Partido Trabalhista enfrenta onda de demissões

lewishamdreamer / Flickr

Jeremy Corbyn, o novo líder do 'Labour', o Partido Trabalhista britânico

Jeremy Corbyn, o líder do ‘Labour’, o Partido Trabalhista britânico

Vários membros do Partido Trabalhista já se demitiram e outros devem-no fazer ainda este domingo, em protesto contra o líder Jeremy Corbyn.

Depois do referendo que ditou a saída do Reino Unido da União Europeia, o país vive num clima de indignação e incertezas.

Além dos “arrependidos” que exigem um novo referendo, chegou agora a onda de incertezas ao Partido Trabalhista britânico.

Tudo começou depois do líder Jeremy Corbyn ter afastado na noite de sábado o responsável pelos Negócios Estrangeiros do seu gabinete sombra.

Em causa estavam as declarações de Hilary Benn, que admitiu, no rescaldo do referendo, que perdeu a confiança na capacidade do seu líder para liderar o “Labour”.

Agora, de acordo com a BBC, sucedem-se as demissões que podem levar o partido da oposição a uma profunda crise.

O protesto começou este domingo com a porta-voz da Saúde, Heidi Alexander, a apresentar a sua demissão.

“Aqueles que vão ser mais atingidos pelo choque económico associado ao voto pela saída da União Europeia precisam de uma oposição forte, tal como as comunidades que receiam o aumento dos níveis de intolerância, ódio e divisão”, escreveu.

Seguiu-se Lucy Powell, com a pasta da Educação, Kerry McCarthy, responsável pela pasta do Ambiente, Lilian Greenwood, responsável no partido pelos Transportes, Gloria de Piero, a responsável no partido pelas políticas para os jovens e a secretária do Tesouro Seema Malhotra.

A estes membros junta-se ainda, Ian Murray, responsável do Partido Trabalhista na Escócia.

Segundo os media ingleses, os membros do partido não acreditam que o atual líder seja capaz de vencer as eleições que podem acontecer nos próximos meses, depois da recente demissão de David Cameron.

Também se destaca o facto de Corbyn ter tido um fraco envolvimento na campanha pela permanência do país na UE.

Para já, o líder trabalhista garantiu que não se demite do cargo mas as próximas demissões, que devem continuar a suceder-se durante o dia de hoje, podem vir a mudar este cenário.

Os aliados de Corbyn garantem que este vai permanecer no cargo, como é o caso do chanceler John McDonnell que diz que o seu líder “não vai a lado nenhum”. A ele juntam-se os membros Andy Burnham, Diane Abbott e Emily Thornberry.

ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

União Europeia favorável a nova extensão do Brexit mas ainda sem resposta para Londres

Os 27 Estados-membros da União Europeia são favoráveis a um novo adiamento do ‘Brexit’, solicitado pelo governo britânico, mas ainda discutem a sua extensão e as conversações prosseguirão no final da semana, revelaram fontes europeias. O …

A maior família do Reino Unido vai crescer. Vem aí o 22º filho

A família Radford, conhecida como a maior do Reino Unido, anunciou através de um vídeo no YouTube que estão à espera do 22.º filho. A família Radford vive em Morecambe, Inglaterra, e anunciou através do seu …

Cientistas testam medicamento que pode revelar-se mais eficaz para tratar gripe

Cientistas testaram em animais um novo medicamento que pode revelar-se mais eficaz no tratamento da gripe, ao induzir mutações genéticas nos vírus que causam a infeção impedindo a sua replicação e a sua atividade, foi …

PSD vai indicar Fernando Negrão para vice-presidente da Assembleia da República

O PSD vai indicar o líder parlamentar cessante Fernando Negrão para vice-presidente da Assembleia da República, disse hoje à Lusa fonte oficial da bancada social-democrata. A mesma fonte indicou que o PSD irá ainda propor como …

Funcionário da Casa Branca que publicou artigo anónimo sobre Trump vai lançar livro "explosivo"

O alto funcionário da Casa Branca que em setembro do ano passado escreveu de forma anónima um artigo de opinião no The New York Times vai lançar um livro no próximo mês. De acordo com o …

Grupos secretos do Facebook prometem falsas curas para cancro e autismo

Uma investigação do Business Insider expôs casos de contas e grupos secretos no Facebook que passam publicitam "medicamentos" e "tratamentos" alternativos que custam milhares de dólares mas que, na verdade, não passam de fraudes. Segundo noticiou …

Ministério repudia agressões nas escolas e fala em casos "residuais"

O Ministério da Educação garante que as situações de violência grave nas escolas são “residuais” e que existe uma tendência de diminuição de casos, repudiando todas as agressões que considera "inaceitáveis seja quem for o …

Surto de anthrax pode ter matado mais de 100 elefantes no Botswana

Um surto de anthrax pode estar na origem da morte de mais de 100 elefantes no Botswana ao longo dos dois últimos meses. Fontes do Governo do Botswana adiantaram, citadas pela Reuters, que "as investigações preliminares …

Nove migrantes encontrados vivos em novo camião no Reino Unido

A polícia britânica encontrou um segundo camião onde viajavam nove migrantes, todos eles vivos. Ainda hoje foi encontrado um camião com 39 pessoas mortas. Horas depois de ter sido encontrado um camião com 39 pessoas mortas, …

Brexit. Primeiro-ministro da Irlanda apoia adiamento até 31 de janeiro

O primeiro-ministro da Irlanda, Leo Varadkar, defendeu esta quarta-feira uma prorrogação da data do 'Brexit' até 31 de janeiro, num telefonema com o presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, que já recomendou aos 27 que …