Partidos parlamentares contam gastar 7,4 milhões na campanha

Mário Cruz / Lusa

Os orçamentos partidários para a campanha das eleições legislativas já foram entregues à Entidade das Contas e Financiamentos Políticos.

Os partidos estão a planear gastar 7,4 milhões de euros na campanha, sendo que a despesa total prevista é 27% abaixo do que o que gastaram em 2015.

De acordo com o Diário de Notícias, só o Bloco de Esquerda e o PAN aumentaram os orçamentos em relação a 2015. Os bloquistas planeiam gastar mais 16,74% do que nas últimas legislativas, chegando quase ao milhão de euros.

Já o PAN prevê gastar 138 mil euros, no total. O partido prevê gastar 61 mil euros na “estrutura”, 20 mil em “folhetos e programas Braille”, 19 mil para “deslocações, dormidas, refeições em campanha”, 17 mil para outdoors e 4500 nos tempos de antena das televisões e rádios. A rubrica dos “brindes” foi reduzida a zero.

Por outro lado, o PSD é o partido que mais prevê poupar face às últimas legislativas. A rubrica onde está prevista a maior poupança é na “conceção da campanha, agências de comunicação e estudos de mercado”. Há quatro anos, o PSD gastou quase um milhão de euros nessa despesa. Já o CDS, que em 2015 viu os gastos finais ficarem 49,6% acima do planeado, tem em vista gastar 700 mil euros neste ano.

Em 2015, o PSD e o CDS avançaram coligados – exceto nos Açores e na Madeira – mas estabeleceram entre si um ratio de peso relativo nas despesas de cada um dos partidos de 77% (para o PSD) contra 23% (CDS) – o PSD orçamentou nesse ato eleitoral 2,3 milhões de euros mas acabou por gastar 3,6 milhões – um desvio de quase 55%.

Em 2015, a CDU foi a única das formações com assento na Assembleia da República sem derrapagem nas contas – pelo contrário, a coligação liderada pelos comunistas acabou por gastar menos do que o que tinha orçamentado. Agora, os comunistas apontam para uma despesa total na ordem dos 1,2 milhões de euros – menos 15,8% do que o que gastaram há quatro anos.

O PS é o partido que orçamenta a campanha mais cara, num valor pouco abaixo dos 2,5 milhões de euros. Os comícios e espetáculos serão a fatia mais dispendiosa da campanha, seguidos da propaganda, comunicação impressa e digital, onde os socialistas planeiam gastar 508,1 mil euros.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. “Os partidos estão a planear gastar 7,4 milhões de euros na campanha” e eu pergunto: e quanto pensam em gastar para limparem a sujeira que fizeram ao fixar cartazes e pinturas?
    estao sempre preocupados no ambiente, mas quando chegam a estas alturas, todos esquecem-se do ambiente
    porque nao fazem uma campanha sem sujarem?
    se pensam gastar assim tanto é porque sabem que depois o dinheiro dos contribuintes lhes vai cair no bolso
    se deixassem de dar esse dinheiro, ja o estado podiam investir em coisas bem melhores (hospitais, escolas, etc)
    se acabassem com o financiamento dos partidos, ja nao tinhamos tantos partidos a concorrer e as ruas estavam mais limpas

RESPONDER

António Costa avisa TAP. Plano de rotas "não tem credibilidade"

O primeiro-ministro considera que a Comissão Executiva da TAP tem o dever legal de "gestão prudente" e "não tem credibilidade" um plano de rotas sem prévia informação sobre a estratégia de reabertura de fronteiras de …

Acordo iminente entre FC Porto e PSG por Alex Telles. Dragões encaixam 25 milhões

O desportivo A Bola garante esta quarta-feira que está praticamente alcançado o acordo para a para a transferência de Alex Telles do FC Porto para o PSG. De acordo com o jornal, o negócio que levará …

Líder do CDS não descarta coligações com o Chega (nem apoio a Marcelo nas Presidenciais)

Francisco Rodrigues dos Santos disse, esta quarta-feira, que os "partidos à direita do PS" devem ter as mesmas ferramentas que a geringonça. Por esse motivo, não descarta coligações com o Chega. Numa entrevista à TSF, o …

Sem contrato com Estado, CP só tem dinheiro até junho

A CP - Comboios de Portugal enfrenta dificuldades de liquidez, não só por causa do impacto económico da pandemia, mas também porque o Estado ainda não pagou a respetiva compensação anual pelo serviço público prestado. De …

Encontradas ruínas de uma cidade chinesa construída há 5.300 anos

As ruínas de uma antiga cidade chinesa com 5.300 anos foram encontradas por uma equipa de investigadores. A descoberta revela um planeamento urbano sem precedentes. Uma equipa de investigadores encontrou as ruínas de uma antiga cidade …

Twitter coloca alerta de "verificação de factos" em publicações de Donald Trump

O Presidente dos Estados Unidos rejeitou na terça-feira a interferência do Twitter na "liberdade de expressão" que a rede social exerceu diretamente contra um texto publicado, através do novo processo de verificação de mensagens. "O Twitter …

PSP detém dois polícias suspeitos de integrar grupo criminoso violento

Dois polícias foram detidos numa operação que a PSP está a realizar, esta quarta-feira, em várias zonas do país, em particular em Lisboa e em Setúbal, no âmbito de uma investigação sobre um grupo criminoso …

Queda de 7% do PIB e desemprego nos 10%. As previsões do Governo divulgadas aos partidos

Queda de 7% no PIB, défice de 6,5% e taxa de desemprego a atingir os 10%. Estas são as previsões macroeconómicas do Governo, que continuou esta terça-feira a ronda com os partidos com assento Parlamentar. …

Proteína "antienvelhecimento" que atrasa crescimento celular é fundamental na longevidade

Uma equipa de cientistas identificou uma nova proteína antienvelhecimento, que controla o metabolismo das outras proteínas, um processo implicado no envelhecimento e na doença. Os seres humanos estão a viver mais do que nunca. No entanto, …

Em protesto, as farmácias vão fechar 23 minutos. Infarmed avisa que podem sofrer sanções

As farmácias estão vinculadas a obrigações legais e incorrem em sanções, avisou terça-feira a Infarmed, em resposta à Associação Nacional das Farmácias (ANF) que anunciou para esta quarta-feira uma paragem simbólica dos serviços farmacêuticos. “Inerente ao …