António Costa avisa TAP. Plano de rotas “não tem credibilidade”

Hugo Delgado / Lusa

O primeiro-ministro considera que a Comissão Executiva da TAP tem o dever legal de “gestão prudente” e “não tem credibilidade” um plano de rotas sem prévia informação sobre a estratégia de reabertura de fronteiras de Portugal.

Estas posições foram transmitidas por António Costa à agência Lusa, em reação ao anúncio feito pela Comissão Executiva da TAP sobre o plano de retoma de rotas a partir de junho.

O primeiro-ministro começou por frisar que “a gestão das fronteiras é responsabilidade soberana do Estado português” e que a presente pandemia “exigiu e exige por tempo ainda indeterminado a imposição de restrições na circulação nas fronteiras terrestre, marítima e aérea”.

Não tem credibilidade qualquer plano de rotas definido pela TAP, sem a prévia informação sobre a estratégia de reabertura de fronteiras definida pela República Portuguesa”, acentuou.

Costa disse mesmo ver-se “obrigado a recordar à Comissão Executiva da TAP os deveres legais de gestão prudente e responsável da companhia”.

Esse conjunto de deveres legais de gestão prudente e responsável na gestão da transportadora área nacionais, de acordo com o primeiro-ministro, “não é compatível com a definição, divulgação e promoção de planos de rotas cuja viabilidade depende da vontade soberana da República Portuguesa na gestão das suas fronteiras”.

No início da semana, a TAP publicou o seu plano de voos para os próximos dois meses, que prevê 27 ligações semanais em junho e 247 em julho, sendo a maioria de Lisboa.

De acordo com o jornal online ECO, os administradores indicados pelo Estado no conselho de administração da TAP manifestaram a sua discordância em relação a este plano nas reuniões que antecederam a sua divulgação, mas este acabou mesmo por ser adotado.

Os administradores terão proposto mais voos a partir do Aeroporto Francisco Sá Carneiro, como por exemplo Porto-Milão, tendo considerado que é particularmente relevante para a indústria de calçado e têxtil na região Norte. Mas as propostas foram rejeitadas, e o plano terá sido até divulgado sem aviso prévio no conselho, avança o jornal digital.

Segundo o ECO, a gestão executiva da companhia aérea justifica-se com o facto de não ter condições para operar rotas com prejuízo, sobretudo agora em que está a negociar com o Governo um plano de recapitalização.

“Se a TAP abdicar do Norte, Norte abdicará da TAP”

Este plano de voos está a originar críticas de vários quadrantes, nomeadamente do presidente da Área Metropolitana do Porto.

“A situação criada pela TAP é incompreensível e só vem agudizar o sentimento de hostilidade ao modelo de gestão que está a ser seguido”, afirmou Eduardo Vítor Rodrigues, numa declaração enviada à Lusa.

O presidente da AMP salienta que o Aeroporto Francisco Sá Carneiro não é um aeroporto apenas de voos low cost e defende que as populações do Norte “não mereciam este tratamento”.

“O assunto será de novo tratado no âmbito político com o primeiro-ministro, mas importa começar a ponderar uma estratégia alternativa para a região, com TAP ou sem TAP. Se a TAP acha que pode abdicar do Norte, seguramente o Norte abdicará da TAP”, conclui Eduardo Vítor Rodrigues, que também é presidente da Câmara Municipal de Gaia.

O presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira, também já acusou a TAP de “impor um confinamento ao Porto e Norte” e de “abandonar o país” neste momento de pandemia, em que Portugal “mais precisa” da transportadora aérea.

O líder do PSD, Rui Rio, também acusou a TAP de ser uma “empresa regional” que “está confinada ao que era a antiga província da Estremadura”.

O grupo parlamentar do PS entregou, esta terça-feira, no Parlamento, um pedido de audição urgente do presidente da TAP, Miguel Frasquilho, para esclarecer a “desproporção grande” entre as rotas com origem em Lisboa e as que partem do Porto.

