Manuel Pinho pediu reforma antecipada com 13 anos de descontos

José Sena Goulão / Lusa

O antigo Ministro da Economia Manuel Pinho

O antigo ministro da Economia Manuel Pinho tentou obter a pensão de reforma antecipada, mas esta foi-lhe negada pela Segurança Social porque o antigo governante só tinha, à data, 13 anos de descontos registados.

A notícia é avançada esta sexta-feira pelo Correio da Manhã que nota que o caso remonta a 2017. Tal como observa o matutino, e tendo em conta os termos legais, faltavam a Manuel Pinho 27 anos de descontos para ter direito à reforma antecipada.

Apesar de o caso ter já dois anos, o caso só agora foi conhecido. De acordo com o diário, a  a informação faz parte de uma carta da Segurança Social depositada na ação cível do Fundo de Pensões do Novo Banco contra vários ex-administradores do BES, entre os quais se encontra Manuel Pinho.

“Em referência ao requerimento apresentado para efeito de montante provável de pensão por velhice antecipada a 20 de abril de 2017, informamos que concluída a instrução do respetiva processo se verifica que o beneficiário não reúne as condições legais para a concessão da pensão”, pode ler-se na carta a que o CM teve acesso.

“Apresentando o beneficiário aos 62 anos de idade o período contributivo de novembro de 1988 a janeiro de 1990 e de março de 2005 a dezembro de 2014, apenas 13 anos civis com registo de remunerações, não reúne as condições do referido diploma”, remata.

O Correio da Manhã tentou, sem sucesso, contactar Pinho, bem como o seu advogado.

A pensão de reforma antecipada, recorde-se, pode ser obtida por contribuintes que tenham pelo menos 60 ou mais anos de idade e 40 anos de descontos.

ZAP //

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Este tentou não sei como não colou, talvez porque na SS não estaria ninguém da linhagem dele. Não lhe chega os ROUBOS que fez e talvez continue a fazer, ainda tentou reforma c/ 13 anos de descontos?? O comum dos mortais p/ ter reforma tem ter 40 anos de descontos e 60 anos de idade – pelo menos – mas esta regra é p/ o comum dos trabalhadores, ora os politicos acham-se seres superiores, quando na realidade vêm da M—- e, vivem a fazer M—- e quando morrem em M—- e transformam…

  2. Não aprecio este Sr. As situações pouco claras em que o seu nome surge envolvido, tresandam. No entanto, importa referir que tem descontos em vários subsistemas, como o são o fundo de pensões do BES, e a CGA. Neste caso, o que parece imoral é, tendo mais de 25 mil euros de pensão do BES ainda querer acumular.
    Em todo o caso, aqui o também muito grave é o jornalismo de sarjeta que se faz por cá. Goste-se ou não do personagem (e eu não gosto!).

  3. O homem não pensou bem na altura, como é que o pobrezinho iria viver com uma pensão mínima apenas com treze anos de desconto? Há que ter dó desta gente!

RESPONDER

Portugal tem 131 reclusos por cada 100 mil habitantes

Um relatório do Conselho da Europa, com dados de 2018, revela que Portugal tinha uma taxa de 131 reclusos e 300 pessoas em liberdade condicional por cada 100 mil habitantes. O nosso país está acima …

Marcelo elogia Portugal enquanto critica "cegueira" a nível mundial face às alterações climáticas

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, criticou na segunda-feira a "cegueira" de decisores políticos a nível mundial face às alterações climáticas, mas elogiou Portugal, em contraponto, considerando que se verifica um "consenso" nesta …

Diabo na Cruz anunciam o fim da banda

Os Diabo na Cruz decidiram terminar com o projeto e fazer todos os concertos da atual digressão sem o vocalista, Jorge Cruz, numa decisão de comum acordo, disse esta terça-feira à agência Lusa o agente …

Mais de metade das freguesias obrigadas a nomear gestor de proteção de dados

O Parlamento está a preparar a aprovação de uma lei que prevê a nomeação de um gestor de proteção de dados em todas as freguesias portuguesas com mais de 750 habitantes — cerca de 64%. Segundo …

O império de Jamie Oliver colapsou. Há mais de mil empregos em risco

A cadeia de restaurantes do chef britânico Jamie Oliver entrou em insolvência, deixando mais de 1000 postos de trabalho em risco. O empresário já confirmou a situação, mostrando-se "profundamente triste" com o desfecho do negócio. A …

Banco de Portugal tem até quinta-feira para enviar ao Parlamento lista dos grandes devedores

O Banco de Portugal (BdP) tem até quinta-feira para enviar ao Parlamento um relatório extraordinário sobre os grandes devedores dos bancos que beneficiaram de ajudas públicas, confirmou a Lusa. A lei publicada em fevereiro deu ao …

Daesh está a transformar-se numa "rede clandestina". É "a maior ameaça terrorista internacional"

O grupo jihadista Daesh está a reorganizar as suas células no Iraque e continua a ser uma ameaça global, em particular depois de se converter numa rede clandestina, advertiram na segunda-feira as Nações Unidas. De acordo …

Vem aí o BEM (e pode ser um "cavalo de Tróia" no Montepio)

O Banco Montepio anunciou a criação do Banco de Empresas Montepio (BEM), uma nova unidade que se vai dedicar a financiar empresas com mais de 20 milhões de euros de volume de negócios. O Público …

Em 2019, o crescimento mundial será "medíocre". OCDE prevê menos crescimento em Portugal

A economia mundial vai crescer 3,2% em 2019, uma décima menos do que a organização previa há dois meses atrás. A situação pode piorar se houver uma escalada na guerra comercial. Em relação ao crescimento …

FC Porto em risco de perder mais de metade dos titulares

O FC Porto está em risco de perder mais de metade dos seus habituais titulares. No total, os 'dragões' podem perder mais de 13 jogadores da sua equipa principal. Depois de perder o título de campeão …