“Muita fraternidade”. Portugal enviou vacinas para Cabo Verde

Mário Cruz / Lusa

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse esta segunda-feira que os indicadores da pandemia de covid-19 em Portugal permanecem “muito estáveis” e que a última grande abertura no plano de desconfinamento não teve impactos nos hospitais.

“Os indicadores continuam muito estáveis, em número de mortos, em número de casos e até na pressão no Serviço Nacional de Saúde”, afirmou Marcelo Rebelo de Sousa, questionado pela Lusa durante a visita oficial a Cabo Verde.

De acordo com o chefe de Estado, a pressão sobre os hospitais “tem vindo primeiro a descer”, estando agora estabilizada.

“A estabilizar em valores que parecem confirmar, passados 15 dias sobre a última grande abertura, que a abertura, pelo menos até agora, não teve efeitos que tenham perturbado a situação das estruturas de saúde e o número de casos, e mais ainda o número de mortos, de óbitos”, disse o Presidente português, que visita em Cabo Verde um país com quase 2.900 casos ativos de covid-19 – cerca de metade na cidade da Praia – para cerca de 550 mil habitantes.

O índice de transmissibilidade (Rt) do coronavírus SARS-Cov-2 em Portugal subiu esta segunda-feira para 1, enquanto a incidência de casos de infeção por 100.000 habitantes nos últimos 14 dias aumentou duas décimas para 50,5.

Os números anteriores destes indicadores, divulgados na sexta-feira, indicavam um Rt de 0,95 e uma incidência de 50,3 casos por 100.000 habitantes.

Bastou SMS para vacinas seguirem para Cabo Verde

Marcelo Rebelo de Sousa afirmou também que a cedência de 24 mil vacinas contra a covid-19 a Cabo Verde foi acertada pelos governos dos dois países numa semana e que bastou uma SMS do homólogo cabo-verdiano.

Em declarações no Palácio Presidencial, na cidade da Praia, após ter sido recebido pelo chefe de Estado cabo-verdiano, Jorge Carlos Fonseca, o Presidente português explicou que a antecipação da entrega das vacinas por Portugal, concretizada na sexta-feira, resultou do primeiro contacto entre ambos, há uma semana.

“E chegaram as vacinas e chegou esta nova equipa dupla portuguesa [médica] e nisto houve uma convergência que demonstra o grau excelente das relações entre os dois países, mas também o empenho excecional do Presidente Jorge Fonseca (…) Primeiro mandou-me uma mensagem escrita (SMS), depois falámos telefonicamente e foi possível numa semana pôr de pé o que é um contributo mais”, afirmou Marcelo Rebelo de Sousa.

Além das 24 mil doses de vacinas da AstraZeneca cedidas por Portugal, devido à situação pandémica em Cabo Verde, que tem enfrentado máximos de novos infetados e mortos por covid-19 desde abril, duas equipas médicas chegaram no domingo ao arquipélago para reforçar o apoio nos hospitais.

Marcelo explicou neste processo contou com a “reação imediata” do Governo e que “mais apoios haverá no futuro” por parte de Portugal.

Igualmente em declarações aos jornalistas, o Presidente cabo-verdiano, Jorge Carlos Fonseca, reconheceu que a cedência das vacinas representou um gesto “de muita amizade e muita fraternidade” por parte de Portugal, que começou com um contacto direto para o homólogo português.

“Realmente demos uma contribuição, um empurrãozinho, através de mensagem escrita e depois uma conversa, dada a situação, circunstancial, esperamos, de aumento do número de casos de infeções de covid-19 em Cabo Verde. E muito rapidamente, em poucos dias, nós recebemos as vacinas e o apoio do reforço das equipas médicas portuguesas”, disse ainda.

“Isto só é possível acontecer deste modo num relacionamento entre dois países que são verdadeiramente países que lidam um com o outro com base na fraternidade, na amizade e na cumplicidade”, destacou Jorge Carlos Fonseca.

Portugal anunciou em abril o compromisso de disponibilizar aos países africanos de língua portuguesa (PALOP) e Timor-Leste 5% de vacinas contra a covid-19 que adquirisse, tendo antecipado a entrega a Cabo Verde.

