Polícia procura americano que matou vítima aleatória na rua em directo no Facebook

Steve Stephens / Facebook

Steve Stephens

Steve Stephens

A polícia de Cleveland, nos Estados Unidos, está à procura de um homem que matou a tiro uma vítima escolhida “aleatoriamente” na rua e transmitiu o crime ao vivo pelo Facebook.

O vídeo, de pouco menos de um minuto de duração, mostra o movimento de alguém dentro de um carro, que diz “vou matar este tipo agora“, desce do veículo e interpela um idoso que estava no passeio. Depois de um estampido, aparecem imagens de um corpo na rua, e a pessoa que segura a câmara volta ao veículo.

Identificado pela polícia como Steve Stephens, de 37 anos, o homem diz, num segundo vídeo, que já assassinou 13 pessoas e ainda queria matar outras. “Estou agora a trabalhar no meu 14º”, diz Stephens no vídeo.

O chefe da polícia local, Calvin Williams, confirmou a morte de Robert Godwin, de 74 anos, mas disse não ter conhecimento de outras vítimas. Williams adiantou que “diversos recursos” foram mobilizados na busca de Stephens e fez um apelo para que se entregasse “para receber a ajuda que precisa”.

Segundo a CNN, o FBI está a trabalhar em conjunto com a polícia local nas investigações.

“Não há motivo para mais derramamento de sangue. Precisamos de colocar um ponto final nisto hoje. Precisamos de tirar Stephens das ruas”, afirmou Williams, que acrescentou que o alvo do atacante parece ter sido escolhido aleatoriamente.

Stephens tem claramente um problema“, disse o chefe de polícia.

Robert Godwin Sr / Facebook

Robert Godwin, 74 anos (à direita)

Robert Godwin, 74 anos (à direita)

Segundo Williams, foi emitido um alerta “no Estado de Ohio e além” devido ao incidente “sem sentido”. O chefe da polícia pede que as pessoas não abordem o suspeito, que provavelmente está armado e é perigoso. Acredita-se que Stephens esteja a conduzir um veículo desportivo cor de creme ou branco. O suspeito é alto, com 1.91 m, e negro.

Facebook desmente transmissão ao vivo

Em comunicado, o Facebook adiantou que tem por norma auxiliar as autoridades em casos em que haja “ameaça clara à segurança”. A rede social classificou o ato como um “crime horrível” e acrescentou que “não permite este tipo de conteúdo” no site.

Entretanto, um porta-voz da rede social negou a versão inicial da polícia de que o assassinato tenha sido transmitido no Facebook Live. Segundo o porta-voz, Stevens usou o Facebook Live pelo menos uma vez no domingo, mas o vídeo foi gravado e publicado posteriormente.

Esta não é a primeira vez que um assassinato é publicado ou transmitido ao vivo no Facebook. Em junho do ano passado, um homem foi morto enquanto transmitia imagens de si próprio nas ruas de Chicago. Em março, um homem não identificado foi alvejado 16 vezes durante uma transmissão ao vivo na rede social.

A ferramenta Facebook Live, lançada em 2010, permite que qualquer pessoa com conta no Facebook faça transmissão de vídeo em tempo real.

ZAP // BBC

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Apesar de não ser a favor da pena de morte na maioria das situações, para pessoas doentes como esta, a cura é a cadeira eléctrica.

RESPONDER

César, Louçã, Domingos Abrantes, Rio e Balsemão eleitos para Conselho de Estado

O Conselho de Estado é um órgão de consulta do Presidente da República composto por 19 membros, cinco dos quais eleitos pela Assembleia da República. Carlos César (PS), Francisco Louçã (BE), Domingos Abrantes (PCP), Rui Rio …

China já está a trabalhar no desenvolvimento de redes 6G

As autoridades chinesas divulgaram esta sexta-feira que já iniciaram pesquisas para o desenvolvimento de redes sem fio de sexta geração, apenas algumas semanas depois de as três principais operadoras de telecomunicações do país terem lançado …

Miguel Morgado desiste de se candidatar à liderança do PSD

O ex-adjunto de Pedro Passos Coelho anunciou, esta sexta-feira, que desistiu de avançar com a sua candidatura para liderar o PSD. Miguel Morgado anunciou, esta sexta-feira, através do Facebook, que "não foi infelizmente possível no presente …

Merkel fará a sua primeira visita ao antigo campo de concentração de Auschwitz

A chanceler alemã, Angela Merkel, pretende visitar o antigo campo de concentração nazi de Auschwitz na Polónia, pela primeira vez nos seus 14 anos no cargo, anunciou na quinta-feira um jornal de Munique. Segundo Sueddeutsche Zeitung, …

Bebé encontrado no lixo já está com uma família de acolhimento

O bebé encontrado num ecoponto, no início do mês, e que esteve até quinta-feira hospitalizado, já está com uma família de acolhimento, informou a Santa da Misericórdia de Lisboa esta sexta-feira. A instituição refere numa nota …

Fisco vai controlar declarações de IRS de beneficiários do programa "Regressar"

A Autoridade Tributária e Aduaneira vai desenvolver mecanismos para verificar se os contribuintes abrangidos pelo regime fiscal do programa "Regressar" reúnem as condições exigidas, prevendo-se que parte desse controlo ocorra com a entrega da declaração …

Greta Thunberg vai de Lisboa a Madrid num carro elétrico emprestado por Espanha

A Junta da Extremadura, região espanhola, disponibilizou um carro elétrico à jovem ativista sueca Greta Thunberg para que possa viajar de Lisboa para Madrid para assistir à Cimeira do Clima respeitando o meio ambiente, adiantou …

Enfermeiros garantem voltar à luta com os 200 mil que sobraram do crowdfunding

Os enfermeiros, que no ano passado iniciaram o "Movimento Greve Cirúrgica", pretendem voltar às ações de protestos com os cerca de 200 mil euros que restaram da campanha de crowdfunding. A intenção é revelada por …

OCDE: Nova crise pode tirar metade do rendimento às famílias portuguesas

Uma nova crise económica e financeira a nível global pode ter efeitos dramáticos para as famílias portuguesas, levando à perda de metade dos seus rendimentos. Esta é a previsão da Organização para a Cooperação e …

O cofre da rica mãe, heranças às dúzias e a vida "sem luxos". O que Sócrates disse a Ivo Rosa

Foram cerca de 20 horas de interrogatório no âmbito da Operação Marquês, em que José Sócrates manteve, perante o juiz Ivo Rosa, a versão de que as avultadas quantias de dinheiro que gastou nos últimos …