Passos Coelho “sabia que devia mais 26 meses do que pagou”

PSD / Flickr

O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho

Passos Coelho pagou à Segurança Social menos do que aquilo que sabia dever. É o que garante o jornal Expresso, que especifica que o primeiro-ministro “sabia que devia mais 26 meses do que pagou”.

O semanário adianta na sua edição deste sábado que a “conta corrente da Segurança Social indicava 58 meses por regularizar em 2012” e que o “sistema informático só contabilizou 32”.

De acordo com o Expresso, na declaração que Passos Coelho recebeu da Segurança Social, em 2012, depois de ter solicitado essa informação, estarão inscritos 58 meses de dívida, relativos ao período entre 1999 e 2004, num total de 7.534,8 euros.

Mas, num documento que terá sido emitido pela Segurança Social em Janeiro de 2013, referia-se apenas 3.914,7 euros de dívida, o mesmo montante que terá sido anunciado a Passos Coelho no mês passado, quando o primeiro-ministro foi confrontado com as perguntas do Público sobre as contribuições em falta.

Os dados reportados pelo Expresso sustentam que foi com base nestes dois últimos documentos que Passos Coelho pagou apenas 3.900 euros da dívida, incluindo juros. A confirmar-se este facto, o primeiro-ministro terá pago apenas 32 meses, faltando ainda pagar 26 meses.

Contactado pelo Expresso, o Instituto da Segurança Social terá sublinhado não ter qualquer informação sobre o referido documento solicitado por Passos Coelho em 2012, onde estaria inscrita uma dívida superior a sete mil euros.

O jornal especula que esse facto poderá estar relacionado com problemas informáticos no controle da informação sobre os trabalhadores independentes. Esta base de dados foi criada em 2007 e só incluirá as contribuições em dívida a partir de 2002.

ZAP

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Quero dizer ao primeiro ministro que depois de não ter dado explicações sobre o caso tecnoforma, dívidas á Seg. Social e fuga ao fisco, deve imediatamente demitir-se e pagar o que deve ao Estado Português. De maus exemplos a começar por si e a terminar pelo presidente da República, que não desta, mas das bananas está o inferno cheio!!!!!!!!!!! Por favor deixe de se agarrar ao tacho e peça trabalho à sua madrinha merkel.

  2. Gostaria de deixar aqui um apelo que é o seguinte: Deve o Sr. Primeiro ministro pagar tudo quanto deixou em atraso e mandar investigar imediatamente todos os 105.000 que fizeram exatamente o mesmo que ele (não pagaram), o que deve representar muitos milhões de euros, em falta nos cofres da segurança social e se possível por também todos os políticos a pagar impostos, assim como (IMI), que o patrimônio dos partidos políticos está isento!!! (MAS PORQUE RAZÃO ESTES ESTÃO ISENTOS??), é uma barbaridade e ofensa a quem paga e cumpre com os seus deveres.

  3. gasto comentar o que eu sinto da minha opinião para mim ou para outros
    Eu penso se acontecesse a mesma coisa eu não tinha culpa de quem esta a trabalhar na função de que diz respeito, e sinceridade nos assuntos tanto para direitos como também para haveres eu fosse primeiro ministro usuárias mais fiscalização com dinheiros que estão ser usados sem qualquer fundamento há usar esses benefícios para termos um bom trabalho

