Partido Trabalhista vai chumbar acordo para o Brexit e pedir eleições antecipadas

Andy Rain / EPA

O líder do Partido Trabalhista britânico, Jeremy Corbyn

O partido Trabalhista, principal partido da oposição, vai chumbar o acordo negociado pelo governo britânico para a saída do Reino Unido da União Europeia e quer eleições antecipadas, afirmou nesta terça-feira o líder, Jeremy Corbyn.

“Se a primeira-ministra é incapaz de negociar um acordo que consiga ganhar uma maioria no parlamento e funcionar para o país todo, o plano alternativo do Labour pode e deve tomar o seu lugar”, disse, no encerramento da conferência anual da organização patronal Confederação da Indústria Britânica, em Londres.

A totalidade dos partidos da oposição, dezenas de deputados do partido Conservador e até o Partido Democrata Unionista, cujos 10 deputados sustêm a maioria do governo na Câmara dos Comuns, já afirmaram a intenção de chumbar o texto, pondo em causa a necessária aprovação no parlamento britânico.

Corbyn apelou para um “acordo sensato” que garanta uma “relação forte” com o mercado único europeu e que mantenha os direitos dos trabalhadores, dos consumidores ou para a proteção do ambiente ao nível dos estabelecidos pela UE

O líder dos trabalhistas defendeu ainda “uma nova união aduaneira abrangente e permanente com um poder de decisão britânico em futuros acordos comerciais que assegure que não vai haver uma fronteira física na Irlanda do Norte e evite a necessidade da solução mal negociada pelo governo”.

Corbyn admitiu que, se não forem convocadas eleições legislativas, o partido Trabalhista mantém-se aberto a outras opções, “incluindo alguma forma de voto público”.

O que o Labour não aceitará é o cenário da falta de acordo, garantiu, confiante de que “nem o governo nem o parlamento apoiariam um caminho tão extremo e francamente perigoso” e que preocupa os empresários.

“A ameaça simplesmente não é realista. Se o governo acreditasse que a falta de acordo era uma opção genuína, teria feito preparativos sérios, mas não fez”, sublinhou.

CBI disposta a continuar a falar

A secretária-geral da CBI, Carolyn Fairbairn, comentou na introdução a Corbyn estar em “em desacordo” com “muitos aspetos” das propostas do partido Trabalhista, mas mostrou-se disposta a “continuar a falar”.

Antes, durante a tarde, criticou a intervenção da primeira-ministra, Theresa May, que deu destaque ao controlo da imigração como um dos maiores benefícios do Brexit e do acordo de saída da União Europeia.

“No futuro já não será possível aos cidadãos da UE, independentemente das competências ou da experiência que têm a oferecer, poderem passar na fila à frente dos engenheiros de Sydney ou dos programadores de informática de Deli”, prometeu Theresa May.

A diretora da CBI, organização que agrega cerca de 190 mil empresas, lamentou que o governo não esteja a ter em conta as necessidades de empresas de trabalhadores com qualificações menos elevadas, mas igualmente necessárias.

“A livre circulação de pessoas está a acabar e um novo sistema de imigração representa uma mudança sísmica, a que as empresas em todo o país precisam de tempo para se adaptar. Uma falsa escolha entre trabalhadores com qualificações altas e baixas privaria empresas, desde construtoras de casas a prestadoras de cuidados de saúde, de competências vitais que elas precisam para prosperar”, enfatizou.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Maior manifestação de sempre em Hong Kong leva Governo a pedir desculpa

Seis horas depois do início da marcha de protesto contra a lei da extradição, “uma multidão nunca vista” continuava a inundar as ruas de Hong Kong este domingo, na “maior manifestação de sempre”, disseram vários …

Mais de 200 ex-políticos acumulam subvenções vitalícias e reformas

Quase quinze anos depois de o Parlamento ter decidido acabar com as subvenções vitalícias, existem ainda 322 beneficiários de subvenções mensais vitalícias para antigos políticos. Destes, 216 têm uma acumulação de pensão e subvenção superior …

Mulher de Netanyahu considerada culpada de usar dinheiros públicos em refeições de luxo

A mulher do primeiro-ministro israelita foi, no domingo, considerada culpada do uso indevido de dinheiros públicos e condenada a pagar uma multa, segundo uma decisão do tribunal de Jerusalém. Acusada em junho de 2018 por fraude, …

Incêndio catastrófico destruiu a "Pompeia britânica" um ano depois de ser construída

O assentamento incrivelmente preservado na Idade do Bronze, denominado "Pompeia britânica", foi destruído por um incêndio um ano depois de ser construído. Um novo estudo, publicado na revista Antiquity, revela novos detalhes sobre Must Farm, uma …

Marcelo responde à Fenprof: uma “história mal amanhada”

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, considerou este domingo incompreensíveis as críticas da federação dos professores, que o acusou de não ser Presidente de todos os portugueses. O Presidente da República advertiu que, “por …

"Onde está o Boris?". Channel 4 marca ausência de favorito à liderança do Partido Conservador com cadeira vazia

A ausência de Boris Johnson, o favorito para ganhar a eleição interna no partido Conservador para suceder à primeira-ministra britânica, Theresa May, foi este domingo simbolizada por um lugar vazio num debate televisivo com os …

Os humanos podem ter sido destinados a reinar sobre a Terra (e já sabemos porquê)

Se voltássemos atrás no tempo, a aleatoriedade dos eventos mudaria completamente o nosso caminho evolucionário. No entanto, os cientistas descobriram que os inúmeros trilhos possíveis poderiam não evitar que fossem os humanos a espécie dominadora. O …

Mau tempo nos Açores faz nove desalojados

Nove pessoas tiveram de ser realojadas na ilha Terceira, no domingo, devido ao mau tempo que está a afetar os grupos central e oriental dos Açores, informou o Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros …

Argentina e Uruguai estiveram completamente às escuras no domingo

Uma avaria deixou sem energia, este domingo, praticamente todo o território da Argentina e do Uruguai, além de partes do Brasil e do Paraguai, anunciaram as empresas fornecedoras de eletricidade. "Uma falha maciça no sistema de …

Novo laser ataca e mata células cancerígenas da corrente sanguínea em tempo real

Uma equipa de cientistas da Universidade de Arkansas testou com sucesso um laser que encontra e mata células cancerígenas - tudo do lado de fora da pele. A ideia é matar as células cancerígenas antes que …