PJ faz buscas a 18 autarquias suspeitas de corrupção. Álvaro Amaro e Transdev são alvos

A Polícia Judiciária realizou esta quarta-feira uma operação policial de buscas domiciliárias e não domiciliárias, em autarquias, entidades públicas e empresas, associadas a um esquema fraudulento “da viciação de procedimentos de contratação pública, com vista a favorecer pessoas singulares e coletivas”.

A operação da PJ, designada “Rota Final”, é feita através da Diretoria do Norte com o apoio de vários Departamentos de Investigação Criminal e da Diretoria do Centro. Em causa está a suspeita de práticas de corrupção, tráfico de influências, participação económica em negócio, prevaricação e abuso de poder.

“Mediante atuação concertada de quadros dirigentes de empresa de transporte público, de grande implementação em território nacional com intervenção de ex-autarcas a título de consultores, beneficiando dos conhecimentos destes, terão sido influenciadas decisões a nível autárquico com favorecimento na celebração de contratos públicos de prestação de serviços de transporte, excluindo-se das regras de concorrência, atribuição de compensação financeira indevida e prejuízo para o erário público. Também no recrutamento de funcionários se terão verificado situações de favorecimento”, lê-se em comunicado, citado pelo Observador.

De acordo com a SIC, realizaram-se 50 buscas, domiciliárias e não domiciliárias, as quais envolveram 200 elementos da PJ (inspetores, peritos informáticos, financeiros e contabilísticos). Um total de 18 Câmaras Municipais foram alvo de buscas: Águeda, Almeida, Armamar, Belmonte, Barcelos, Braga, Cinfães, Fundão, Guarda, Lamego, Moimenta da Beira, Oleiros, Oliveira de Azeméis, Oliveira do Bairro, Sertã, Soure, Pinhel e Tarouca.

Ainda não há detidos, mas alguns dos autarcas vão ser constituídos arguidos. Por agora, a PJ não tem mandados de detenção e está apenas a recolher provas. Uma das câmaras visadas é a da Guarda, por negócios realizados ainda quando o social-democrata Álvaro Amaro era o Presidente, de acordo com o Diário de Notícias.

Amaro interrompeu o mandato em abril passado por fazer parte da lista social-democrata ao parlamento europeu, para o qual foi eleito. E atualmente um dos homens do Conselho Estratégico do PSD, escolhido por Rui Rio para coordenar a área para a Reforma do Estado, Autonomias e Descentralização.

O DN avança ainda que uma das principais empresas visadas pela investigação é um dos maiores grupos nacionais de transportes de passageiros, que tem praticamente o monopólio na zona norte. Já o Observador avança que no centro do processo está a Transdev, que terá contratado vários ex-autarcas para beneficiar do seu conhecimento junto das autarquias e, assim, conseguir contratos. A empresa francesa presta serviço em Portugal desde 1997. Poderão estar em causa vários crimes económicos.

A investigação prossegue para determinação de todas as condutas criminosas.

ZAP //

PARTILHAR

18 COMENTÁRIOS

  1. Este Álvaro Amaro, desde que foi Secretario de estado da Agricultura ou Florestas, é bem conhecido por alguns privados. Tem tido muita sorte, por só agora se poder constactar algo, de eventual criminoso, na sua conduta, com o que é publico. É é, exactamente este, que é escolhido por Rui Rio para desempenhar uma serie de funções como reforma do estado…etc. é muito triste, continuar-mos a verificar, que são escolhidas pessoas para cargos, para os quais, não tem qualquer moral. Mas, ainda é assim infelizmente.

  2. Eu admira-me que só se investiguem as Camaras em que se supeita haver corrupção e ilegalidades. Porque não investigar aquelas que se sabe à saciedade que a corrupção é o principal modo de gestão. Será preciso enumerar?

  3. Isto é uma gotinha num enorme oceano de podridão que grassa nas nossas Autarquias. Vejam todos os concursos ditos públicos, vejam os concursos para admissão de funcionários. As autarquias são locais pouco recomendáveis a gente séria.

  4. O visado é uma de muitas aberracoes criadas pelo sr. silva de boliquieme.
    Se lhe apertarem bem as tarrachas, terá decadas de segredos para bufar!

  5. e isso, deixam os ladroezinhos pequeninos em paz, esses roubam porque precisam para comer, não é pecado, prendam esses tubarões que não falta nada, mas a ganançia deles roubam-nos milhões, viva a justiça.

