Pingo Doce multado em 500 mil euros por vender a preços baixos

Pingo Doce

A cadeia de supermercados Pingo Doce, da Jerónimo Martins, foi multada pela Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) em 500 mil euros devido à venda com prejuízo de alguns produtos, disse fonte do Ministério da Economia à Lusa.

O ministro da Economia, António Pires de Lima, disse esta segunda-feira no parlamento que a atuação da ASAE mudou, passando a fazer “menos gala em ser forte com os fracos” e mais “forte com os fortes” e deu o exemplo de uma multa de meio milhão de euros aplicada a uma grande empresa de distribuição.

Questionada pela Lusa, fonte oficial do ministério adiantou tratar-se do Pingo Doce e que a multa tem a ver com a “venda com prejuízo de alguns produtos”.

A empresa terá sido notificada no mês passado.

Pingo Doce impugna multa de 500 mil euros

O Pingo Doce ficou surpreendido com a multa de 500 mil euros aplicada pela ASAE por alegada venda com prejuízo e impugnou a decisão, disse hoje à Lusa fonte oficial da cadeia de supermercados da Jerónimo Martins.

“Confirmamos que a ASAE multou o Pingo Doce com uma coima de 500 mil euros por alegada venda com prejuízo. A decisão surpreende-nos porque estamos convictos de que observámos e cumprimos a lei e agimos, de resto, com a concordância expressa dos nossos fornecedores, com os quais celebrámos acordos para esse efeito”, afirmou fonte oficial da Jerónimo Martins.

Impugnámos, por isso, esta decisão“, acrescentou.

“As transações em causa destinaram-se à campanha do 1º de Maio de 2014, a que os nossos parceiros se associaram, tendo em vista o objetivo de gerar um dia de vendas forte e com oportunidades relevantes para os nossos clientes”, concluiu a mesma fonte.

A lei sobre as práticas individuais restritivas do comércio (PIRC), que proíbe vendas com prejuízo, está em vigor há mais de um ano, desde fevereiro de 2014.

Em março último, quando questionado sobre as PIRC, o presidente do Conselho de Administração da Jerónimo Martins, Pedro Soares dos Santos, afirmou que a lei não beneficiou ninguém e “desprotegeu os [fornecedores] mais pequenos”.

/Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Bom, depois de ler o que acabo de ler, a minha dedução e intuição é correcta quanto à participação do estado nos preços de venda ao publico.
    Deixo esta mensagem para os ignorantes dos nossos governantes, mais vale barato e vender muito do que caro e não vender nada, abençoado seja o Jerónimo e o pingo doce.

    • Que “artista”!…
      Chama ignorantes aos governantes e depois escreve uma imbecilidade destas…
      Enfim… continua, que vais longe…

  2. Pois, sr. Eu, mas o senhor não está a passar fome com esta crise. O sr certamente não tem dois filhos pequenos e não tem dinheiro para comprar leite!?? Santo o Sr. Jeronimo, que embora tenha baixado os preços em seu próprio benefício, beneficiou inúmeras famílias debilitadas pela actual crise….

Em Chernobyl, estão a desaparecer "as memórias que as pessoas deixaram para trás"

Chernobyl é, atualmente, a maior atração internacional da Ucrânia e o novo presidente, Volodymyr Zelenski, já apresentou um projeto para trazer ainda mais turistas. No entanto, estão a desaparecer "as memórias que as pessoas deixaram …

Huawei afirma que a tecnologia 6G vai estar disponível daqui a 10 anos

O CEO da Huawei, Ren Zhengfei, assinalou, durante uma entrevista à CNBC, que a sua empresa está a trabalhar em redes móveis 6G, que estarão completamente desenvolvidas daqui a 10 anos.   "Trabalhámos em 5G e 6G …

Nazismo e comunismo classificados em pé de igualdade pelo Parlamento Europeu

No passado dia 19 de setembro, a União Europeia colocou comunismo e nazismo em pé de igualdade, depois de aprovar no Parlamento Europeu uma resolução condenando ambos os regimes por terem cometido "genocídios e deportações …

Conselho da Europa teme que polícia de Malta tenha “recusado provas” no caso da jornalista assassinada

Daphne Galizia era jornalista, acompanhava casos de corrupção no país e foi assassinada há dois anos. Pieter Omtzigt, relator do Conselho da Europa responsável pelo caso, diz que a abordagem da polícia e dos …

Itália quer mudar sede da final da Liga dos Campeões

A Itália quer que a final da Liga dos Campeões deste ano, marcada para o Estádio Olímpico Atatürk Olympic, mude de sede. Os últimos dias não têm sido fáceis para a UEFA. Depois dos incidentes racistas …

CNN coloca broa portuguesa entre os 50 melhores pães do mundo

A propósito das celebrações do Dia Mundial do Pão, que se celebra esta quarta-feira, a CNN fez uma lista com os 50 melhores pães do mundo e um deles é a broa portuguesa. A broa conhecida …

CP lança nova campanha: Lisboa-Porto por cinco euros e mais descontos até 80%

Há 10.300 bilhetes a custos muito reduzidos, anunciou a CP – Comboios de Portugal esta terça-feira. A nova campanha garante viagens nos comboios de longo curso Alfa Pendular e Intercidades “com 80% de desconto”, abrangendo …

"Níveis recorde". Glaciares suíços perderam 10% do seu volume nos últimos cinco anos

Os glaciares suíços perderam 10% do volume nos últimos cinco anos, a maior redução em cem anos, alertou esta terça-feira a Academia Suíça das Ciências. A Academia baseia-se nas medições feitas pelos peritos do painel intergovernamental …

Caso BPN. Relação condena dois dos absolvidos e agrava penas a outros dois

O Tribunal da Relação de Lisboa condenou esta quarta-feira dois dos três arguidos absolvidos no processo principal da falência do BPN, Ricardo Oliveira e Filipe Nascimento, e agravou as penas a dois dos 12 arguidos …

Operação Éter. Hermínio Loureiro entre as dezenas de autarcas arguidos

Hermínio Loureiro, ex-presidente da Câmara de Oliveira de Azeméis, está entre as dezenas de atuais e antigos autarcas que foram constituídos arguidos no âmbito da Operação Éter. Este processo levou à prisão preventiva do antigo presidente …