Cabo Verde já vacinou cerca de 15.900 pessoas com pelo menos a primeira dose das vacinas da Pfizer e da AstraZeneca, das quais 94% são profissionais de saúde, e esperava receber ainda este mês vacinas de Portugal, anunciou em 03 de maio o diretor nacional de Saúde, Jorge Noel Barreto.

O Governo assumiu a meta de imunizar 70% da população até final do ano.

Cabo Verde recebeu 24.000 doses da vacina contra a covid-19 da AstraZeneca em 12 de março e 5.850 da Pfizer dois dias depois, no âmbito da iniciativa Covax, do plano de vacinação nacional iniciado em 19 de março, e espera ainda a entrega de mais 80.000 doses.

Cabo Verde regista um total de 28.168 casos e 249 mortos por covid-19.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 3.381.042 mortos no mundo, resultantes de mais de 162,9 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 17.009 pessoas dos 842.381 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Evolução genética pode estar a tornar-se cada vez mais obsoleta

Um novo estudo sugere que a evolução humana já não está estritamente ligada aos genes e supõe que a cultura pode estar a conduzir a evolução mais rápido do que as mutações genéticas podem funcionar. Tendo …

ALMA descobre a primeira gigantesca tempestade de buracos negros

O telescópio Atacama Large Millimeter Array (ALMA) detetou um forte vento galático impulsionado por um buraco negro supermassivo há 13,1 mil milhões de anos. Os investigadores salientam que este é o exemplo mais antigo alguma vez …

NASA vai construir telescópio espacial capaz de detetar asteroides ameaçadores

A NASA aprovou a produção de um telescópio espacial infravermelho para detetar asteroides que possam representar uma ameaça para a Terra. A agência está a desenvolver o telescópio espacial Near-Earth Object Surveyor - ou NEO Surveyor …

Muco marinho na costa da Turquia ameaça ecossistemas. E é só a ponta do icebergue

Esta semana, a Turquia lançou a maior limpeza marítima da sua história para fazer face à proliferação sem precedentes de muco marinho no Mar de Mármara, um sintoma de um problema ambiental muito maior. Debaixo das …

Fotografia da Rainha Isabel II removida da Universidade de Oxford devido à "história colonial"

Um grupo de estudantes da Universidade de Oxford removeu uma fotografia da Rainha Isabel II da sua área comum devido aos seus laços com a “história colonial”. A atitude gerou uma onda de controvérsia. A imprensa …

Espanha 0-0 Suécia | Muro amarelo trava fúria espanhola

A Espanha e a Suécia empataram hoje 0-0 em jogo da primeira jornada do Grupo E do Euro2020 de futebol, naquela que foi a primeira partida sem golos na competição até ao momento. No estádio La …

Covid-19. Variante indiana causa doença mais grave, dizem médicos chineses

A Delta está a causar doença mais grave e mais rapidamente do que durante a primeira vaga, informaram médicos na zona de Guangzhou, no sudeste da China, onde surgiu um surto recente provocado por esta …

Do café aos brinquedos. Preço do transporte de mercadorias vai atingir a nossa carteira mais cedo do que se pensava

Os preços exorbitantes do transporte de mercadorias pelo mundo poderão atingir a sua carteira mais cedo do que pensa. Mais de 80% de todo o comércio de mercadorias é transportado pela via marítima, mas o alto …

Tal é a qualidade de Portugal, que o treinador da Hungria "podia ser motorista ou roupeiro"

O selecionador da Hungria, o italiano Marco Rossi, afirmou hoje que "até podia ser o motorista ou rapaz dos equipamentos" da seleção portuguesa, tal é a qualidade dos jogadores lusos que vão disputar o Euro2020. “Estamos …

Destroços de avião descobertos no fundo de um lago nos EUA podem pôr fim a um mistério de 56 anos

Trabalhadores que testam equipamentos de investigação subaquática dizem ter encontrado os destroços de um pequeno avião nas profundezas do lago Folsom, na Califórnia. A confirmar-se, podem ter resolvido um mistério com 56 anos. As imagens de …