Portugal disponível para receber 10 mil refugiados

O primeiro-ministro português, António Costa, enviou cartas aos homólogos de alguns dos Estados-membros mais pressionados pelos fluxos migratórios disponibilizando-se para receber cerca de 5.800 refugiados além da quota comunitária definida para Portugal.

Deste modo, o nosso país poderia vir a acolher no total um número próximo de 10 mil refugiados.

Uma fonte do executivo indicou à Lusa que o chefe de Governo, enviou na semana passada cartas à Grécia, Itália, Áustria e Suécia.

Nos mesmos termos da proposta apresentada no início do mês à chanceler alemã, Angela Merkel, a proposta apresentada aos quatro países aponta para a disponibilidade do Governo em acolher cerca de dois mil estudantes universitários, 800 no ensino vocacional e entre 2.500 e três mil refugiados qualificados para trabalhar nas áreas agrícola e florestal, precisou a fonte governamental.

Em causa está a disponibilidade do Governo português para, “no espírito da solidariedade europeia”, acolher até mais cerca de 5.800 refugiados, além da quota destinada a Portugal no quadro do sistema de recolocação de refugiados entre os Estados-membros.

Até agora, Portugal comprometeu-se a receber 4.295 pessoas ao abrigo do mecanismo de recolocação e 191 pessoas ao abrigo da reinstalação – ou seja, provenientes de países fora da UE – num total de 4.486.

Nas cartas enviadas, Costa afirmou o compromisso em garantir que a “Europa continue a ter apenas fronteiras externas e não fronteiras internas”.

A 18 de dezembro, o primeiro-ministro tinha referido a disponibilidade de Portugal receber mais refugiados, ao abrigo da recomendação de Bruxelas aos 28 países da UE, para acolhimento voluntário de candidatos a asilo que se encontram na Turquia.

Ao abrigo do mecanismo europeu de recolocação, que inclui 160 mil pessoas, Portugal recebeu 26 refugiados.

Por exemplo, apenas à Grécia, desde o início do ano chegaram mais de 88 mil pessoas, a somar às 856 mil que chegaram no ano passado, segundo dados da agência das Nações Unidas para os refugiados (UNHCR), citados pelo Diário de Notícias.

Na cimeira a decorrer até hoje, em Bruxelas, os chefes de Estado e do Governo da UE esperam “ver uma substancial e sustentável redução do número de entradas ilegais” a partir da Turquia para a Europa.

Nas conclusões sobre migrações da reunião, que também está a tratar a questão da possível saída do Reino Unido da UE, lê-se que para a redução “substancial e sustentável” são precisos “mais e decisivos esforços também no lado turco para garantir uma implementação efetiva do plano de ação”.

Ao fim de cerca de 10 horas de reunião, os líderes dos 28 reafirmaram ainda que a “rápida e completa implementação” do plano conjunto da União Europeia com a Turquia “continua uma prioridade”, para travar o fluxo de migrantes e combater os contrabandistas.

ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

Ferrari vai enfrentar problemas no Mundial de F1 "sem chorar"

O diretor-geral da Ferrari elogiu o talento de Leclerc e mostrou-se preocupado com os problemas que afetaram Sebastian Vettel. O diretor-geral da Ferrari, Louis Camilleri, reiterou esta terça-feira a confiança na equipa e assegurou que a …

Governo russo exige 1,8 mil milhões de euros a empresa mineira por poluição no Ártico

A agência russa de defesa do ambiente exigiu uma indemnização de 147,8 mil milhões de rublos (1,8 mil milhões de euros) ao conglomerado mineiro Norilsk Nickel, pela grave poluição do Ártico com hidrocarbonetos. Em comunicado, a …

Perda de habitat pode aumentar doenças que passam de animais para humanos, prevê ONU

Um novo relatório da Organização das Nações Unidas (ONU) alertou que podem surgir mais doenças que passam de animais para humanos, como a covid-19, à medida que os habitats são devastados pela exploração da vida …

Rússia ameaça retaliar face às sanções "hostis" do Reino Unido

A Rússia ameaçou responder às sanções "hostis" anunciadas por Londres contra 59 pessoas e entidades, 25 delas russas. A Rússia vai responder às sanções "hostis" anunciadas pelo Governo britânico contra 49 pessoas e organizações, 25 das …

Ministério dispensa quase todos os alunos da renovação de matrículas (após ataques informáticos e o desespero dos pais)

As matrículas online são agora obrigatórias apenas para os alunos que no próximo ano lectivo vão iniciar os 5.º, 7.º e 10.º anos de escolaridade. O anúncio é feito pelo Ministério da Educação depois das …

"Estavam prontos para bater". Atleta Ricardo dos Santos vai processar polícia londrina

O atleta português Ricardo dos Santos disse na segunda-feira que não demorou mais de 20 segundos a parar o carro, quando lhe foi pedido pelas autoridades em Londres, e garantiu que vai processar a polícia …

Motorista de autocarro em morte cerebral depois de agressões de passageiros em França

Um motorista de autocarro foi declarado em morte cerebral esta segunda-feira, em França, depois de ter sido agredido no domingo por passageiros a quem recusou a entrada no transporte público. No domingo à noite, um motorista …

Erro de laboratório origina 20 casos em dois clubes da Liga búlgara

Vinte pessoas estão infetadas com o novo coronavírus, após um futebolista com covid-19 ter participado no duelo entre o Cherno More e o Tsarko Selo, da Liga búlgara, devido ao erro de um laboratório, foi …

Soleimani foi assassinado de forma "ilegal e arbitrária", considera perita da ONU

A relatora especial da ONU, Agnes Callamard, considera que os Estados Unidos não apresentaram provas suficientes para justificar o ataque. Uma especialista da ONU concluiu que o general iraniano Qasem Soleimani, morto num raide norte-americano …

Bolsonaro infetado com covid-19

A imprensa brasileira confirmou, esta terça-feira, que o Presidente Jair Bolsonaro está infetado com covid-19. O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, testou positivo à covid-19. De acordo com a Globo, a informação foi avançada pelo próprio, …