Patrões apoiam desconto fiscal de António Costa

José Sena Goulão / Lusa

O primeiro-ministro António Costa

São muitos os que estão contra o desconto fiscal de António Costa, mas o primeiro-ministro tem também vários aliados. Indústria, Comércio e Turismo apoiam o desconto de 50% no IRS para quem regresse a Portugal.

O desconto de 50% para antigos residentes em Portugal que queiram regressar ao país não convenceu a maioria dos emigrantes, mas reuniu o apoio de três dos quatros representantes patronais.

O Governo anunciou recentemente  intenção de dar um desconto fiscal a quem tenha residido em Portugal entre 2011 e 2015, mas queira regressar nos próximos dois anos. Apesar de contar com alguns aliados, a proposta de António Costa tem sido alvo de várias críticas e pode, ainda, vir a ser melhorada.

O Jornal de Negócios falou com os presidentes da CIP, da CCP, da CTP e da CAP, e só o presidente desta última, Eduardo Oliveira e Sousa, que representa o setor da agricultura, se mostrou contra a medida. Para o presidente da CAP, o desconto que o Governo está a preparar não passa e “pura campanha eleitoral“.

Por sua vez, João Vieira Lopes, presidente da CCP, afirma que este tipo de medidas são positivas, acrescentando ainda que “os custos são proporcionais à sua eficácia“. António Saraiva, líder da CIP, elogiou também a medida dado que o país tem “uma enorme necessidade de mão de obra qualificada”.

“Quando há falta de mão-de-obra, qualificada e não qualificada, uma medida que promova o regresso de quadros é bem-vinda“, concordou Francisco Calheiros, presidente da CTP.

Mas a medida não convenceu Eduardo Oliveira e Sousa, que considera a medida “um paliativo para uma situação crónica”. “Pode cativar meia dúzia de pessoas, mas não é com esta medida que as pessoas regressam”, acrescentou o representante patronal.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Nao podia deixar de ser os patrões a aguçarem os dentes para pagarem ordenados de miséria a quem com muita coragem saiu desse país. Se pagassem em condições, nao teríamos saído. Agora torçam as orelhas. Comigo são dezenas k ja temos os nossos amigos fora. Essas migalhas só para estúpidos. Quem irá na conversa. Ordenados sete e mais vezes acima dos mil que aí pagavam. Saúde, protecção à natalidade e um inumero de regalias que não estavamos habituados e não queremos PERDER. Adios

  2. Se os patrões estão com dificuldade em arranjar mão de obra qualificada devem deixar o mercado auto regular-se pagando salários atrativos para os imigrantes regressarem e não estar à espera que seja o estado a contribuir para os seus rendimentos.

  3. Os patronatos querem é mão de obra baratinha para continuarem os lucros brutais das grande empresas fascistas. Esquecem-se que os emigrantes estão melhores onde estão e dificilmente virão para este país de corruptos, enriquecerem ainda mais quem já é rico.

  4. Tudo isto é ridículo sem no entanto não surpreender tendo em conta os políticos que temos e a mentalidade que tem orientado este país, daí talvez os apoios dos patrões, dividir portugueses mais ainda quando a solução passa apenas por melhor salário para todos, menos burocracia e mais apoios sociais é assim que os países desenvolvidos atraem emigrantes e chegaram a mais desenvolvimento, com artimanhas de Chico-esperto não me parece caçarem ninguém na ratoeira e a caça fica ainda mais desconfiada. Os impostos estão altos para todos, por isso há que procurar uma boa e competente gestão pública para que o dinheiro seja bem gerido e que com menos se faça mais e assim aliviar a carga aos portugueses.

RESPONDER

A Via Láctea pode estar cheia de "Terras" (com oceanos e continentes)

Uma equipa de investigadores da Universidade da Dinamarca acredita que a Via Láctea pode estar cheia de planetas semelhantes à Terra, com oceanos e continentes. Há muito tempo que os astrónomos vasculham o vasto Universo na …

Podem as leis da Física refutar a existência de Deus?

Se existe um Deus que criou todo o universo e todas as leis da Física, Deus segue as suas próprias leis? Ou pode Deus substituir as suas leis, como viajar mais rápido do que a …

Covid-19. Perda de olfato e paladar pode durar até cinco meses

A perda dos sentidos do olfato e do paladar pode durar até cinco meses depois da infeção por covid-19, segundo um estudo preliminar dado a conhecer esta terça-feira, sendo os resultados definitivos apresentados em abril, …

Na Florida, duas mulheres disfarçaram-se de idosas para serem vacinadas contra a covid-19

Na Florida, duas mulheres disfarçaram-se de idosas para conseguirem receber a segunda dose da vacina contra a covid-19, mas foram "apanhadas". De acordo com a CBS News, duas mulheres foram "apanhadas" a tentar obter as segundas …

O Rei Leão. Teoria que nasceu no TikTok sugere que Mufasa foi vítima de canibalismo

Christian Jones, um fã do filme de animação O Rei Leão, partilhou no TikTok uma teoria intrigante sobre a história da Disney. No filme O Rei Leão, o leão patriarca Mufasa é assassinado e substituído pelo seu …

Gérard Depardieu indiciado por violação e agressão sexual

Gérard Depardieu foi acusado de "violação" e "agressão sexual" de uma jovem atriz e bailarina em Paris, atos que terão ocorrido nos dias 7 e 13 de agosto de 2018. O ator francês Gérard Depardieu foi …

Uma experiência artística imersiva. Abriu em Las Vegas um supermercado psicadélico

A mercearia mais excecional dos Estados Unidos já abriu. O Omega Mart baseia-se numa experiência artística imersiva, criada pela empresa de artes e entretenimento Meow Wolf, e está agora oficialmente aberto no complexo de artes …

A imensa erupção do Etna surpreendeu até quem estuda vulcões

Há mais de uma semana que o vulcão Etna tem vindo a expelir lava, cinzas e rochas vulcânicas. Aquele que é considerado o vulcão mais ativo da Europa foi o protagonista dos últimos dias na …

Fotógrafo descobre raro pinguim amarelo na Geórgia do Sul

O pinguim amarelo foi fotografado na Geórgia do Sul, em dezembro de 2019, e as fotografias do animal estão agora a correr o mundo. Especialistas estão divididos sobre a causa desta condição rara. Este raro pinguim …

Portugal em destaque na Reuters. "Enfermeiros querem salários, não aplausos"

"Exaustos na luta contra a covid-19, enfermeiros portugueses querem salário, não aplausos." Este é o título da peça da Reuters, publicada esta quarta-feira. Correspondentes da agência Reuters traçaram o cenário vivido atualmente pelos enfermeiros portugueses, que …