André Silva diz que política do PAN não vai mudar

André Kosters / Lusa

O líder do Pessoas-Animais-Natureza (PAN), André Silva, considerou hoje que o partido vai continuar “a fazer a mesma política que tem feito nos últimos quatros anos”, contribuindo para que “Portugal seja um lugar melhor para se viver”.

“O PAN continuará a dizer e a fazer a mesma política que tem feito nos últimos quatro anos, na tentativa de estabelecer pontes com todos partidos políticos, para fazer avançar as nossas propostas, para fazer com que Portugal seja um lugar melhor para se viver”, disse André Silva.

O líder do PAN falava à imprensa depois de exercer o seu direito de voto numa escola, em Lisboa.

Sereno e tranquilo, André Silva voltou a referir que o PAN não é um partido de Governo, que “não é tempo de o PAN estar no Governo”.

“Aquilo que dizemos é que não somos um partido de Governo, não queremos estar no Governo, não é o tempo de o PAN estar no Governo”, frisou, acrescentando que “é o tempo do PAN crescer, consolidar e aprofundar algumas matérias”, de modo a estabelecer “pontes com todos os partidos”.

Sobre a noite eleitoral, André Silva revelou-se confiante com o resultado eleitoral. “Vou esperar por um resultado, que espero, que seja bom, logo”, adiantou o porta-voz do PAN, sublinhando que está confiante “que a taxa de abstenção se reduza”. Para André Silva, a redução da taxa de abstenção é o que o “deixaria mais alegre”.

“Estou confiante que a taxa de abstenção se reduza, estou confiante que os portugueses vão às urnas, que consigam ir votar, que tenham vontade de ir votar. O que me deixaria mais alegre, mais feliz, é que a taxa de abstenção se reduzisse e que os portugueses fossem mais às urnas no dia de hoje do que foram nas últimas eleições”, contou.

De acordo com o líder do PAN, o partido contribuiu para uma campanha “esclarecedora” por forma a reduzir a taxa de abstenção.

“Penso que contribuímos para uma campanha esclarecida e, acima de tudo, para reduzir a abstenção, é isso que são as minhas expectativas para o dia de hoje, mais do que os resultados, que espero que sejam positivos”, concluiu André Silva, que votou pelas 11:15.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Risco de pobreza em Portugal é o mais baixo de sempre. Mas há 330 mil menores em risco

O ano de 2017 trouxe melhorias às condições de vida da população, com o risco da pobreza a atingir 17,3% dos residentes em Portugal. É a taxa mais baixa desde que este indicador é tratado, …

Maria Martins conquista bronze nos Europeus de ciclismo de pista

Maria Martins venceu nesta quarta-feira a medalha de bronze no “scratch” feminino dos Europeus de ciclismo de pista, que nesta quarta-feira arrancaram em Apeldoorn, na Holanda. Depois de várias medalhas em Europeus sub-23, a ciclista de …

Carlos César: Firmar um acordo com o Bloco descriminaria os restantes partidos de esquerda

O dirigente socialista Carlos César mostrou-se esta quarta-feira confiante que o novo Governo será para quatro anos, considerando ainda que firmar um acordo com o Bloco de Esquerda seria discriminar os restantes partidos de esquerda. …

Médico que deixou bebé nascer sem rosto tem quatro processos na Ordem

O obstetra que não detetou malformações graves num bebé que acabou por nascer sem rosto no início deste mês, em Setúbal, tem quatro processos em curso no conselho disciplinar da Ordem dos Médicos. A informação foi …

Tensão na Catalunha afeta realização do Barcelona-Real Madrid

A violência dos protestos na Catalunha está a fazer com que a Liga e a Federação de futebol espanholas repensem a ideia de o clássico entre Barcelona e Real Madrid se realizar em Camp Nou. O …

Assis critica novo Governo do PS. É "muito António Costa" e feito só para dois anos

O ex-eurodeputado do Partido Socialista (PS) Francisco Assis não poupou nas críticas ao novo Governo, que António Costa apresentou ao Presidente da República na terça-feira ao final do dia, considerando que este é um executivo …

PSD considera que não há novo Governo, mas "remodelação" com alargamento

O PSD defendeu na quarta-feira que "não há um novo Governo", mas "uma remodelação com alargamento", com um executivo aumentado e "mais partidário", considerando "uma desilusão" a continuidade em pastas como Saúde, Educação e Justiça. "Não …

Depois do terramoto das legislativas, vem aí um Conselho Nacional difícil para o CDS

O CDS reúne esta noite o Conselho Nacional. Segundo o Público, Assunção Cristas deverá renunciar a lugar de deputada na Assembleia da República. O CDS deverá marcar esta quinta-feira o próximo congresso para janeiro de 2020. …

Rio quer abafar Montenegro ao fazer "multitasking" como líder partidário e parlamentar

Rui Rio pode acumular as funções de líder do partido e líder parlamentar. O objetivo passa por evitar divisões na bancada e esvaziar a oposição de Luís Montenegro. Rio parece já ter uma estratégia delimitada para …

Cabrita mostra desagrado pelo afastamento da mulher do Governo

O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, partilhou no Facebook um texto de uma ativista ambiental algarvia crítico do afastamento da ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, com quem é casado. Eduardo Cabrita, ministro da Administração …