PCP e Governo acordam 50% de progressões nas carreiras já em 2018

Tiago Petinga / Lusa

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa

O Governo chegou a acordo com o PCP para garantir que 50% das progressões nas carreiras dos funcionários públicos avançam já em 2018.

Ontem, a imprensa avançou que os funcionários públicos iam receber no próximo ano um terço do valor da progressão na carreira, sendo o restante acréscimo remuneratório pago em dois momentos em 2019.

Agora, segundo informações avançadas ao Expresso, o Governo chegou a acordo com o PCP e recuou assim na intenção de descongelar apenas 33% da verba em 2018 e os restantes 67% em 2019.

O calendário que ficou acordado prevê agora que 25% das atualizações ocorram logo em janeiro de 2018 e mais 25% em setembro.Os restantes 50% de atualizações ficam agendadas para 2019, ocorrendo 25% em maio e a restante parcela em dezembro.

De acordo com o Público, a data em que os funcionários públicos chegam ao pagamento total é igual à que o Governo propunha – 1 de dezembro de 2019 – porém, esta nova distribuição permite que tanto em setembro como em maio os trabalhadores já estejam a receber mais do que na proposta anterior.

A proposta do Orçamento do Estado 2018 foi aprovada por volta da meia-noite desta quinta-feira em Conselho de Ministros, depois de mais de 14 horas de reunião, no entanto, estes ajustes referentes às progressões nas carreiras foram acertados com os comunistas já durante a madrugada.

O jornal escreve que, tal como nos dois últimos orçamentos, é possível que haja acordos noutras matérias com os partidos de esquerda ainda durante esta sexta-feira, dia em que será entregue na Assembleia da República.

A votação final do global do OE2018 está prevista para 28 de novembro, um mês depois do debate na especialidade e da votação na generalidade, a 3 de novembro.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Durante estes últimos anos, em toda a administração publica houve milhares de contratações por via de serviços externos pagos a peso de ouro, milhares de aumentos de salários por promoções excecionais e de comissões de serviço e missão inventados, atribuição de complementos por funções, e principalmente dos quadros que já estavam bem posicionados nas hierarquias ou próximos do poder politico que assim continuaram a ver os seus vencimentos a engordar. Agora com o descongelamento de carreiras, esses mesmos voltam a ter mais aumentos e continuam a viver como lordes, com horários das 10h as 16h, sem pressão para vender ou prestar serviço com qualidade e sem responsabilidades. É um fartar vilanagem!!! Com as atuais taxas de abstenção, os votos do setor publico são suficientes para qualquer partido com uma geringonça se manter no poder muitos anos, até à bancarrota de novo, e que insistem em negar porque não ficaram sem trabalho e sem salário graças ao dinheiro comunitário e ao assalto do enorme aumento de impostos aos privados. Tenho dito.

RESPONDER

Harry Potter ganha novo (e estranho) capítulo

Harry Potter e o retrato daquilo que parecia ser um grande monte de cinzas é o título do mais recente pedaço da história protagonizada pelo famoso feiticeiro. Mas não foi J.K. Rowling que o escreveu. Os autores …

Rússia pode cortar a Internet mundial, avisa General britânico

É uma nova ameaça à "nossa forma de vida" e à segurança e economia mundiais. O alerta é do chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas do Reino Unido, Stuart Peach, que teme que a Rússia …

Tribunal mantém pena de 30 anos para mulher que alega ter sofrido aborto espontâneo

Um tribunal de El Salvador confirmou a sentença de 30 anos de prisão a uma mulher acusada de homicídio agravado devido à morte do seu recém-nascido. Teodora Vásquez garante que se tratou de um aborto …

WikiLeaks é agora um meio de comunicação social

Um tribunal britânico considerou, em sentença, que o portal de divulgação de informação WikiLeaks é, agora, uma "organização de meios de comunicação". Um tribunal britânico, que avalia casos sobre liberdade de informação, classificou o WikiLeaks como …

Arquiteto Manuel Aires Mateus vence Prémio Pessoa 2017

Esta sexta-feira, o arquiteto Manuel Aires Mateus foi distinguido com o Prémio Pessoa, uma das mais importantes distinções em Portugal. O arquiteto Manuel Aires Mateus é o vencedor do Prémio Pessoa, anunciado esta sexta-feira pelo presidente …

Investigação australiana recomenda fim do celibato na Igreja Católica

Esta sexta-feira, uma investigação australiana sobre abuso sexual de crianças recomendou à Igreja Católica que levante a exigência de celibato ao clero. A Comissão Real da Austrália, que corresponde à procuradoria-geral da república, divulgou esta sexta-feira …

Carrilho absolvido do crime de violência doméstica por falta de provas

O ex-ministro da Cultura Manuel Maria Carrilho foi absolvido do crime de violência doméstica contra a ex-mulher Bárbara Guimarães. A juíza do processo considera que não há provas suficientes para uma condenação. Manuel Maria Carrilho era …

Ex-dirigente da Cerci da Guarda usa instituição para faturar

O ex-vice-presidente da Cercig, a cooperativa de solidariedade social da Guarda com estatuto de utilidade pública, foi acusado de crime de participação económica em negócio, punível com 5 anos de prisão. De acordo com o Ministério …

Pensões, subsídios e abono de família aumentam já em Janeiro

As prestações sociais pagas pela Segurança Social vão subir já a partir de Janeiro de 2018, fruto do aumento previsto de 1,8% para o chamado Indexante dos Apoios Sociais (IAS). O IAS é o referencial usado …

Lince-ibérico esteve à venda (com urgência) no OLX

Um anúncio no OLX vendia "urgentemente" um lince-ibérico pelo valor negociável de 1500 euros. O Ministério Público já está a investigar o caso. O Ministério Público está a investigar uma possível venda online de um lince-ibérico, …