Passos descai-se: daqui a 15 dias há novo governo

José Sena Goulão / Lusa

O Presidente da República, Cavaco Silva, acompanhado pelo primeiro-ministro Pedro Passos Coelho

O Presidente da República, Cavaco Silva, acompanhado pelo primeiro-ministro Pedro Passos Coelho

O Primeiro-ministro Pedro Passos Coelho está convencido que Cavaco Silva optará por um novo Governo, e que a decisão será tomada no máximo em duas semanas.

Em conversa com o antigo presidente do Conselho Europeu, Herman van Rompuy, que foi recebido esta segunda-feira em S. Bento, Passos descaiu-se num momento em que as câmaras de televisão filmavam, ao longe, o início da reunião entre ambos, relata o Observador.

“Vive-se um tempo bastante particular, também aqui em Portugal por razões diferentes, razões melhores do que em Paris. Mas julgo que daqui a mais duas semanas a nossa situação será definitivamente clarificada. E haverá um novo Governo para negociar com Bruxelas“, afirmou o Primeiro-ministro, num momento transmitido pela TVI.

O Executivo de Passos e Portas, eleito a 4 de outubro, caiu no dia 11 de novembro com uma moção de rejeição do programa de Governo apresentada pelo Partido Socialista e apoiada pelos partidos de esquerda.

Cavaco Silva tem andado a fazer audições para tomar uma decisão sobre a indigitação de António Costa como Primeiro-ministro, começando pelos parceiros sociais, e passa agora pelos encontros com a Banca.

ZAP

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. É verdade, em breve vão ter o PCP a negociar com Bruxelas???!!!??? Não sei o que será, acho que deve de ser a saída do Euro ou então temos o BE nos negoceios, salvo erro de uma divida tipo o que fizeram na Grécia?? tanta palhaçada junta dá pena

    • Palhaçada é pôr-se a adivinhar e depois comentar o exercício! Palhaçada é adivinhar o que não se percebeu…. e própria de palhaços!

  2. Olha oh meu palhaço palhaçada vivemos há mais de 40 anos com estes governos…
    Tu é que sais do euro…
    Pior que PSD/CDS não vão ser decerto…
    E eu não apoio políticos ou partidos…

  3. Vivem a palhaçada á 40 anos mas “estes” governos é governos onde o PS também governou, a maior parte das vezes por acaso, sendo o ultimo governo onde o Costa era o nº2 que nos deixou de mal a pior, aliás todas as vindas da troika a Portugal foi com governos PS, o nº 1 da altura está neste momento a ser julgado,ninguém se lembra?

    Já agora na rotunda em frente á minha porta tenho um cartaz das eleições de um destes partidos de esquerda que diz o seguinte:

    Fora o Euro, queremos o escudo de volta

    São estes que têm legitimidade para negociar algo?

    • Hora aqui está uma pessoa para me responder a esta pergunta tão incómoda:
      De quem é a culpa do estado do país? Não me refiro ao passo recente mas aos mais de 40 anos de democracia!
      Qual ou quais os culpados?

      Inúmera 2 partidos como maus exemplos logo dá para deduzir que é decerto adepto do PSD/CDS… este é sem dúvida um partido imaculado…

      Todos sabem que ganhe quem ganhar eleições vai ter sempre de cumprir com as regras europeias ou acontece-lhe o mesmo que aconteceu na Grécia que nem a Grécia queria sair nem a Europa os deixava sair… e o problema não era o que iria suceder aos outros… pois não ia acontecer nada ou melhor ia os outros países como Portugal iriam ficar melhor financeiramente…

      Não sejam Totós… políticos =ladroes, partidos =máfias…

      Acordem para a vida. Antes que seja tarde

    • Em parte errado….
      Sim o euro tem a sua culpa, as regras do desperdício europeias também…
      Ma vou dar mais uma pista para ver se alguém acerta nesta!
      Só fomos governados nos últimos 40 por 3!

RESPONDER

Cabrita fala em "ano terrível" e rejeita alívio de medidas para já

O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, fez o balanço de um ano de pandemia em Portugal, admitindo ter sido um "ano terrível" para os portugueses e afastando perspetivas de um alívio de medidas por …

Muçulmanos invadiram a Sicília e revolucionaram o comércio de vinho

Uma equipa de investigadores da Universidade de York encontrou resíduos químicos de uvas em ânforas, um tipo de recipiente medieval, sugerindo um próspero comércio de vinho na Sicília islâmica. Foram ainda encontrados cacos encharcados de vinho …

Com as famílias em dificuldades, escolas alimentam 40% dos alunos que serviam antes do confinamento

Mesmo com as aulas online, as cantinas continuam a trabalhar para alimentar alunos com carências. Só na última semana, as escolas públicas serviram em média 45 mil refeições por dia. O número significa que estão …

2 de março de 2020. Confinamentos, recordes, três vagas e um "milagre" depois

O primeiro caso de covid-19 em Portugal foi registado há, precisamente, um ano. 365 dias depois, o medo esfumou-se, mas a incerteza permanece. A 2 de março de 2020 foram confirmados em Portugal os primeiros casos …

Genoma do urso-das-cavernas sequenciado graças a minúsculo osso com 360 mil anos

Investigadores sequenciaram o genoma do urso-das-cavernas graças a um pequeno osso com 360 mil anos. A história evolutiva deste animal mudou drasticamente. Os ursos-das-cavernas eram enormes ursos herbívoros que vagueavam pela Europa e norte da Ásia …

Um ano após o primeiro caso, Marcelo elogia SNS, mas relembra que a pandemia ainda não acabou

Para o chefe de Estado, ao longo de 12 meses, Portugal "foi-se ajustando à pandemia, umas vezes mais proativamente outras, infelizmente, mais reativamente". Marcelo diz que "é desejável" melhorar a "capacidade de planear e antecipar …

Plano de Recuperação tem alto risco de fraude (e chovem críticas)

Um grupo de reflexão, constituído no âmbito do Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP), concluiu que o Programa de Recuperação e Resiliência (PRR) comporta um sério risco de fraude e necessita de várias …

Moedas quer unir a direita contra Medina. Objetivo é incluir IL e Aliança na coligação PSD/CDS

Carlos Moedas está a tentar alargar a coligação PSD/CDS para construir uma frente de direita contra o socialista Fernando Medina, atual presidente da Câmara Municipal de Lisboa. O Público avança esta terça-feira que Carlos Moedas, candidato do …

Faz pequenas pausas antes de responder a uma questão? Pode parecer menos sincero

Costuma fazer pequenas pausas antes de responder a uma questão? Este comportamento pode fazer com que a resposta pareça menos sincera e confiável, de acordo com uma nova investigação da American Psychological Association. Segundo a …

Portugal entra no 12.º estado de emergência. Restrições são as mesmas dos últimos 15 dias

Portugal entrou esta terça-feira no 12.º período de estado de emergência para conter a pandemia da covid-19, mas mantendo, até 16 de março, as mesmas regras que vigoraram nos últimos 15 dias em território continental. O …