Em plena pandemia, há um venezuelano que assegura os funerais no Peru

Alex Pazuello / Semcom

-Pandemia do Covid-19 : sepultamentos no Cemitério Nossa Senhora Aparecida, em Manaus, Brasil

Ronald Marín é a última esperança para os habitantes de Comas, em Lima. O venezuelano é o único que realiza funerais católicos num cemitério longe do centro da capital, em plena pandemia.

Vestido com uma túnica branca e calçado com uns sapatos já gastos pelo pó, o homem de 30 anos de idade caminha todos os dias por uma estrada de terra que está coberta de túmulos.

Quando as autoridades peruanas calculam que mais de um quarto da população do país esteja infetada com o novo coronavírus, Marín é um dos poucos representantes da igreja católica que permanece perto deste local.

“O que faço é tentar que as pessoas encontrem a esperança“, conta Ronald, que abandonou o seu país em 2018. Na Venezuela foi professor, administrou a sala de jantar de uma paróquia local e visitou doentes. Agora fez os votos de castidade, pobreza e obediência e sente que o dever, no país que o acolheu, o chama.

Segundo o “The Washington Post“, devido ao fecho das igrejas católicas no Peru, por receio de contágio, já não há a possibilidade de visitar locais de culto. Marín acredita que o seu dever é visitar os doentes, dar apoio aos cemitérios e rezar com os membros da família das vítimas.

Quando chegou a Lima, vendeu café nas ruas e dormia numa garagem de automóveis. Passado pouco tempo conheceu um padre que viria a encarrega-lo desta missão.

O seu telemóvel, quase uma antiguidade, toca todas as manhãs: são chamadas e mensagens de habitantes locais que procuram saber se estará presente no cemitério para realizar funerais a pessoas que partiram.

A simplicidade das palavras que outrora usava nas aulas que lecionava, aproximam-no agora dos moradores da cidade. No percurso não dispensa a companhia de um livro, uma cruz de prata e um aspersor de cobre que transporta água benta, instrumentos que usa durante o culto ao falecido.

Ronald Marín chega antes do meio dia e só sai do cemitério de Comas depois da meia noite. Este local, que se localiza entre duas colinas desertas, tem mais de um século de existência. Não tem luz elétrica, mas nem isso detém o jovem, que só abandona o local quando já não há mais corpos para enterrar.

No tempo em que não está a tratar dos mortos, Ronald dedica-se a ensinar catecismo a filhos de habitantes locais, para que estes possam ser batizados e fazer a comunhão.

O venezuelano deixou o seu país depois de mais de uma década a contestar o regime socialista. Em 2018, foi infetado com tuberculose e viu-se obrigado a emigrar com o objetivo de se alimentar melhor.

O destino de Ronald reflete-se também em mais de 800 mil migrantes que rumaram até ao Peru, em busca de melhores condições de vida.

O Peru tem a maior taxa de mortes por milhão de habitantes na América Latina, sendo superior à de países como o Brasil, Chile e EUA. Até ao momento, há 395 mil pessoas infetadas com coronavírus, e 18 mil pessoas morreram com a doença que este provoca.

AMM, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

57% dos portugueses diz que a pandemia dificultou acesso à saúde (e mais de 600 mil perderem consultas)

Mais de metade dos portugueses (cerca de 57%) considera que a pandemia dificultou o seu acesso aos cuidados de saúde, sendo a população mais idosa (69%) e os doentes crónicos (70%) quem mais manifesta esta …

“Negacionista e bem raivosa”. Livro de ex-ministro da Saúde revela reação de Bolsonaro à pandemia

O primeiro ministro da Saúde do mandato de Jair Bolsonaro, Luiz Henrique Mandetta, publicou um livro sobre o combate à pandemia no Brasil e revelou que o Presidente teve uma reação “negacionista” e “raivosa”. De acordo …

"É um génio". Futre acredita que João Félix lutará pela Bola de Ouro dentro de pouco tempo

O antigo internacional português e antigo jogador do Atlético de Madrid Paulo Futre acredita que João Felix lutará pela Bola de Ouro dentro de pouco tempo. "É um génio. Cada vez que a bola passa pelos …

Seis novos sauditas indiciados na Turquia pela morte de Khashoggi

Os seis sauditas, indiciados a alguns dias do segundo aniversário do homicídio, não se encontram na Turquia e devem ser julgados à revelia. O procurador de Istambul indiciou, esta segunda-feira, seis novos sauditas suspeitos de …

Expressões neutras e imagens de homens e mulheres. Governo quer militares a usar linguagem inclusiva

O Ministério da Defesa quer que os militares comecem a usar uma linguagem mais inclusiva e menos discriminatória nos documentos e comunicações oficiais, de acordo com uma diretiva enviada Estado-Maior-General das Forças Armadas e aos …

Trump acusado de incentivar afro-americanos a não votar em 2016. E queria a filha Ivanka como vice

A equipa da campanha digital de Donald Trump tentou dissuadir milhões de afro-americanos de votar nas eleições presidenciais norte-americanas de 2016, segundo uma investigação hoje divulgada por jornalistas da estação de televisão britânica Channel 4 …

Leitura, Matemática e Ciências. Alunos portugueses são únicos da OCDE com cada vez melhores resultados

Os alunos portugueses foram os únicos da OCDE que têm vindo a melhorar significativamente os seus desempenhos a Leitura, Matemática e Ciências, segundo uma análise que compara o desempenho académico de jovens de 15 anos …

Desabamento nas obras do Metro de Lisboa provoca quatro feridos

Um desabamento nas obras do Metro de Lisboa, na estação da Praça de Espanha, provocou esta terça-feira quatro feridos ligeiro, desconhecendo-se ainda a gravidade do seu estado, e a interrupção da circulação na linha Azul. Os …

Linha de Fundo por Teófilo Fernando

Linha de Fundo: Um campeão categórico, Ronaldo fora do pódio e uma equipa a pé até ao estádio

O FC Porto goleou o vizinho Boavista, o Benfica ficou a lamentar tanto desperdício e o Sporting entrou a ganhar no campeonato. Destaque ainda para o Santa Clara, Rúben Dias, João Félix, Ronaldo e Messi... e …

A mais longa quarentena do mundo vai ser prolongada mais um mês

A quarentena em Manila devido à covid-19, a mais longa do mundo atualmente, será prolongada por mais um mês até 31 de outubro, anunciaram esta terça-feira as autoridades. Mais um mês significa que número total de …