O triunfo dos porcos portugueses. China faz subir preço da carne de porco

Os suinicultores portugueses estão a aproveitar o vírus que afeta a produção chinesa para aumentar os preços na exportação. Os consumidores nacionais também vão pagar mais no talho.

Há um vírus a dizimar as varas chinesas. Apesar de ser um azar para uns, os portugueses olham para esta situação como uma “oportunidade muito grande” para impulsionar as exportações para a China – o maior criador, mas também consumidor deste produto a nível mundial.

João Bastos, secretário-geral da Federação Portuguesa de Associações de Suinicultores (FPAS), adiantou ao Jornal de Negócios que se estima que a China irá comprar, já este ano, cerca de 80 mil toneladas de carne nacional, valor que equivale a um sexto do volume abatido anualmente no país.

O responsável calcula que, em valor, as vendas para este destino podem duplicar para 200 milhões de euros em 2020. “Neste momento em que há escassez do lado da oferta, os preços estão a subir.”

“Tivemos um período de quatro meses [no início do ano] em que houve exportação para a China a preços baixos, mas agora está com preços mais elevados. Já se está a começar a refletir. Nas últimas duas semanas, os preços de venda à China têm aumentado. É um mercado que valia essencialmente pelo volume que absorve – e agora também pelo preço”, explica João Bastos.

De acordo com o matutino, em 2018, o negócio da carne de porco ascendeu a 520 milhões de euros. Em 2015, este setor valia 600 milhões, pelo que, atualmente, ainda está aquém deste valor. Ainda assim, João Bastos mantém a “expectativa de voltar a este patamar da faturação, pelo aumento do volume e do valor”.

Para isso, a Federação Portuguesa de Associações de Suinicultores conta com o aumento das exportações, nomeadamente para a China, que “vai ter mais peso do que o somatório de todos os outros mercados para onde exporta” muito em breve.

Os preços da carne de porco já começaram a subir na China, nos Estados Unidos e em vários países da União Europeia. Em Portugal, não se antecipam “grandes efeitos inflacionários” no mercado doméstico por via direta deste “desvio” da produção para o Oriente.

Ainda assim, João Bastos admite ao matutino que os consumidores portugueses vão pagar mais quando forem ao talho devido à “subida generalizada a nível global, que se refletirá também em Portugal“.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Os valores relativos às datas, calculo, estão trocados.

    “o negócio da carne de porco ascendeu em 2018 a 520 milhões de euros. Em 2015, este setor valia 600 milhões, pelo que ainda está aquém deste valor.” não faz sentido.

  2. Desde que não comecem depois a comprar carne de porco chinesa para vender aos portugueses devido à carne de porco portuguesa ter mais procura na china.
    Isso já se passa com o peixe e com certos outro produtos, como:
    – Ovas de sardinha;
    – Queijo da Serra (verdadeiro);
    – Robalos, Douradas, Sargos e Linguados da nossa costa (a melhor para produção de espécies para culinária);
    – Engulo;
    – Porcos Pretos (patanegra) (os espanhóis compram tudo e depois vendem os produtos transformados por um preço ‘premium’,

    enfim, vou parar de escrever, ‘que estes senhores do ZAP não gostam de acções cívicas no seu espaço

Na Suécia, quem tem sintomas de covid-19 pode fazer o teste gratuitamente

A Suécia vai fornecer testes de diagnóstico à covid-19 gratuitos a todas as pessoas que apresentem sintomas e realizar o rastreamento de contactos de todos os que estão infetados.  O anúncio surgiu esta quinta-feira, no mesmo …

Índia regista recorde de infetados com covid-19. Quase dez mil num só dia

A Índia registou outro recorde de novos casos de coronavírus, mais de 9.800 nas últimas 24 horas, período em que se contabilizaram 270 mortes, informou esta sexta-feira o Ministério da Saúde. A Índia regista agora 226.770 …

Países Baixos vão abater mais de 10 mil visons após suspeita de transmissão

As autoridades holandesas ordenaram o abate, a partir desta sexta-feira, de mais de 10 mil visons em unidades que fazem criação, depois da suspeita de transmissão do novo coronavírus a pessoas. No passado dia 28 de …

"Resposta à crise da pandemia tem que responder também à crise climática", diz BE

O Bloco de Esquerda (BE) defendeu esta sexta-feira que a resposta à crise pandémica também tem de ter soluções para a crise climática, considerando que a alternativa passa por criar emprego que responda às necessidades …

Desconfinamento do turismo. Costa anuncia abertura de fronteiras e novas rotas a 15 de junho

15 de junho é a data em que o turismo vai começar a desconfinar, com a reabertura de fronteiras e a reativação de rotas aéreas nos aeroportos portugueses. Esta sexta-feira, o primeiro-ministro anunciou que, no dia …

Legalização da prostituição discutida no Parlamento. Há "raparigas que ganham 500 euros por dia"

Uma petição que defende a legalização da prostituição foi, nesta quinta-feira, discutida no Parlamento. Os deputados ouviram as duas primeiras signatárias, uma das quais detém duas casas onde há mulheres a prestarem serviços sexuais e …

Grávidas com covid-19 não devem ter acompanhante no parto

As unidades de saúde devem assegurar condições para permitir um acompanhante no parto, desde que a grávida não esteja infetada com covid-19, segundo uma nova orientação da Direção-Geral da Saúde (DGS). O documento da Direção-Geral da …

Portugal com mais de 300 novos casos pelo terceiro dia consecutivo

Nas últimas 24 horas, Portugal registou mais dez óbitos e 377 casos de infeção por covid-19, informou esta sexta-feira a Direção-Geral da Saúde. Portugal regista esta sexta-feira 1.465 mortes por covid-19, mais 10 do que na …

Obstetra do caso do bebé sem rosto expulso da Ordem dos Médicos

O obstetra do bebé de Setúbal que nasceu com malformações foi punido com a pena máxima prevista nos Estatutos da Ordem dos Médicos, ou seja, a expulsão, disse à agência Lusa, esta sexta-feira, fonte oficial da …

Mês de maio foi o mais quente já registado no planeta

O mês de maio foi o mais quente registado em relação ao mesmo período nos anos anteriores, segundo o serviço europeu de mudanças climáticas Copernicus, que registou temperaturas muito acima do normal, especialmente no Ártico. "O …