O Presidente da República, por sua vez, disse que “acompanha a preocupação manifestada por vários partidos políticos e autarcas relativamente ao plano de retoma de rotas da TAP, em particular no que respeita ao Porto”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. A TAP não está confinada à antiga Estremadura mas sim à actual província da Estrumadura tal a quantidade de estrume (para não dizer a palavra adequada) que se nota cada vez mais existir dentro das cabeças de quem por lá dá ordens e traça planos…

  2. Quiseram nacionalizar esta empresa…agora aguentem!
    Ponham a Easyjet, Transavia, Ryanair e outras companhias generalistas a substituir a TAP nas rotas que são sustentáveis. Eu também gostava de ir a Évora de avião, mas não posso…
    Isto de ter vôos para Abijan, Acra, Agadir, Banjul, Conacri, Dakar, mas quem é que vai para estes destinos???
    Será o contribuinte português que tanto dinheiro desconta para manter este buraco sem fundo???!!!

RESPONDER

"O PS não se pode calar." Líder parlamentar promete combate à extrema-direita

Para a líder parlamentar do PS, Ana Catarina Mendes, os tempos atuais "não estão para brincadeiras ou para aventureirismos". A líder parlamentar do PS prometeu, esta terça-feira, o combate político aos "populismos" oriundos de correntes de …

"Nem fria, nem quente." China não quer nenhuma guerra

O Presidente chinês, Xi Jinping, assegurou que o país não quer nenhuma guerra e acredita que "a Humanidade vencerá a batalha" da covid-19. Xi Jinping assegurou, esta terça-feira, que a China não quer nenhuma guerra “nem …

Pegadas com 120 mil anos mostram como é que os humanos saíram de África

Uma equipa de investigadores encontrou centenas de pegadas na Arábia Saudita que podem retratar como é que os antigos humanos saíram de África para a Eurásia. Há cerca de 120 mil anos, naquilo que hoje é …

Nélson Semedo oficializado no Wolves de Nuno Espírito Santo

O Wolverhampton oficializou esta quarta-feira nas redes sociais a contratação do português Nélson Semedo, que terminou o vínculo com o Barcelona. Depois de três épocas ao serviço da equipa catalã, o jogador de 26 anos …

Líder da JSD propõe aliança entre PSD, CDS e IL nas autárquicas de 2021

O líder da JSD, Alexandre Poço, apelou aos presidentes do PSD, CDS-PP e Iniciativa Liberal para um acordo de centro-direita nas eleições autárquicas de 2021, sublinhando que o debate político está cada vez mais …

Jota não entra nas contas de Jesus. Florentino cada vez mais perto do Mónaco

Diogo Jota e Florentino Luís devem deixar a Luz nesta temporada por empréstimo, segundo escreve a imprensa desportiva esta quarta-feira. Jota deverá em breve deixar o Benfica e rumar a Inglaterra por empréstimo, avança o …

Se o próximo Orçamento for "mais do mesmo", PCP vota contra

Se o próximo Orçamento do Estado for mais do mesmo, Jerónimo de Sousa garante que o PCP vai votar contra. Esta manhã, em entrevista à Antena 1, Jerónimo de Sousa admitiu que o PCP poderá votar …

Cientistas desenvolvem adesivo para verificar (sem dor) níveis de glicose

Cientistas desenvolveram um sensor que dizem poder penetrar a pele, sem dor associada, para conduzir testes de diagnóstico para condições de saúde como pré-diabetes. De acordo com o site Science Alert, a equipa de cientistas investigou …

Governo está "preparado" para estender moratórias (e não só)

Esta terça-feira, em entrevista à TVI, o ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital disse que o Governo está "preparado para estender as moratórias bancárias" e lançar novas linhas de crédito. Pedro Siza Vieira, …

Açores vão dar incentivo financeiro a quem fizer teste da covid-19 antes de visitar região

O presidente do Governo dos Açores anunciou esta terça-feira que será criado um “incentivo financeiro” para compra de bens ou serviços na região a quem pretender deslocar-se ao arquipélago e fizer o teste de covid-19 …