Pingo Doce multado em 500 mil euros por vender a preços baixos

Pingo Doce

A cadeia de supermercados Pingo Doce, da Jerónimo Martins, foi multada pela Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) em 500 mil euros devido à venda com prejuízo de alguns produtos, disse fonte do Ministério da Economia à Lusa.

O ministro da Economia, António Pires de Lima, disse esta segunda-feira no parlamento que a atuação da ASAE mudou, passando a fazer “menos gala em ser forte com os fracos” e mais “forte com os fortes” e deu o exemplo de uma multa de meio milhão de euros aplicada a uma grande empresa de distribuição.

Questionada pela Lusa, fonte oficial do ministério adiantou tratar-se do Pingo Doce e que a multa tem a ver com a “venda com prejuízo de alguns produtos”.

A empresa terá sido notificada no mês passado.

Pingo Doce impugna multa de 500 mil euros

O Pingo Doce ficou surpreendido com a multa de 500 mil euros aplicada pela ASAE por alegada venda com prejuízo e impugnou a decisão, disse hoje à Lusa fonte oficial da cadeia de supermercados da Jerónimo Martins.

“Confirmamos que a ASAE multou o Pingo Doce com uma coima de 500 mil euros por alegada venda com prejuízo. A decisão surpreende-nos porque estamos convictos de que observámos e cumprimos a lei e agimos, de resto, com a concordância expressa dos nossos fornecedores, com os quais celebrámos acordos para esse efeito”, afirmou fonte oficial da Jerónimo Martins.

Impugnámos, por isso, esta decisão“, acrescentou.

“As transações em causa destinaram-se à campanha do 1º de Maio de 2014, a que os nossos parceiros se associaram, tendo em vista o objetivo de gerar um dia de vendas forte e com oportunidades relevantes para os nossos clientes”, concluiu a mesma fonte.

A lei sobre as práticas individuais restritivas do comércio (PIRC), que proíbe vendas com prejuízo, está em vigor há mais de um ano, desde fevereiro de 2014.

Em março último, quando questionado sobre as PIRC, o presidente do Conselho de Administração da Jerónimo Martins, Pedro Soares dos Santos, afirmou que a lei não beneficiou ninguém e “desprotegeu os [fornecedores] mais pequenos”.

/Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Bom, depois de ler o que acabo de ler, a minha dedução e intuição é correcta quanto à participação do estado nos preços de venda ao publico.
    Deixo esta mensagem para os ignorantes dos nossos governantes, mais vale barato e vender muito do que caro e não vender nada, abençoado seja o Jerónimo e o pingo doce.

    • Que “artista”!…
      Chama ignorantes aos governantes e depois escreve uma imbecilidade destas…
      Enfim… continua, que vais longe…

  2. Pois, sr. Eu, mas o senhor não está a passar fome com esta crise. O sr certamente não tem dois filhos pequenos e não tem dinheiro para comprar leite!?? Santo o Sr. Jeronimo, que embora tenha baixado os preços em seu próprio benefício, beneficiou inúmeras famílias debilitadas pela actual crise….

Responder a Eu Cancelar resposta

Kim Jong-un subiu montanha sagrada a cavalo (e deixou a Coreia à espera de um grande anúncio)

O líder norte-coreano, Kim Jong-un, foi ao monte Paektu, a montanha considerada sagrada pelos norte-coreanos, dar um passeio a cavalo. As imagens foram divulgadas pela agência estatal KCNA, tendo surgido especulações de que virá aí …

Uma questão de físico. Já se sabe porque o Manchester United desistiu de João Félix

Foi a "falta de físico" que afastou João Félix do Manchester United. O clube inglês ponderou contratar a jovem estrela do Benfica, antes da sua mudança para o Atlético de Madrid, mas acabou por desistir …

Reino Unido e UE retomam negociações. Londres vai pedir adiamento se não houver acordo até sábado

O Reino Unido e a União Europeia (UE) retomam esta quarta-feira as negociações sobre o 'Brexit', depois de na véspera se ter anunciado que um acordo estaria iminente. "Ainda há trabalho a fazer", referiu o …

Filho de Biden quebra o silêncio. "Sei que não fiz nada errado"

O filho do ex-vice-Presidente norte-americano, que tem estado no centro do inquérito para a destituição de Donald Trump, admitiu que o seu percurso profissional na Ucrânia foi uma má decisão, rejeitando, porém, ter feito algo …

Já se sabe onde se vão sentar os novos partidos no Parlamento

A deputada do Livre vai sentar-se entre PCP e PS, o deputado da Iniciativa Liberal entre PSD e CDS-PP e o deputado do Chega o mais à direita, todos na segunda fila. A conferência de líderes …

Rota do Cabo: Funcionária emitiu 15 mil números de contribuinte fraudulentos em três anos

Funcionários das Finanças, da Segurança Social, do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras e advogados estão entre os principais suspeitos desta rede criminosa de auxílio à imigração ilegal. A Polícia Judiciária (PJ) desmantelou, esta terça-feira, uma organização …

"É desonesto eu pagar". Paulo Maló revoltado por causa das dívidas do império que criou

O empresário e médico dentista Paulo Maló, fundador do grupo Malo Clinic, está revoltado com a possibilidade de ter que responder financeiramente no âmbito das dívidas de 70 milhões de euros que a empresa acumulou. O …

Sismo de magnitude 6.7 atinge as Filipinas

Um terramoto de magnitude 6.7 atingiu as Filipinas, a 69 quilómetros da cidade de Davao, avança a agência Reuters. De acordo com o Serviço de Prevenção de Tsunamis do Pacífico, não é esperado um tsunami …

Web Summit: Câmara de Lisboa terá que pagar mais 4,7 milhões de euros para assegurar edição deste ano

A Câmara de Lisboa vai discutir na quinta-feira alterações ao acordo para a realização da Web Summit, entre as quais o pagamento de mais 4,7 milhões de euros e o adiamento da expansão da Feira …

Business Insider: "Lisboa foi feita para o Instagram"

"Lisboa é cool." Hillary Hoffower, jornalista do Business Insider, apaixonou-se e descreveu a capital portuguesa num artigo em que diz entender porque é que Lisboa se tornou no "destino mais popular entre millenials em 2019". Hillary …