Portugal esgota hoje recursos naturais e começa a usar cartão de crédito ambiental

Portugal esgota este sábado os recursos naturais renováveis de 2018, o que significa que vai começar a usar meios que só deveria utilizar a partir de 1 de janeiro de 2019, anunciou a associação ambientalista Zero.

De acordo com a associação ambientalista Zero, “se todos vivessem como nós”, a partir de domingo “o mundo começaria a usar o cartão de crédito ambiental”, porque “acabam-se hoje os recursos renováveis de Portugal”.

Se cada pessoa no planeta vivesse como uma pessoa média portuguesa, “a humanidade exigiria o equivalente a 2,19 planetas para sustentar as suas necessidades de recursos”, o que implicaria que “a área produtiva disponível para regenerar recursos e absorver resíduos a nível mundial esgotar-se-ia neste dia 16 de junho”.

“Portugal é, há já muitos anos, deficitário na sua capacidade para fornecer os recursos naturais necessários às atividades desenvolvidas (produção e consumo). A nossa pegada per capita é de 3,69 hectares globais, mas a nossa biocapacidade é de 1,27 hectares globais, com base em dados revistos para toda a série histórica desde 1961″, escreveu a Zero, num comunicado.

Portugal é o 69º país do mundo com maior pegada ecológica por pessoa. Apesar de, entre os países da União Europeia, Portugal ter a quarta pegada mais baixa por pessoa, “esta é, ainda assim, muito superior à capacidade média por pessoa no planeta”.

O consumo de alimentos (32% da pegada global do país) e a mobilidade (18%) encontram-se entre as atividades humanas diárias que mais contribuem para a pegada ecológica portuguesa e são “pontos críticos para intervenções de mitigação da pegada”.

Os dados relativos à pegada ecológica são atualizados anualmente pela Zero – Associação Sistema Terrestre Sustentável, em parceria com a Global Footprint Network.

Tal como um extrato bancário dá a indicação das despesas e dos rendimentos, a contabilização da pegada ecológica avalia anualmente, através de sistemas métricos, as necessidades humanas de recursos renováveis e serviços essenciais e compara-as com a capacidade da biosfera de fornecer tais recursos e serviços.

O dia em que a humanidade atinge o limite do uso sustentável de recursos naturais disponíveis para esse ano, ou seja, o orçamento natural, é habitualmente designado como Overshoot Day.

No ano passado, o overshoot day mundial ocorreu em 2 de agosto, sendo que o último ano em que o planeta conseguiu viver com o seu orçamento natural anual foi em 1970.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. “O consumo de alimentos (32% da pegada global do país) e a mobilidade (18%) encontram-se entre as atividades humanas diárias que mais contribuem para a pegada ecológica portuguesa e são “pontos críticos para intervenções de mitigação da pegada””
    Ó pessoal, toca a passar fome e a ficarmos mais dias em casa, não trabalhando, para reduzirmos a nossa “pegada ecológica”…!!!

RESPONDER

Tempo de espera nos CTT é principal causa de insatisfação dos clientes

Um inquérito da associação Deco a 1.800 clientes dos CTT revela que esperam, em média, 18 minutos para serem atendidos e que o tempo de espera é o que causa mais insatisfação. O inquérito realizado a …

Gronelândia não é só um capricho de Trump. EUA querem comprar a ilha há 70 anos

A proposta de Donald Trump para comprar a Gronelândia terá parecido apenas mais uma ideia megalómana do presidente dos EUA, mas não é a primeira vez que o país tenta ficar com a ilha que …

Venezuela. Oposição anuncia nova fase de mais pressão contra o regime

O presidente do parlamento venezuelano, Juan Guaidó, disse na quarta-feira que a oposição tem mantido conversações com o governo dos Estados Unidos (EUA) e anunciou que chegou o momento de pressionar mais o regime liderado …

Sobrelotação dos canis leva a aumento de ataques de cães abandonados

A sobrelotação dos canis tem feito aumentar o número de ataques de cães abandonados registados pela GNR. Só os casos registados neste semestre quase superam os valores do ano passado inteiro. Os canis sobrelotados é um …

Nova Zelândia. Enquanto preside a debate parlamentar, presidente dá biberão a bebé

O presidente do parlamento da Nova Zelândia partilhou nas redes sociais, na terça-feira, uma imagem onde aparece a dar biberão ao filho de um colega de partido enquanto presidia ao debate. Trevor Mallard, presidente do Parlamento …

Trump é "narcisista" e "absurdo", dizem governantes. "Não falam assim comigo", responde Presidente dos EUA

O Presidente dos Estados Unidos (EUA) criticou na quarta-feira o tom "horrível" das declarações da primeira-ministra da Dinamarca, que considerou que a intenção de Donald Trump de comprar a Gronelândia era um "absurdo". "Achei que a …

Se o FC Porto perder na Luz, "adeptos vão pedir a cabeça de Conceição"

Ljubinko Drulovic, antigo jogador do SL Benfica e do FC Porto, disse que caso o FC Porto perca na Luz, os adeptos vão pedir a cabeça de Sérgio Conceição. Em entrevista à Rádio Renascença, o antigo …

"Variações" estreia-se hoje nas salas de cinema portuguesas

O filme de João Maia sobre o músico António Variações, que morreu em 1984, aos 39 anos, protagonizado pelo ator Sérgio Praia, estreia-se esta quinta-feira em cerca de 60 salas de cinema portuguesas. O filme é …

Mais videovigilância e segurança reforçada em bares e discotecas

A nova lei, que entra em vigor esta quinta-feira, alarga a instalação de videovigilância, obriga à contratação de um responsável pela segurança e a um segurança-porteiro em certos pontos dos bares. A partir desta quinta-feira, os bares …

Ordem queixa-se de falta de nutricionistas nas escolas públicas

A Ordem dos Nutricionistas tirou o chapéu à medida de restrição da publicidade em certos alimentos dirigida a crianças, dizendo que é um "passo importante". Contudo, afirma que "o caminho a percorrer ainda é longo". A …