PJ investiga “invasão” racista em sessão Zoom no Liceu Camões

Várias pessoas “invadiram” uma sessão na plataforma Zoom organizada pela Associação de Estudantes da Escola Secundária de Camões, em Lisboa, com insultos racistas e a fazerem a saudação nazi. A Polícia Judiciária (PJ) vai investigar o caso.

O debate via Zoom foi organizado em torno do tema “A Influência da Escravatura no Sistema e o Racismo Institucional” e destinava-se, sobretudo, a alunos menores do Liceu Camões.

Organizada pela Associação de Estudantes da Escola Secundária, a sessão decorreu no passado dia 18 de Fevereiro e foi “invadida” por várias pessoas que fizeram “ataques racistas e neonazis”, exibindo “imagens de suásticas e de pessoas negras violentadas”, com “vozes em inglês a proferir insultos racistas e a imitar o som de macacos”, como reporta o Público que teve acesso a imagens do episódio.

A direcção do Liceu Camões já fez queixa ao Ministério Público contra o que define como um acto “cobarde e racista” e a Polícia Judiciária vai investigar, conforme apurou o mesmo jornal.

A sessão no Zoom foi divulgada pela Associação de Estudantes nas redes sociais e um dos “invasores” terá referido que tinha conseguido o link na plataforma Telegram.

Ainda não foi possível identificar se estes agressores serão alunos da escola ou não, mas o Público realça que “falavam em Inglês mas percebe-se que entendiam Português“. Alguns deles tinham as câmaras desligadas e outros apareciam com o rosto disfarçado por grafismos, de acordo com o diário.

O único adulto que se encontrava na sessão, o professor Nuno Coelho, da Universidade de Coimbra, também fez queixa da situação na Comissão pela Igualdade e Contra a Discriminação Racial (CICDR) e diz ao Público que conseguiu “ver duas ou três pessoas por detrás das máscaras a fazer a saudação nazi e a proferir insultos”.

“Aquilo chocou-me bastante”, nota ainda Nuno Coelho.

Este é apenas um do número crescente de exemplos de “Zoombombing”, fenómeno que se refere a ataques feitos em sessões do Zoom por participantes não convidados para, nomeadamente, passarem mensagens de ódio.

Em 2020, várias escolas da área de Lisboa surgiram com inscrições racistas nas paredes, mas o Liceu Camões não está entre as que foram visadas por esses ataques.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Aqui está o resultado de tanto provocarem e desafiarem com o tema do racismo, logo que se aponte pessoa, grupo ou etnia mal comportados, cai o Carmo e a Trindade porque é racismo, desta forma não vamos lá e só incentivam a confrontações que poderão mesmo resultar em actos racistas.

RESPONDER

UE estima normalidade nas vacinas daqui a duas semanas. Orbán recebeu vacina chinesa

A União Europeia (UE) estima que dentro de duas a três semanas "tudo vai funcionar normalmente" na produção e distribuição de vacinas nos Estados-membros. Entretanto, o primeiro-ministro húngaro já foi vacinado (mas com uma vacina …

"Os dados de milhões de pessoas estão em risco", alertam denunciantes da Amazon

Denunciantes da Amazon alertam que os dados de milhões de pessoas estão em risco devido à falta de preocupação da empresa com a cibersegurança. A par da Google, Apple, Microsoft e Facebook, a Amazon é uma …

Mais 41 mortes e 718 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas

Portugal registou, este domingo, mais 41 mortes e 718 novos novos casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 718 …

Navalny chega a colónia penal a leste de Moscovo

O principal opositor do Kremlin chegou, este domingo, a uma zona a cerca de 200 quilómetros a leste de Moscovo para ser transferido para uma colónia penal onde vai cumprir a sua pena, informou um …

Já chegou o voo de repatriamento com 300 passageiros vindos do Brasil

O voo de repatriamento vindo do Brasil chegou, este domingo de manhã, ao Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, com cerca de 300 passageiros. De acordo com a RTP, o voo de repatriamento vindo de São Paulo, …

Costa imune ao descontrolo da pandemia. Popularidade de Marcelo dispara

A sondagem TSF/JN/DN regista uma avaliação positiva do primeiro-ministro e do Presidente da República, com este a atingir um novo pico de popularidade. Os líderes do PSD e do Chega surgem empatados como principais figuras da …

Mais seis mortos nos protestos em Myanmar. Embaixador na ONU afastado

Seis manifestantes foram mortos em Myanmar, este domingo, por forças de segurança que dispersavam com violência as manifestações pró-democracia. Três manifestantes foram mortos em Dawei (no sul do país), enquanto dois adolescentes, de 18 anos, morreram …

Siza Vieira anuncia que Programa Apoiar vai ser reforçado e alargado

O programa Apoiar, destinado a empresas afetadas pela pandemia da covid-19, vai ser reforçado e alargado a novas situações, anunciou o ministro da Economia, indicando que as medidas vão ser anunciadas na próxima semana. "Queremos reforçar …

Embaixadora deixa Venezuela na terça-feira. UE chama embaixador em Cuba

A embaixadora da União Europeia na Venezuela vai sair do país na terça-feira, informou à agência Lusa fonte diplomática europeia, sem adiantar mais detalhes. Na última quarta-feira, a Venezuela decidiu expulsar Isabel Brilhante Pedrosa, em retaliação …

EUA aprovam vacina unidose da Johnson & Johnson. Nova Zelândia volta ao confinamento

O regulador do medicamento norte-americano aprovou, este sábado, a vacina contra a covid-19 da Johnson & Johnson, a terceira autorizada nos Estados Unidos. A vacina em causa da Johnson & Johnson é de dose única e junta-se …