  6. ……….enquanto não se fizer justiça…..continuo a não por os pés em assembleias de voto……pois como disse, e muito bem, o Otelo Saraiva de Carvalho, o 25 de Abril não foi feito para isto……..

    • Pois, não.
      Foi feito como resposta corporativa dos oficiais dos quadros (academia militar) à equiparação dada aos oficiais milicianos sem o curso da referida academia, que implicava posto de capitão, salário de capitão, comando operacional de tropas no terreno (antes reservado aos dos quadros).
      O famoso DL 353/73.

  7. Oh pá mais um da extrema esquerdalha corrupta que foi apanhado.

    Esta esquerdalha do PS(+D) / PS(-D) é sempre a mesma coisa, sempre os mesmos nas investigações de corrupção.

    O que nos vale é que o povinho só os escolhe de 4 em 4 anos olha lá se fosse de ano a ano. E sempre a pensar que desta vez será sempre melhor.

    Nos vermelhuscos não que esses comem crianças ao pequeno almoço e matam os velhos como esta velha aqui:
    https://www.publico.pt/2012/01/11/politica/noticia/ferreira-leite-defende-que-doentes-com-mais-de-70-anos-paguem-hemodialise-1528544

SBSR confirma Foals, Local Natives e Boy Pablo para a edição de 2021

Os Foals, os Local Natives e o músico Boy Pablo são os primeiros nomes reagendados para a 26.ª edição do Festival Super Bock Super Rock, remarcada para julho de 2021, foi hoje anunciado. O SBSR deveria …

Artistas com espetáculos cancelados recebem pelo menos 50%

O primeiro-ministro referendou, esta quarta-feira, a lei que regula a possibilidade de festivais e espetáculos no verão e que assegura apoio financeiro a artistas alvo de cancelamento ou reagendamento dos espetáculos por causa da pandemia. Este …

EUA anunciam fim da isenção de sanções no programa nuclear civil iraniano

Os Estados Unidos (EUA) anunciaram na quarta-feira o fim das derrogações que autorizaram até agora projetos relacionados com o programa nuclear civil iraniano, acordo internacional de 2015 do qual Washington se retirou. "Hoje, anuncio o fim …

Violência doméstica, droga, bairros problemáticos. Agentes da PSP obrigados a usar coletes anti-bala

A Direção Nacional da Polícia de Segurança Pública (PSP) decidiu tornar obrigatório o uso de coletes balísticos em oito tipos de situações. De acordo com o Jornal de Notícias, os agentes da PSP vão passar a …

Benfica e FC Porto estão entre os clubes europeus com maior valor comercial

O Benfica e o FC Porto estão em 24.º e 30.º, respetivamente, na lista dos 32 clubes de futebol europeus com maior valor comercial, que é liderada pelos espanhóis do Real Madrid. O Benfica (24.º) e …

Estados Unidos podem vir a acusar Cilia Flores, mulher de Maduro, por narcotráfico

Os Estados Unidos podem vir a acusar formalmente a mulher do presidente venezuelano, Nicolás Maduro, por crimes de tráfico de droga e corrupção. A notícia foi avançada esta quarta-feira pela Reuters, que cita quatro fontes diferentes. …

PSD quer lay-off até final do ano e Estado menos "dorminhoco"

O PSD apresentou hoje um conjunto de 26 "ideias e sugestões" na área social, incluindo o prolongamento do 'lay-off' simplificado até ao final do ano, a reafetação de recursos na administração pública e um Estado …

Trump prepara ordem executiva contra redes sociais. Quer reduzir proteções legais das empresas

O Presidente norte-americano, Donald Trump, vai assinar esta quinta-feira uma ordem executiva sobre as redes sociais, anunciou a Casa Branca, dois dias depois de o Twitter ter assinalado mensagens de Donald Trump com alertas de …

Mais 13 mortes e 304 novos casos. Reabertura da economia em Lisboa questionada

Embora a região Norte continue a ser a mais afetada pela pandemia, a situação na região da Grande Lisboa tem piorado. O Governo está a estudar o adiamento de algumas medidas de reabertura da economia …

Queixas de consumidores sobre vendas online sobem 250%

A Associação de defesa de consumidores Deco recebeu 3.500 reclamações relativas a compras online entre janeiro e maio, um aumento de 250% face ao número registado em igual período do ano anterior. Paulo Fonseca, da Deco, …