Passos Coelho garante os 3% sem necessidade de novas medidas

Walter Branco / Governo de Portugal

O Primeiro Ministro Pedro Passos Coelho

O Primeiro Ministro Pedro Passos Coelho

O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, afirmou hoje, no Fundão, que o Governo não prevê novas medidas de austeridade para alcançar um défice inferior 03%, o qual acha estar perfeitamente ao alcance do país.

“Os resultados que temos vindo a observar, quer em termos de execução orçamentar quer em termos de evolução da atividade económica, reforçam a nossa ideia de que o resultado que esperamos de ter um défice abaixo dos 03% está perfeitamente ao nosso alcance sem necessidade de novas medidas”, afirmou.

Pedro Passos Coelho reagia esta sexta-feira, no Fundão, à declaração do Fundo Monetário Internacional, que apontou “um risco tangível” de Portugal não cumprir a meta do défice este ano “sem cortes adicionais da despesa” e que “é pouco provável” reverter a austeridade sem conter a despesa com salários e pensões.

Na declaração relativa à segunda missão pós-programa, divulgada no dia em que terminaram a visita a Lisboa, os técnicos do Fundo Monetário Internacional consideram que “há um risco tangível de a meta do défice orçamental de 2015, de 2,7% do PIB, não ser cumprida sem cortes adicionais da despesa”.

Questionado sobre a questão, Pedro Passos Coelho reiterou que o Governo está “absolutamente comprometido” em ter um défice “claramente inferior” a 0,3%, objetivo para o qual prosseguirá “um caminho de consolidação orçamental e de declínio da dívida pública”.

“Se não mantivermos a mesma determinação em diminuir esse endividamento, essa responsabilidade perante terceiros, e se não mantivermos o nosso propósito de rigor e de disciplina, claro que o nosso futuro será menos risonho do que aquilo que nós gostaríamos que fosse”, fundamentou, reiterando que tal não implicará novas medidas.

“É nossa convicção de que a meta do défice prevista pelo Governo será atingida sem novas medidas“, reafirmou.

/Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Pelo sorrisinho do P.Portas com que sublinhou idêntica afirmação, parece que se não houver contaminação da imaturidaderevolucionária e irresponsabilidade do Bloco de Esquerda da Grécia, o défice vai ficar bastante abaixo dos 3% e será uma das bandeiras das legislativas

    – Ao fim de 1 ano sem troika Portugal cumpriu perante credores (disciplina e rigor) tendo disso confirmado explícitamente o próprio líder do PS – sem sofismas – perante Chineses.

    Há 3 anos a recuperar a dignidade e credibilidade que os sofistas nos fizeram perder com “armários” e endividamento colossal por invariavelmente empurrarem com a barriga (investimento público).

    Um ano sem troika, 4 anos a governar sem programa próprio, obrigados a cumprir um programa “decretado” por credores (pela 3ª vez desde aquele Abril – O PS dos sofismas) já acedemos aos mercados por conta própria e até já antecipamos pagamentos daquela colossal dívida.
    O sótão limpo, esvaziados os armários, ainda se arruma a casa…

RESPONDER

"Tratam-nos assim por causa da cor da nossa pele". Polícias nos EUA filmados a chicotear migrantes

Fotos e vídeos mostram polícias na fronteira a carregar contra migrantes e a usar objectos semelhantes a chicotes. A Casa Branca já condenou a situação e promete que vai investigar o sucedido. Pareciam imagens do tempo …

Benfica: a principal ameaça na Liga dos Campeões será Darwin

Pelo menos é a visão catalã. Benfica é o próximo adversário do Barcelona. Mais um jogo, mais uma vitória. O Benfica só sabe ganhar no campeonato português, para já, e na noite passada venceu em casa …

Estado vai financiar formação de funcionários públicos em universidades e politécnicos

Verbas destinadas ao projeto provêm do Orçamento do Estado e do Plano de Recuperação e Resiliência — cerca de 600 milhões. O Estado vai financiar, inteira ou parcialmente, as formações profissionais dos profissionais públicos, através do …

Sevilha rescinde com jogador por má forma física

O Sevilha anunciou a rescisão de contrato com o defesa-central Joris Gnagnon por falta de profissionalismo relativamente à sua forma física. De acordo com o jornal A Bola, o Sevilha rescindiu contrato com o defesa-central francês …

"O nosso Governo está pronto". Trudeau volta a ganhar as eleições - mas sem maioria absoluta

O líder do Partido Liberal do Canadá (LP) Justin Trudeau disse hoje, depois de ganhar as eleições gerais do país, que os eleitores canadianos escolheram "um plano progressivo" e que está pronto para formar um …

Travar margens nos combustíveis pode acabar por prejudicar os consumidores (e até fechar bombas)

A proposta de lei do Governo aprovada, na semana passada, para a limitação das margens das petrolíferas nos preços dos combustíveis pode acabar por travar a concorrência e até levar ao encerramento de bombas de …

"Nunca se pode tirar Messi" (mas há um gesto que pode explicar a sua substituição)

A substituição de Messi, e a forma como reagiu, no jogo entre o Paris Saint-Germain e o Lyon da Liga francesa, continua a dar que falar. E agora avança-se a possibilidade de o craque argentino …

Médicos querem que norma de isolamento tenha em conta a atual taxa de vacinação

Com o regresso às aulas, médicos de saúde pública defendem a revisão da norma referente ao isolamento de contactos de risco, para que esta tenha em consideração a elevada taxa de vacinação. O ano letivo arrancou …

Com Moedas como alvo e Temido como "guardiã", Medina prometeu um novo futuro para Lisboa

O candidato da coligação PS/Livre à presidência da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, acusou a direita de ambicionar nas autárquicas de domingo “a segunda volta do jogo que perdeu na disputa do poder legislativo”. Fernando Medina …

Descoberto sistema de esgotos intacto construído por romanos há 2.000 anos

Uma equipa de arqueólogos turcos encontrou um sistema de esgotos perfeitamente intacto na antiga cidade de Tripolo no Meandro. A infraestrutura foi construída por romanos. A antiga cidade de Tripoli no Meandro — também conhecida por …