/

Pessoas com 30, 40 e 50 anos vão ser vacinadas em simultâneo a partir do final do mês

6

Fernando Veludo / Lusa

O vice-almirante Gouveia e Melo, coordenador da “task force” de vacinação contra a covid-19

A task force para a vacinação contra a covid-19 em Portugal vai implementar um sistema que passa por iniciar a vacinação de várias faixas etárias com o intervalo de uma semana, entre o final de maio e o início de junho, e em simultâneo.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Desta forma, irão começar a ser vacinados os maiores de 50 anos. Na semana seguinte, será a vez dos maiores de 40 e, uma semana mais tarde, os maiores de 30.

De acordo com o Diário de Notícias, o auto agendamento para estas faixas etárias será aberto uns dias antes do início da vacinação, contudo, neste momento, ainda não é possível avançar com datas exatas.

Fonte da task force disse ao jornal que um dos objetivos que levou a este sistema de vacinação simultânea tem a ver com o aproveitamento das vacinas da Johnson & Johnson para vacinar o maior número de pessoas maiores de 50 anos, e as restantes faixas etárias com as outras vacinas, Pfizer e Moderna, sem deixar que o ritmo alcançado neste processo diminua.

O principal objetivo é chegar o mais rápido possível à imunidade de grupo. Uma fase que poderá ser antecipada, devido ao ritmo acelerado com que está a decorrer a vacinação.

Por regiões, o Norte e Lisboa e Vale do Tejo já ultrapassaram os 1,5 milhões de doses administradas, seguindo-se o Centro (897.494 doses), o Alentejo (267.299), o Algarve (176.298), a Madeira (122.216) e os Açores (92.389).

Relativamente à cobertura vacinal da população por regiões, o Alentejo lidera na vacinação completa (19%), enquanto o Centro tem 18% da população vacinada, o Norte, Lisboa e Vale do Tejo e a Madeira 13%, o Algarve 12% e os Açores 11%.

Portugal recebeu 5.197.920 vacinas, tendo sido distribuídas pelos postos de vacinação e pelas regiões autónomas dos Açores e da Madeira 4.686.071 doses.

  ZAP //

6 Comments

  1. Este Gouveia e Melo vai ter um fim triste na frente dum pelotão depois de julgado no tribunal penal internacional.

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.