Patrões podem fiscalizar trabalhadores em casa

Os empregadores podem visitar a casa dos funcionários em regime de teletrabalho para fiscalizar a sua atividade.

Tendo em conta o atual contexto de isolamento social, é pouco provável que venha a acontecer, mas, segundo o semanário Expresso, os empregadores podem visitar a casa dos funcionários em teletrabalho para fiscalizar a sua atividade.

Estas visitas estão previstas na lei, mais concretamente no artigo 170.º do Código do Trabalho, e podem ocorrer sem pré-aviso, mas nunca fora do horário laboral.

Tal como recorda o jornal, o regime de teletrabalho que vigora atualmente é excecional. O trabalho remoto pode ser decidido unilateralmente pelo empregador ou pelo funcionário, desde que esteja cumprido o requisito de adequação à função.

O funcionário pode ter de “picar o ponto” no início e no fim do dia de trabalho, mas a lei também determina que o empregador é obrigado a respeitar os tempos de descanso do trabalhador, bem como proporcionar-lhe boas condições de trabalho do ponto de vista físico e psíquico.

Além disso, o empregador não pode monitorizar o que o profissional faz no computador durante o horário laboral sem o seu conhecimento.

Portugal encontra-se em estado de emergência desde as 00h00 da última quinta-feira e até às 23h59 de 2 de abril.

ZAP //

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. NUNCA, JAMAIS… EM TEMPO ALGUM… eu permitiria que a minha entidade patronal entrasse no meu domicilio. De facto, isto consta no Código de Trabalho, um código feito à medida do patronato e certamente com uma mãozinha da UGT e de um governo fascista. Mas é bom que se diga, que o artigo 170º do CT só existe, devido à estupidez e ignorância dos trabalhadores deste país, que não querem saber de si próprios e votam em governos fascistas que toleram uma coisa destas. Então se uma autoridade só pode entrar no domicilio de um assassino, com autorização de um Juíz, como poderá uma entidade patronal ter direito a entrar no domicilio de um trabalhador? POBRE país, com letra minuscula!

  2. És mesmo pobrezinho!…
    Quem disse que a “entidade patronal” pode entrar no “domicilio do trabalhador” sem autorização??!
    Só mesmo nessa cabecinha limitada!…

  3. Ó zézinho, andaste nas novas oportunidades foi? Não vais precisar de responder, porque o teu comentário diz-me que andaste. Ou então, garantidamente tiraste o curso ao domingo. Toma nota zézinho, o que diz a lei e o que eu escrevi foi: a entidade patronal TEM DIREITO, ora se tem esse direito, significa que o tem de facto. Daqui se deduz que, se tem esse direito, o trabalhador não pode recusar, certo? Ora se não pode recusar, significa que, sem margem para dúvidas, tem que autorizar. Agora se a entidade patronal tem que ir acompanhada com o conjuge ou com a sua prima, isso a lei já não é tão explicita. Calado, prestavas um grande serviço ao país!

RESPONDER

Fim dos debates quinzenais. Rio diz que é o melhor para o país (e pensa em si próprio)

O líder do PSD, Rui Rio, explicou, num vídeo da PSD/TV que defende o fim dos debates quinzenais porque é o "melhor para o país", alegando que esta proposta não tem a "preocupação de dificultar …

Lei de segurança nacional. Taiwan teme ser próximo alvo da China (e Hong Kong pode ser o novo Tibete)

A decisão de Pequim em impor a Hong Kong uma lei draconiana sobre segurança faz crescer os receios de que Taiwan possa ser o próximo alvo da República Popular da China. Por outro lado, teme-se …

Patrick Mahomes assina o maior contrato da história do desporto: 10 anos por 446 milhões

O jogador de futebol americano Patrick Mahomes fez história ao assinar o maior contrato de sempre do mundo do desporto. O quarterback dos Kansas City Chiefs renovou por dez temporadas, num valor total de 446 …

Centeno rejeita conflito de interesses. “Não conseguia emprego em Portugal nas próximas décadas"

O antigo ministro das Finanças está esta quarta-feira a ser ouvido no Parlamento, naquela que é a sua primeira grande prova de fogo no caminho que terá que percorrer até chegar ao cargo de governador …

Centenas de holandeses nas ruas de Albufeira. GNR obrigada a intervir

A Guarda Nacional Republicana (GNR) levantou, no domingo, dezenas de autos de contraordenação a estabelecimentos e a pessoas, em Albufeira, no Algarve, por desrespeito das regras impostas devido à pandemia da Covid-19, disse esta terça-feira …

Soares atravessou jejum de golos, mas há uma estatística em que ninguém o bate

O avançado portista Tiquinho Soares é o jogador que mais golos faz de cabeça, em Portugal e na Europa. Esta temporada, já leva sete cabeceamento certeiros. Tiquinho Soares esteve 12 jogos sem marcar qualquer golo com …

"Dêem a Portugal uma Ponte Aérea". Escocês faz petição e diz que decisão do Reino Unido é injusta

Um escocês admirador de Portugal considera a exclusão da lista de países isentos de quarentena nas chegadas ao Reino Unido “injusta” e “pouco transparente” e por isso promoveu uma petição popular a pedir o levantamento …

Juiz Carlos Alexandre está em isolamento profilático

O juiz Carlos Alexandre encontra-se em isolamento profilático depois de ter participado, no final de junho, numa busca a uma agência bancária em que estiverem envolvidas três pessoas infetadas com covid-19. De acordo com a RTP, …

Jogo de loucos em Itália. Milan de Ibrahimovic derrota Juve de CR7 com golo português

Cristiano Ronaldo fez o 2-0 para a Juventus em casa do AC Milan, porém, o campeão perdeu 4-2 e desperdiçou a oportunidade de ampliar para 10 os pontos de vantagem para a Lazio, derrotada em …

A maior promessa do futebol alemão pede para sair. Chelsea prepara 100 milhões de euros

O internacional alemão Kai Havertz pediu à direção do Leverkusen para sair este verão. O Chelsea é o principal candidato à contratação do médio, tendo de desembolsar 100 milhões de euros. Kai Havertz é provavelmente a …