“Podemos chegar a 1.000 novos casos por dia”. Costa pede cautela

António Pedro Santos / Lusa

No final da reunião de emergência com o gabinete de crise para o acompanhamento da evolução da covid-19 em Portugal, Costa deixou conselhos e pediu cautela.

A reunião, convocada na quinta-feira por António Costa, surgiu na sequência do “contínuo aumento” de novos casos diários de infeção com o novo coronavírus e pela necessidade de “reforçar a sensibilização dos cidadãos para a adoção de medidas de prevenção e de segurança contra a covid-19”.

O primeiro-ministro afirmou que Portugal está a acompanhar a tendência europeia de aumento de infetados com o novo coronavírus. “A manter-se esta tendência seguramente na próxima semana chegaremos a 1000 novos casos por dia”, António Costa.

Costa afirmou que Portugal tem de conseguir travar o crescimento desta pandemia e que não pode voltar a parar o país como aconteceu em março. “O custo social do confinamento foi brutal, o sofrimento pessoal de cada um foi enorme, a dor das famílias foi enorme e temos de evitar passar por isso tudo outra vez. Não podemos passar por isso tudo outra vez.”

Para o primeiro-ministro, será possível controlar a pandemia se as cinco regras fundamentais: uso de máscara “o mais possível e obrigatoriamente sempre que necessário”; manter a higiene regular das mãos; respeitar a etiqueta respiratória; manter o distanciamento físico; e utilizar a aplicação Stayaway Covid.

Assim, será possível, segundo o governante, garantir o decorrer normal do ano letivo e “sem sobressaltos”, garantir a retoma da atividade das empresas e garantir “a proteção do emprego e a proteção do rendimento das famílias”.

Não razões para ter medo, mas há razões para todos termos cautela, para todos termos as precauções devidas”, afirmou Costa. “Todos sabemos que uma pessoa prevenida vale por duas e que mais vale prevenir do que remediar.”

Costa sublinhou ainda que a “generalidade” das pessoas infetadas não tem sintomas, portanto são “agentes ativos da difusão do vírus”. “Presumo que todos pensemos que não estamos contaminados, mas não podemos ter a certeza, portanto a nossa responsabilidade é permanente e não pode haver qualquer tipo de relaxamento”, afirmou.

“É uma imensa responsabilidade que nós temos”, disse Costa. “Não é pelo facto de se ser jovem que a responsabilidade é menor.”

O primeiro-ministro terminou o discurso, dizendo que se pode confiar “na capacidade de testagem” que aumentou significativamente, na “excelência” dos profissionais de saúde e no Serviço Nacional de Saúde (SNS). Porém, considerou que o melhor “apoio” que se pode dar tanto ao SNS como aos médicos é “prevenir o risco” de infeção e de infetar terceiros.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Na Suíça, os jovens vão poder voltar a cantar. Nos EUA, teme-se o impacto da variante britânica

A Suíça vai avançar com a primeira fase de um plano de desconfinamento cauteloso. Nos Estados Unidos, a variante britânica preocupa. Depois de a Suíça ter proibido o canto em dezembro do ano passado, os jovens …

China e Singapura realizam exercícios navais conjuntos

As Marinhas de Guerra da China e Singapura informaram na quarta-feira que estão a realizar exercícios navais conjuntos, iniciativa que a diplomacia chinesa espera que contribua para uma aproximação do aliado asiático norte-americano às suas …

Austrália aprova lei e é o primeiro país a obrigar Facebook e Google a pagar conteúdos jornalísticos

O Parlamento da Austrália aprovou a lei que impõe à Google e ao Facebook o pagamento aos órgãos de comunicação australianos pela publicação dos seus conteúdos jornalísticos, a primeira legislação do mundo deste género. A lei …

Situação clínica de Alfredo Quintana é "muito grave"

Alfredo Quintana, guarda-redes de andebol, de 32 anos, sofreu uma paragem cardíaca num treino, na segunda-feira. Encontra-se internado no Hospital de São João, no Porto, e a situação clínica é "muito grave". A situação clínica …

Documentos mostram que assassinos de Khashoggi usaram aviões de empresa controlada pelo príncipe herdeiro

Documentos judiciais revelam que os dois jatos particulares usados ​​pelos supostos assassinos do jornalista Jamal Khashoggi pertenciam a uma empresa que, menos de um ano antes, tinha sido apreendida pelo príncipe herdeiro da Arábia Saudita. Os …

António Guterres agradece confiança do Governo português

O secretário-geral da ONU expressou, esta quarta-feira, agradecimento e humildade por receber o apoio oficial do Governo português para um segundo mandato e prometeu fazer de tudo para continuar a ser digno da renomeação. "O secretário-geral …

Israel identifica cidadãos que não foram vacinados. Na Galiza, quem recusar vacina arrisca multa

O Parlamento israelita autorizou esta quarta-feira o Ministério da Saúde a comunicar às entidades públicas do país as identidades de pessoas não vacinadas contra a covid-19, levantando preocupações sobre a privacidade dos cidadãos que recusam …

Testes por saliva usados em eventos-piloto antes de festivais de verão

Os agentes ligados a festivais e concertos e a Direção-Geral de Saúde (DGS) vão realizar várias experiências-piloto para se perceber em que moldes se podem concretizar os festivais de música no verão. Uma das ideias é …

Mais 49 mortes e 1.160 casos de covid-19. Há menos doentes internados do que no Natal

O boletim divulgado esta quinta-feira pela Direção-Geral da Saúde (DGS) indica que foram registados 1.160 novos casos de covid-19 em Portugal. Nas últimas 24 horas, morreram 49 pessoas. Portugal registou, esta quinta-feira, 1.160 novos casos de …

Bruxelas vai rever regras de uso de telemóvel em roaming

A Comissão Europeia vai rever as regras sobre o roaming do telemóvel, ajustando as tarifas máximas e aumentando a transparência, tendo em vista que o regulamento em vigor caduca a 30 de junho de 2022. Segundo …