Polónia pondera pedir indemnização à Alemanha pela II Guerra

Silar / Wikipedia

O presidente da Polónia, Jaroslaw Kaczynski

Os conservadores no poder em Varsóvia criaram uma comissão parlamentar para analisar a dimensão das reparações ligadas à Segunda Guerra Mundial que querem exigir à Alemanha, anunciou hoje o presidente desta comissão.

“Queremos começar um trabalho no parlamento polaco que vai conduzir a uma análise do montante estimado que a Alemanha deve à Polónia”, declarou Arkadiusz Mularczyk, o presidente da comissão, à agência noticiosa polaca PAP.

O deputado, eleito pelo partido conservador Direito e Justiça, PiS, acrescentou que a análise não tinha prazo fixado para ser concluída.

A questão das reparações de guerra alemãs, consideradas encerradas desde há anos, foi relançada em 28 de julho pelo chefe do partido conservador nacionalista no poder, Jaroslaw Kaczynski. Antes, neste mês, a primeira-ministra polaca, Beata Szydlo, também do PiS, considerou que o seu país tinha direito a reparações.

O porta-voz do governo alemão, Steffen Seibert, respondeu então que a questão foi resolvida quando em 1953 a Polónia “tomou a decisão vinculativa de renunciar à exigência de novas indemnizações de guerra”. Mas o governo conservador polaco contesta a validado de acordo de 1953, que, contrapõe, lhe foi imposto pela União Soviética.

Os presidentes alemão e polaco, respetivamente Frank-Walter Steinmeier e Andrzej Duda, admitiram, em meados deste mês, que era necessária “uma discussão calma” sobre o assunto. Os ministros dos Negócios Estrangeiros e Interior polacos consideraram que as reparações potenciais poderiam chegar a 850 mil milhões de euros.

Durante a guerra, a Polónia foi entalada entre duas frentes, abertas respetivamente pela Alemanha nazi e a União Soviética. Seis milhões de polacos, dos quais três milhões de origem judia, foram assassinados durante a ocupação nazi, entre 1939 e 1945, e a capital Varsóvia praticamente arrasada.

Segundo uma sondagem recente, 51% dos polacos opõem-se a qualquer reclamação de reparações à Alemanha e 24% são favoráveis. Os padres católicos polacos dirigiram, no início do mês, um aviso ao governo conservador nacionalista, prevenindo-o para o risco de “aniquilar” a confiança e a reconciliação germano-polaca.

Em agosto deste ano, durante o seu discurso de comemoração do 71º aniversário da Revolta de Varsóvia, o ministro da Defesa da Polónia, Antoni Macierewicz, acusou a União Soviética de ter conspirado com a Alemanha Nazi para aniquilar o povo polaco.

“A história dos últimos 80 anos seria muito diferente se essa geração da Polónia independente não tivesse sido exterminada de forma terrível pelo gigante criminoso soviético e alemão. Varsóvia também seria diferente”, disse Macierewicz.

“Esta parte da história começou com a assinatura do pacto Molotov-Ribbentrop“, e a etapa seguinte foi “a infecção vermelha e as tropas soviéticas que estavam à espera de que Varsóvia fosse aniquilada pelos carrascos alemães”, concluiu.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Bem vistas as coisas ainda se poderão encher de dinheiro! Indemnização por parte dos alemães pela II guerra mundial e a seguir mais uma pipa de massa pedida aos russos pela ocupação!.

RESPONDER

Pintura de Van Gogh de Paris nunca antes vista exibida pela primeira vez

Uma pintura de Vincent Van Gogh de uma rua de Paris foi exposta pela primeira vez depois de passar mais de 100 anos "escondida" pelos seus proprietários. Uma cena de rua em Montmartre, em Paris, pertenceu …

Imagens mostram construção de instalação nuclear secreta em Israel

Está a ser construída uma instalação nuclear secreta em Israel, diz a Associated Press depois de analisar imagens de satélite. Os trabalhos estão a decorrer a poucos metros do antigo reator do Centro de Pesquisa …

Supremo confirma prisão efetiva de cinco anos e oito meses de João Rendeiro

O Supremo Tribunal de Justiça (STJ) rejeitou a nulidade do acórdão que proferiu em janeiro e confirmou, assim, a condenação do antigo presidente do BPP. Num acórdão datado da passada quarta-feira, e a que a agência …

Portugal regista mais 33 mortes e 1071 novos casos de covid-19

Portugal registou, este sábado, mais 33 mortes e 1071 novos casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 1071 novos …

Ana Gomes revela que Europol está pronta para investigar o Chega

A Europol está disponível para "ajudar as autoridades portuguesas" a investigar eventuais ligações do Chega de André Ventura a "actividades criminais internacionais". É Ana Gomes quem o revela depois de ter enviado uma participação ao …

João Almeida termina Volta aos Emirados no pódio, o seu primeiro numa prova do World Tour

O ciclista português, da equipa Deceuninck-QuickStep, assegurou, este sábado, o primeiro pódio numa prova do World Tour, ao ser terceiro na Volta aos Emirados Árabes Unidos, após a sétima e última etapa. João Almeida concluiu a prova …

Alemanha vai autorizar vacina da AstraZeneca a maiores de 65 anos

A Comissão Permanente para a Vacinação na Alemanha vai alterar a recomendação que limitava o uso da vacina da farmacêutica AstraZeneca para maiores de 65 anos. O anúncio foi feito, este sábado, por Thomas Mertens, chefe da …

Éter, Teia e Tutti-Frutti. PS e PSD decidem "os bons e os maus" entre uma centena de autarcas suspeitos

PS e PSD estão na recta final da escolha dos candidatos às próximas eleições autárquicas e os dois partidos coincidem na forma como estão a avaliar os potenciais candidatos que estão envolvidos em processos judiciais. …

"Lei Khashoggi". Estados Unidos restringem vistos a 76 cidadãos sauditas

Os Estados Unidos anunciaram a restrição à atribuição de vistos a 76 cidadãos da Arábia Saudita acusados de "ameaçar dissidentes no estrangeiro", nomeadamente o jornalista saudita assassinado, em outubro de 2018, na Turquia. Segundo o secretário …

OMS quer isenção de direitos de propriedade intelectual para vacinas

A Organização Mundial da Saúde (OMS) reclamou, esta sexta-feira, o uso de "todas as ferramentas" para aumentar a produção de vacinas contra a covid-19, incluindo a transferência de tecnologia e a isenção de direitos de …