Dezenas de pessoas sem máscara em protesto de restaurante lisboeta que recusou confinar

(dr)

Imagens da manifestação no restaurante LAPO, em Lisboa.

Depois de ter recusado fechar durante o confinamento, o restaurante LAPO organizou um protesto à porta do espaço. Dezenas de manifestantes são vistos sem máscara.

Ao decretar o novo confinamento geral, o Governo impôs que os restaurantes fechassem portas e apenas operassem em regime take-away e delivery. No entanto, o restaurante LAPO, em Lisboa, recusou fechar, argumentando que as restrições eram “desproporcionais” e “barbaramente contraproducentes”.

“Na sequência da promulgação do Decreto-Lei n.º 6-A/2021, de 14 de Janeiro, e após uma avaliação dos factos presentes coerente com os nossos princípios morais e éticos, assim como com o espírito – e a letra – da Constituição da República Portuguesa, nós, António Guerreiro e Bruna Guerreiro, sócios-gerentes da empresa Atelier Lapo Lda., decidimos manter o restaurante Lapo aberto, invocando o artigo 21.º da Constituição da República Portuguesa – Direito de Resistência”, anunciou o casal que gere o espaço no primeiro dia do confinamento.

“Entendemos que os Direitos Humanos têm sido amplamente violados e que a Constituição da República Portuguesa tem sido espezinhada. Tal como ficou bem explícito no acordão N.º 1783/20.7T8PDL.L1-3 do Tribunal da Relação de Lisboa, datado de 11 de Novembro de 2020, o Estado não tem legitimidade, em circunstância alguma, para desprezar os direitos, as liberdades e as garantias dos cidadãos”, acrescentaram ainda.

Agora, esta quarta-feira, os proprietários organizaram uma manifestação, que foi promovida nas redes sociais. Nos vídeos partilhados, entretanto eliminados, é possível ver dezenas de pessoas à porta do restaurante, sem máscara, em protesto contra o encerramento do espaço. A PSP esteve presente no local.

De acordo com o Correio da Manhã, horas antes do protesto, os donos do LAPO tinham partilhado uma publicação intitulada “Como proceder no caso de fiscalização policial por não cumprimento do dever de recolhimento domiciliário”.

Os proprietários do restaurante decidiram, entretanto, encerrar temporariamente o espaço, apesar de argumentarem que não há qualquer prova que demonstre que os restaurantes são “focos de contágio”.

O Observador realça que os responsáveis pelo espaço incorrem numa multa de entre dois mil e 20 mil euros pela decisão de manterem o restaurante aberto durante o confinamento.

  ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Escandaloso !!!!……….. Estes Énergumènes tem de ser devidamente identificados. Se futuramente recorrerem a assistência Médica por contaminação SARS cov 2. deveriam assumir todos os custos!…além de serem levados a Tribunal por porem en risco a Saúde Publica !………….Simplesmente inaceitável !

RESPONDER

Domingo invulgar: 17 grandes jogos para ver, em poucas horas

A ementa começa em França, ao meio-dia, e acaba no Chile, já depois das oito da noite. Não estamos perto do Carnaval mas vem aí um "domingo gordo" no futebol. Vários jogos grandes, uns mais mediáticos …

Sporting 1-0 Moreirense | Capitão Coates embala leão

O Sporting igualou hoje o FC Porto na liderança provisória da I Liga portuguesa de futebol, ao vencer em casa o Moreirense, por 1-0, em jogo da nona jornada. O capitão Sebastián Coates marcou, aos …

Relatório médico indica que jovem chinês morreu após beber uma garrafa de Coca-Cola em dez minutos

Um homem chinês morreu depois de beber uma garrafa de 1,5 litros de Coca-Cola em dez minutos, informaram os médicos num relatório. O jovem de 22 anos, que não tinha doenças subjacentes, dirigiu às urgências do …

Universidade no Reino Unido tem arquivo de "casas assombradas"

A Universidade de Sheffield, no Reino Unido, tem um arquivo aberto ao público com quase 80 mil fotografias de "casas assombradas" de várias feiras populares. Para muitos, o medo é parte integrante da experiência de uma …

J&J acusada de usar manobra para impedir processos judiciais relativos à venda de pó de talco com propriedades cancerígenas

A Johnson & Johnson está a ser criticada por usar uma manobra para impedir cerca de 38 mil processos judiciais que alegam que o famoso baby powder da marca causa cancro. De acordo com a NPR, …

Tondela 1-3 FC Porto | Hat-trick de Taremi castiga insolência beirã

O iraniano Mehdi Taremi foi a grande figura da vitória do FC Porto em casa do Tondela, por 3-1. Os homens da casa marcaram primeiro, mas cedo se viram reduzidos a dez elementos e tiveram …

Chamam-lhe "Lady Trump". A candidata a governadora do Nevada que está a gerar polémica

Conhecida como "Lady Trump", Michele Fiore anunciou a sua candidatura a governadora do estado do Nevada em estilo, gerando polémica nos Estados Unidos. Michele Fiore, vereadora de Las Vegas, anunciou esta terça-feira a sua candidatura a …

Benfica abre inquérito a envolvimento de colaboradores em negócio de ações da SAD

O Benfica abriu um inquérito interno para averiguar o possível envolvimento de dois colaboradores num eventual negócio de transação de ações da SAD ‘encarnada’, informou hoje o clube, em comunicado. “Tendo em conta as recentes notícias …

Um hipopótamo na água

Tribunal norte-americano reconhece hipopótamos de Pablo Escobar como pessoas jurídicas

O grupo de hipopótamos, mais uma parte do legado deixado na Colômbia por Pablo Escobar, recebeu o estatuto de "pessoas jurídicas". Um tribunal federal dos Estados Unidos defendeu que os descendentes dos hipopótamos do barão da …

Mais rapidez e menos ruído. E-bikes permitem que militares em ação passem despercebidos

Os soldados do Regimento de Cavalaria da Infantaria Montada de Queensland, na Austrália, estão a testar e-bikes para perceber se o veículo poderá ser uma opção válida para operações no terreno. Passar despercebido no terreno é …