PJ investiga “invasão” racista em sessão Zoom no Liceu Camões

Várias pessoas “invadiram” uma sessão na plataforma Zoom organizada pela Associação de Estudantes da Escola Secundária de Camões, em Lisboa, com insultos racistas e a fazerem a saudação nazi. A Polícia Judiciária (PJ) vai investigar o caso.

O debate via Zoom foi organizado em torno do tema “A Influência da Escravatura no Sistema e o Racismo Institucional” e destinava-se, sobretudo, a alunos menores do Liceu Camões.

Organizada pela Associação de Estudantes da Escola Secundária, a sessão decorreu no passado dia 18 de Fevereiro e foi “invadida” por várias pessoas que fizeram “ataques racistas e neonazis”, exibindo “imagens de suásticas e de pessoas negras violentadas”, com “vozes em inglês a proferir insultos racistas e a imitar o som de macacos”, como reporta o Público que teve acesso a imagens do episódio.

A direcção do Liceu Camões já fez queixa ao Ministério Público contra o que define como um acto “cobarde e racista” e a Polícia Judiciária vai investigar, conforme apurou o mesmo jornal.

A sessão no Zoom foi divulgada pela Associação de Estudantes nas redes sociais e um dos “invasores” terá referido que tinha conseguido o link na plataforma Telegram.

Ainda não foi possível identificar se estes agressores serão alunos da escola ou não, mas o Público realça que “falavam em Inglês mas percebe-se que entendiam Português“. Alguns deles tinham as câmaras desligadas e outros apareciam com o rosto disfarçado por grafismos, de acordo com o diário.

O único adulto que se encontrava na sessão, o professor Nuno Coelho, da Universidade de Coimbra, também fez queixa da situação na Comissão pela Igualdade e Contra a Discriminação Racial (CICDR) e diz ao Público que conseguiu “ver duas ou três pessoas por detrás das máscaras a fazer a saudação nazi e a proferir insultos”.

“Aquilo chocou-me bastante”, nota ainda Nuno Coelho.

Este é apenas um do número crescente de exemplos de “Zoombombing”, fenómeno que se refere a ataques feitos em sessões do Zoom por participantes não convidados para, nomeadamente, passarem mensagens de ódio.

Em 2020, várias escolas da área de Lisboa surgiram com inscrições racistas nas paredes, mas o Liceu Camões não está entre as que foram visadas por esses ataques.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Aqui está o resultado de tanto provocarem e desafiarem com o tema do racismo, logo que se aponte pessoa, grupo ou etnia mal comportados, cai o Carmo e a Trindade porque é racismo, desta forma não vamos lá e só incentivam a confrontações que poderão mesmo resultar em actos racistas.

RESPONDER

Liquidez é "abundante" mas "é preciso fazê-la chegar" à economia, diz Centeno

O governador do Banco de Portugal, Mário Centeno, indicou que a crise de 2008 e de 2020 não são comparáveis devido à abundância de dinheiro disponível e que há liquidez para travar o impacto económico, mas …

Chega quer telefone e Internet pagos aos trabalhadores do Estado em teletrabalho

O Chega entregou no Parlamento, este domingo, um projeto de resolução no qual recomenda ao Governo que dê "o exemplo" e pague as despesas de telefone e Internet aos trabalhadores do Estado que estão em …

Governo quer que progressões na Função Pública passem a ser anuais

A ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública, Alexandra Leitão, admitiu propor aos sindicatos um alongamento da tabela remuneratória da função pública e criar progressões anuais. Em entrevista ao Diário de Notícias e Dinheiro …

Há 100 dias, a direita tombou os 24 anos de poder socialista açoriano. OE2021 é a prova de fogo

Há 100 dias, deu-se uma das maiores reviravoltas da política açoriana: José Manuel Bolieiro foi empossado presidente, o PS superou o PSD no sufrágio mas a maioria de direita no Parlamento uniu forças para pôr …

Portugal vai comprar cerca de 38 milhões de vacinas, "muito mais" do que as necessárias

Em entrevista à agência Lusa, Marta Temido anunciou que Portugal vai comprar cerca de 38 milhões de vacinas contra a covid-19. Portugal vai comprar cerca de 38 milhões de vacinas contra a covid-19, “muito mais” do …

As mulheres na corrida a Marte (uma é portuguesa e sonha caminhar no Planeta Vermelho)

A chegada do veículo Perseverance da NASA a Marte teve dedo de várias mulheres, umas das quais a portuguesa Florbela Costa, Engenheira Aeronáutica do grupo suíço Maxon que falou com o ZAP sobre a sua …

"Truque" nas nomeações para altos cargos no Estado favorece PS

Em 165 concursos públicos para altos cargos, 129 deles são ocupados por dirigentes que tinham sido nomeados antes em regime de substituição. O Governo está a fazer nomeações para os cargos de topo no Estado …

Moratórias terminam no final do mês, mas banca afasta catástrofe

As moratórias privadas para crédito à habitação terminam já no próximo dia 31 de março e não está previsto o seu prolongamento. O ECO realça que as moratórias que vão terminar no final do mês representam …

Governo compra 139 mil computadores fornecidos pela empresa do Magalhães

Depois de ter lançado o Magalhães, que foi distribuído aos alunos do 1.º ciclo pelo Governo de José Sócrates, a JP Sá Couto vai voltar a fornecer computadores ao Estado. De acordo com o Correio da …

Julien Stéphan diz adeus ao Rennes após fazer história no clube

O treinador Julien Stéphan deixou hoje o comando técnico do Rennes, anunciou hoje o nono classificado da Liga francesa de futebol, após uma série de quatro derrotas seguidas e ter conseguido apenas um triunfo em …