  4. Quando não encontram nada melhor do que isto para arremesso politico, nem assunto melhor para discutir e esclarecer, ficamos entendidos quanto ás competencias e hipocrisia dos que pretendem a alternancia na governação deste lugar mal frequentado. É que este assunto, do se deve ou não deve, seja a quem for, é simples de resolver, aliás é para isso e muito mais que existem os tribunais com autoridade e competencia e a tal sua tão apregoada independencia, num regime tido como muito perfeito e conduzindo ao tal socialismo paradisiaco, pelo menos assim parece ser por alguns dos seus defensores e mentores!
    Não entendo pois aqui a celeuma pois se é devedor que pague, com os juros devidos e já agora que seja avisado também nos termos da lei o que pelos vistos ainda não aconteceu, aliás muito pelo contrário a instituição diz que nada deve! Em quem e no que é que devemos acreditar? Já agora não se perca de vista a relatividade e escala do que se trata aqui será com certaza de um descuido, já que me parece completamente irracional e demente imaginar sequer que alguém pudesse enrriquecer com semelhante valor em questão! importancias destas e falhas menores das instituições ou dos contribuintes confundidos com os verdadeiros crimes de enormes consequencias e planeados para defraudar o país em larga escala e que arrastaram todos para dividas a longo prazo.
    Será portanto que chegamos á loucura da hipocrisia descarada e irreflectida de nos preocuparmos mais com descuidos irrelevantes do que com os crimes de larga escala e a ruina de todo o país ?

RESPONDER

Pessoas que espalham ódio na Internet tendem a ser psicopatas

Os utilizadores da Internet que publicam comentários de ódio sobre outras pessoas tendem a ter traços psicopáticos. Por outro lado, os cientistas não encontraram uma correlação entre essa prática e narcisismo ou maquiavelismo. Estes utilizadores são …

Polícia britânica tingiu de negro uma lagoa azul para afastar visitantes

A Polícia britânica decidiu tingir de negro uma lagoa azul muito procurada na região de Derbyshire, visando assim afastar os visitantes e fazer com que estes cumpram o isolamento social exigido pelas autoridades para travar …

A maior cascata do Equador desapareceu repentinamente

A maior cascata do Equador, com cerca de 150 metros, desapareceu repentinamente por causa de uma dolina. Investigadores ainda não sabem se esta apareceu por causas naturais ou humanas. Em fevereiro, a cascata de San Rafael, …

Aprovada descida de 3% na eletricidade no mercado regulado

A Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) aprovou uma descida do preço da tarifa aplicada no mercado regulado de cinco euros por megawatt/hora (MWh). Contas feitas, trata-se de uma redução de aproximadamente 3% no total …

Turquemenistão proibiu o uso da palavra "coronavírus"

Enquanto o mundo luta para conter a propagação da pandemia de covid-19, no Turquemenistão os cidadãos podem ser presos só por dizerem a palavra "coronavírus". De acordo com a rádio NPR, que cita a organização não …

EDP oferece desconto de 20% a profissionais e organizações de saúde

Face à pandemia de covid-19, a EDP vai oferecer um desconto de 20% na fatura da eletricidade a profissionais e organizações de saúde, anunciou esta quarta-feira a empresa liderada por António Mexia em comunicado. “A …

Bill Gates deixa três recomendações para os Estados Unidos combaterem a pandemia

Num artigo publicado no jornal norte-americano Washington Post, o fundador da Microsoft, Bill Gates, deixa três recomendações para os Estados Unidos combaterem a pandemia de covid-19, que já fez 43 mil mortes em todo o …

Comissão de Trabalhadores da TAP pede nacionalização da companhia

A Comissão de Trabalhadores (CT) da TAP reforçou esta quarta-feira o apelo para que a transportadora “se torne 100% pública”, depois de a empresa ter anunciado o lay-off da maioria dos trabalhadores, segundo um comunicado. No …

"Posso ir?" Há uma app que lhe diz como estão as filas nos supermercados

A comunidade tecnológica tech4COVID19 criou uma aplicação móvel que permite aos seus utilizadores consultar as filas e as afluências aos supermercados. A app, sob o nome "Posso ir?", pretende orientar os utilizadores nas idas aos …

Conte pede à Alemanha mais solidariedade europeia. “Se somos uma União, está na hora de o provarmos”

O primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, fez esta quarta-feira um apelo solene à Alemanha para que haja mais solidariedade europeia no combate à pandemia da covid-19, que está a afetar severamente o seu país. “Se somos uma …