessidade de financiamento de 0,1 por cento do PIB no trimestre anterior. Este resultado traduziu um aumento da receita superior ao da despesa, com variações de 0,8 por cento e 0,2 por cento, respetivamente”.

De acordo com a TSF, a administração central teve um défice de 3.278,6 milhões de euros; a administração local teve um superavit de 727,3 milhões; e a Segurança Social teve o melhor resultado: sobraram 2.955,2 milhões.

“Face às estimativas anteriores, os novos resultados determinaram uma revisão em alta de 0,2 pontos percentuais (p.p.) das taxas de variação do PIB em 2018, para 2,6% em volume e 4,3% em valor. Esta nova informação implicou também uma revisão em alta de 0,2 p.p. da variação em volume do PIB em 2019, divulgada na Estimativa Rápida para o 4º trimestre”, explica ainda o instituto.

O INE realça ainda que estes resultados não refletem ainda a situação atual causada pela pandemia de Covid-19.

A economia portuguesa está a ser alvo de um choque externo com consequências graves”, começou por dizer Mário Centeno, numa conferência de imprensa transmitida via Twitter. “Temos contudo algumas certezas: tudo faremos para voltar à normalidade e o país nunca esteve tão bem preparado para lidar com uma crise”.

Em relação ao excedente, Centeno disse que, “comparativamente com as outras economias da Europa ocidental, a economia portuguesa era a que mais crescia“.

“O fecho das contas de 2019 confirma o bom desempenho da economia e das contas externas. A economia cresceu 2,9%, pelo quarto ano consecutivo acima da média da zona euro”, disse, citado pela Sábado.

Na sua ótica, isto “demonstra a dinâmica que a economia portuguesa tinha e que foi agora abruptamente interrompida” pelo surto do novo coronavírus. Centeno reconhece ainda que a pandemia de Covid-19 terá “consequências graves”, não só em Portugal, mas em todo o mundo.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Rui Pinto colocado em prisão domiciliária

O hacker Rui Pinto, criador do Football Leaks e autor das revelações do caso Luanda Leaks, foi colocado em prisão domiciliária esta quarta-feira. Rui Pinto, que estava em prisão preventiva desde 22 de março de 2019, …

Detidas 33 pessoas desde a renovação do estado de emergência

A PSP e a GNR detiveram, até terça-feira, 33 pessoas pelo crime de desobediência desde 3 de abril, totalizando 141 as detenções feitas desde o início do estado de emergência, indicou o Ministério da Administração …

Bruxelas disponibiliza 300 milhões de euros a pequenas e médias empresas para alavancar investimentos

O programa "Escalar" disponibiliza 300 milhões de euros, através do Fundo Europeu de Investimento, para apoiar investimentos de pequenas e médias empresas "promissoras" que queiram crescer. A Comissão Europeia anunciou que vai disponibilizar 300 milhões de …

Maçonaria cancela eleições e proíbe rituais em sessões virtuais

A pandemia de Covid-19 levou o Grão Mestre do Grande Oriente Lusitano, Fernando Lima, a principal obediência maçónica em Portugal, a cancelar as eleições e a proibir os encontros com rituais maçónicos 'online', visto que …

Mourinho quebra regras e assume que errou ao ir treinar com Ndombele

Fotografias e vídeos divulgados nas redes sociais mostram José Mourinho e os jogadores do Tottenham a treinar juntos e a violar as regras de segurança impostas devido ao surto do novo coronavírus. O Tottenham, treinado por …

Rússia bate recordes de infeções diárias. Em Itália, o número de mortes voltou a diminuir

Há três dias consecutivas que o número de novos casos bate recordes de crescimento na Rússia. Já em Itália, o número de mortes voltou a diminuir esta quarta-feira. Pelo terceiro dia consecutivo, o crescimento de número …

Governo prepara apoios aos media "à medida das televisões"

O Governo está a preparar medidas de apoio aos meios de comunicação social, gravemente afetados pela crise causada pela pandemia de Covid-19. Contudo, como considerou o administrador da Global Media Group, Afonso Camões, citado pelo Dinheiro Vivo, tudo …

Archewell. Harry e Meghan registam a sua nova marca

O príncipe Harry e Meghan Markle registaram a sua nova marca, uma fundação sem fins lucrativos chamada Archewell. De acordo com o jornal britânico The Guardian, que cita registos datados de 3 de março, a marca …

Libertação de reclusos. Esquerda ao lado do Governo garante aprovação

PSD, CDS-PP, PAN e Iniciativa Liberal manifestaram reservas ao diploma que prevê a concessão de indultos e antecipação do fim das penas para reclusos que tenham cometido crimes pouco graves. A proposta do Governo que cria …

Galp anuncia cortes de 500 milhões de euros por ano devido à pandemia

A Galp Energia decidiu cortar mais de 500 milhões de euros por ano dos seus custos operacionais e investimentos para 2020 e 2021, visando fazer face ao impacto da pandemia de Covid-19 na procura de …