Pedófilo mais temido do Reino Unido condenado a prisão perpétua por abuso de crianças na Malásia

(dr)

Richard Huckle

Richard Huckle

Um tribunal de Londres condenou a prisão perpétua um britânico de 30 anos que admitiu 71 crimes de abuso sexual de crianças de bairros pobres de Kuala Lumpur, capital da Malásia.

Richard Huckle, descrito pelos investigadores como um predador sexual e que aproveitava a sua atividade como voluntário de uma associação cristã para chegar às vítimas, foi considerado culpado, esta segunda-feira, das 22 acusações que o levaram a julgamento no tribunal de Old Bailey.

Ao proferir a sentença, o juiz Peter Rook disse a Huckle que os seus atos “arruinaram as vidas das suas vítimas para sempre” e lhes provocaram “danos psicológicos graves”.

Huckle admitiu 71 crimes de abuso sexual de crianças, mas a polícia suspeita que tenha cometido muitos mais entre 2006, quando chegou à Malásia, e dezembro de 2014, quando foi detido no aeroporto londrino de Gatwick.

“É um dos pedófilos mais determinados, mais manipuladores e mais maldosos que encontrei“, afirmou em tribunal um responsável da agência nacional contra o crime (NCA), Matthew Long.

Numa carta lida pelo advogado de defesa ao tribunal, Huckle afirmou estar “cheio de remorsos”.

A polícia estima que o britânico tenha cometido o primeiro abuso sexual de uma criança quando, aos 19 anos, esteve no Camboja.

Os abusos cometidos na Malásia foram primeiro descobertos por investigadores australianos no âmbito de um inquérito a um site frequentado por abusadores de menores.

Em publicações online, Huckle chegou a gabar-se que “as crianças mais pobres são definitivamente mais fáceis de seduzir do que as crianças ocidentais de classe média”. Em outro texto, referiu-se a uma das suas vítimas: “Saiu-me o jackpot, uma menina de três anos leal como o meu cão e ninguém se deu conta”.

A investigação identificou formalmente 23 vítimas, a mais jovem das quais com pouco mais de seis meses.

Natural de Kent, no sul de Inglaterra, Huckle foi detido quando regressava ao Reino Unido para passar o Natal com a família. Na bagagem, a polícia encontrou um computador e uma câmara com mais de 20 mil imagens pedófilas encriptadas.

A pena de prisão perpétua hoje anunciada tem associada uma pena de segurança de um mínimo de 25 anos de prisão. Huckle já cumpriu 488 dias de prisão.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

      • Antes de cometar, no mínimo, convinha saber escrever…
        Assim evitava fazer essas figuras tristes…
        Fica o conselho e, evite falar do país já e que com essa escrita e comentários ocos, só serve para deixar ficar mal o Portugal e Língua Portuguesa!!

  1. É nojento demais, como é que é possivel haver gente assim, e ficarem impunes tantas vezes, e sim, em Portugal escondem a caras dessas coisas, porquê?, todos devia saber quem eles são, e todos deviam no minimo ter prisão perpétua, mas em Portugal só vai até 20 anos, ou lá o que é, é incrivel este país, as leis foram e são feitas para os pulhas, um pobre de Deus que um dia deslize e não pague qualquer coisa, leva logo um “chumbo” os pulhas safam-se sempre, ahhhh ganda país de malandros.

RESPONDER

34 anos depois, dados da Voyager 2 revelam mais um segredo de Urano

Mais de 30 anos depois, os dados da Voyager 2, que sobrevoou o planeta em 1986, permitiram aos cientistas da NASA desvendar mais um segredo de Urano. Em janeiro de 1986, a Voyager 2 sobrevoou Urano. …

Está a nevar em Plutão

Em julho de 2015, a sonda New Horizons da NASA concluiu uma longa e árdua jornada pelo Sistema Solar, viajando a 36.000 mph durante nove anos e meio. Toda a missão focava-se em mapear a …

Cientistas dão um importante passo na criação de uma Internet quântica segura

Uma nova investigação da Universidade de Harvard e do Instituto de Tecnologia de Massachusetts, nos Estados Unidos, revelou o elo que faltava para termos uma Internet quântica funcional e prática: uma forma de corrigir os …

Os pedregulhos de Bennu brilham como faróis para a Osiris-Rex da NASA

Este verão, a sonda OSIRIS-REx empreenderá a primeira tentativa da NASA de tocar a superfície de um asteroide, recolher uma amostra e recuar em segurança. Mas, desde que chegou ao asteroide Bennu há mais de …

Cidades subterrâneas podem ser um bom refúgio para futuros desastres

Especialistas ouvidos pelo portal One Zero acreditam que cidades subterrâneas podem ser um bom refúgio para populações que possam vir a enfrentar desastres naturais no futuro potenciados pelas alterações climáticas. À medida que os desastres naturais …

Descobertas três novas espécies de pterossauro em Marrocos

Cientistas encontraram três novas espécies de pterossauro, que viveram no deserto do Sahara, há 100 milhões de anos, em Marrocos. De acordo com o site EurekAlert!, estas três novas espécies de pterossauro faziam parte de um …

Texto português do século XVI mostra eficácia da quarentena

Um especialista australiano descobriu num texto português do século XVI uma prova de que a quarentena ou o isolamento podem impedir a globalização de uma doença como a covid-19, que já provocou mais de 30 …

Coronavírus. Mercados chineses continuam a vender morcegos

Nem com a pandemia de covid-19 a China abre mão dos seus velhos hábitos. Embora o novo coronavírus tenha tido origem num mercado de animais exóticos, em Wuhan, muitos destes sítios continuam a funcionar normalmente …

No Twitter, o discurso de ódio contra chineses cresceu 900%

A L1ght, uma empresa que mede a toxicidade das plataformas digitais, partilhou recentemente um relatório no qual revela que o discurso de ódio contra a China e contra os chineses teve um crescimento de 900%. Donald …

Há mais pessoas em quarentena do que vivas durante a 2ª Guerra Mundial

Um terço da população mundial - 2,6 mil milhões de pessoas - está em quarentena. São mais seres humanos em isolamento do que aqueles que estavam vivos para testemunhar a 2ª Guerra Mundial. Na terça-feira, o …