Pedófilo mais temido do Reino Unido condenado a prisão perpétua por abuso de crianças na Malásia

(dr)

Richard Huckle

Richard Huckle

Um tribunal de Londres condenou a prisão perpétua um britânico de 30 anos que admitiu 71 crimes de abuso sexual de crianças de bairros pobres de Kuala Lumpur, capital da Malásia.

Richard Huckle, descrito pelos investigadores como um predador sexual e que aproveitava a sua atividade como voluntário de uma associação cristã para chegar às vítimas, foi considerado culpado, esta segunda-feira, das 22 acusações que o levaram a julgamento no tribunal de Old Bailey.

Ao proferir a sentença, o juiz Peter Rook disse a Huckle que os seus atos “arruinaram as vidas das suas vítimas para sempre” e lhes provocaram “danos psicológicos graves”.

Huckle admitiu 71 crimes de abuso sexual de crianças, mas a polícia suspeita que tenha cometido muitos mais entre 2006, quando chegou à Malásia, e dezembro de 2014, quando foi detido no aeroporto londrino de Gatwick.

“É um dos pedófilos mais determinados, mais manipuladores e mais maldosos que encontrei“, afirmou em tribunal um responsável da agência nacional contra o crime (NCA), Matthew Long.

Numa carta lida pelo advogado de defesa ao tribunal, Huckle afirmou estar “cheio de remorsos”.

A polícia estima que o britânico tenha cometido o primeiro abuso sexual de uma criança quando, aos 19 anos, esteve no Camboja.

Os abusos cometidos na Malásia foram primeiro descobertos por investigadores australianos no âmbito de um inquérito a um site frequentado por abusadores de menores.

Em publicações online, Huckle chegou a gabar-se que “as crianças mais pobres são definitivamente mais fáceis de seduzir do que as crianças ocidentais de classe média”. Em outro texto, referiu-se a uma das suas vítimas: “Saiu-me o jackpot, uma menina de três anos leal como o meu cão e ninguém se deu conta”.

A investigação identificou formalmente 23 vítimas, a mais jovem das quais com pouco mais de seis meses.

Natural de Kent, no sul de Inglaterra, Huckle foi detido quando regressava ao Reino Unido para passar o Natal com a família. Na bagagem, a polícia encontrou um computador e uma câmara com mais de 20 mil imagens pedófilas encriptadas.

A pena de prisão perpétua hoje anunciada tem associada uma pena de segurança de um mínimo de 25 anos de prisão. Huckle já cumpriu 488 dias de prisão.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

      • Antes de cometar, no mínimo, convinha saber escrever…
        Assim evitava fazer essas figuras tristes…
        Fica o conselho e, evite falar do país já e que com essa escrita e comentários ocos, só serve para deixar ficar mal o Portugal e Língua Portuguesa!!

  1. É nojento demais, como é que é possivel haver gente assim, e ficarem impunes tantas vezes, e sim, em Portugal escondem a caras dessas coisas, porquê?, todos devia saber quem eles são, e todos deviam no minimo ter prisão perpétua, mas em Portugal só vai até 20 anos, ou lá o que é, é incrivel este país, as leis foram e são feitas para os pulhas, um pobre de Deus que um dia deslize e não pague qualquer coisa, leva logo um “chumbo” os pulhas safam-se sempre, ahhhh ganda país de malandros.

Cientistas estão a atirar rochas vulcânicas para telhados (para provar que são perigosas)

Uma equipa de cientistas da Universidade de Canterbury está a lançar rochas vulcânicas para telhados na Nova Zelândia na esperança de ajudar os habitantes de Auckland a entender os perigos vulcânicos. "Auckland localiza-se num campo vulcânico …

A cordilheira Kong nunca existiu, mas esteve nos mapas durante um século

A cordilheira Kong nunca existiu, mas esteve durante 100 anos em muito dos principais mapas do continente africano. Acabaria por ser um militar francês, que explorou o rio Níger, a acabar com este "fantasma da …

"Continua a pairar perigosamente". Relógio do Juízo final mantém-se a 100 segundos do Apocalipse

A Humanidade nunca esteve tão perto do Apocalipse, alertam os cientistas responsáveis pelo "Relógio do Juízo Final", que decidiram mantê-lo na mesma posição do ano passado, a 100 segundos da meia-noite. O relógio, que é uma …

A primeira bateria doméstica de hidrogénio armazena três vezes mais energia do que uma da Tesla

Para usar energia solar doméstica, é preciso gerar energia quando o Sol brilha e armazená-la quando não aparece. Para isto, as pessoas usam normalmente sistemas de bateria de lítio. Porém, a empresa australiana Lavo construiu …

Um oásis LGBTQ, Budapeste é posto à prova pelo populismo e pela pandemia

Budapeste é um oásis para a comunidade LGBTQ, mas a cena drag da capital húngara vê-se ameaçada pela pandemia de covid-19 e pelas políticas conservadoras e populistas de Viktor Orbán. Durante muitos anos, Budapeste desfrutou a …

Coreia do Sul "ressuscitou" voz de uma superestrela. Chovem preocupações éticas

Pela primeira vez em 25 anos, a distinta voz da superestrela sul-coreana Kim Kwang-seok será ouvida na televisão nacional. O famoso cantor folk morreu em 1996. De acordo com a CNN, a emissora nacional da Coreia …

Maioria dos países africanos só terá vacinação em massa a partir de 2023

A maioria dos países africanos só terá imunização em massa a partir de 2023, segundo previsão da The Economist Intelligence Unit, que admite que, com o evoluir da pandemia, muitos dos países mais frágeis possam …

Mulher que "morreu" com covid-19 aparece viva 10 dias após funeral

Uma mulher de 85 anos ficou infetada com covid-19 num lar na Galiza, em Espanha. A 13 de janeiro a família de Rogelia Blanco recebeu a informação do lar de que a mulher tinha falecido. …

Familiares de vítimas na China pressionadas a não falar com OMS

As autoridades chinesas estão a pressionar as famílias das primeiras vítimas da covid-19 para que não entrem em contacto com os investigadores da Organização Mundial da Saúde (OMS) em Wuhan, segundo familiares dos falecidos. Mais de …

Falsas vacinas à venda na Internet são grande risco para a saúde

Embora milhões de pessoas tenham sido já vacinadas contra a covid-19 nos países ricos, proliferam as fraudes na Internet com fármacos falsos que representam um grande risco para a saúde, alertaram peritos das Nações Unidas. As …