Parlamento quer destituir “juízes golpistas” do Supremo da Venezuela

chavezcandanga / Flickr

Asamblea Nacional de Venezuela

Asamblea Nacional de Venezuela

O parlamento venezuelano, controlado pelo oposição, anunciou este domingo que irá dar início, na terça-feira, ao processo para remover dos seus cargos os magistrados da Sala Constitucional do Superior Tribunal de Justiça que, afirma, perpetraram um “golpe de estado”.

Na quinta-feira passada, o Supremo Tribunal decidiu assumir as funções da Assembleia Nacional da Venezuela, dominada pela oposição ao presidente Nicolás Maduro, no que foi denunciado como uma tentativa de Maduro de instaurar uma ditadura – acção que foi condenada quer dentro do país que pela comunidade internacional.

Este sábado, depois de um apelo deixado por Maduro, o Supremo Tribunal de Justiça voltou atrás e revogou a decisão de assumir as competências do Congresso.

“Esses magistrados que deram um golpe de estado não podem ficar impunes”, afirmou o primeiro vice-presidente da Assembleia Nacional, o opositor Freddy Guevara, a partir do Palácio Federal Legislativo. O deputado anunciou que a Câmara vai iniciar o processo de destituição dos juristas do Supremo esta terça-feira.

Os opositores insistem na remoção dos juristas que dirigem a Justiça venezuelana, apesar de o TSJ ter anulado este sábado algumas partes das duas polémicas sentenças com as quais assumia as competências do parlamento e limitava a imunidade parlamentar.

Freddy Guevara apelou ainda aos seus partidários e restantes aliados que mostrem que não vão “obedecer a esta tirania”.

O parlamentar aproveitou e aplaudiu a posição da procuradora-geral, Luisa Ortega, que a semana passada qualificou a decisão do Supremo como uma “ruptura da ordem constitucional”.

Esta semana, o presidente do parlamento, Julio Borges, acusou os magistrados em entrevista televisiva de terem cometido crimes “contra a humanidade” e afirmou que a justiça venezuelana e a do mundo eram contra os que atentam contra os direitos dos cidadãos de seu país.

O ex-presidente do Legislativo, o também opositor Henry Ramos Allup, afirmou este domingo em mensagem no Twitter que irão aos respectivos tribunais disciplinares para que “tirem os títulos e expulsem membros” da “sala inconstitucional”.

Freddy Guevara não deixou claro qual é o objetivo ou o alcance do acto do parlamento contra os magistrados que integram a Sala Constitucional do Supremo, dado que a câmara venezuelana está em “desacato” há mais de um ano – os seus actos são considerados “nulos” e portanto inválidos pelo Supremo.

A aliança opositora Mesa de Unidade Democrática, MUD, obteve, nas eleições de 6 de dezembro de 2015, a primeira vitória em 16 anos, conseguindo eleger 112 dos 167 lugares que compõem o parlamento, uma maioria de dois terços que lhe conferia amplos poderes e marcava uma viragem história contra o regime chavista de Nicolás Maduro.

Mas a 31 de dezembro, o STJ ordenou a suspensão da posse de três parlamentares da oposição e de um governista, com o que apenas 109 deputados da oposição e 54 do Partido Socialista Unido da Venezuela foram declarados aptos para iniciar funções.

No entanto, o presidente da Assembleia, Henry Ramos Allup, empossou os três parlamentares opositores, reivindicando a maioria de dois terços no parlamento – acto questionado pelos deputados simpatizantes do chavismo, e que justificou a decisçao do Supremo de considerar a Câmara em “desacato”.

O parlamento já tentou, no início de 2016, a destituição de vários destes mesmos magistrados, por considerar que foram nomeados pelo chavismo de forma irregular, sem no entanto conseguirem materializar a saída dos juristas.

// EFE

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

A Microsoft quer usar a inteligência artificial para salvar a nossa história

https://vimeo.com/349508365 Muitas pessoas olham para a tecnologia como a ameaça que vai condenar a nossa espécie, mas a Microsoft planeia agora usar inteligência artificial para preservar a nossa cultura, linguagem e história. O projeto "AI for Good", …

Uber cobrou 100 vezes mais a passageiros nos Estados Unidos

Vários passageiros da Uber nos Estados Unidos denunciaram que a empresa lhes cobrou 100 vezes mais do que o preço inicialmente apresentado na aplicação, noticia a BBC. A Uber já reagiu, dizendo que o problema …

Barbie alia-se à ESA para mostrar que as mulheres também podem ser astronautas

A Barbie e a Agência Espacial Europeia (ESA) deram as mãos para incentivar as crianças a tornarem-se na próxima geração de astronautas, engenheiras e cientistas espaciais, realçando as conquistas da única astronauta viva da Europa, …

Filho de Júlio Iglesias e portuguesa querem a sua parte da herança, que pode chegar aos 30 milhões

Agora que foi reconhecido, pelo tribunal, como filho de Júlio Iglesias, Javier Sánchez quer ter direito à sua parte da herança - 30 milhões de euros - e a uma indemnização por danos morais. Segundo divulgou …

Na terceira semana de julho contam-se cisnes no rio Tamisa (e é um assunto real)

Há vários séculos que contar cisnes no rio Tamisa é um assunto sério e real. Swan upping é o nome desta tradição que conta com a participação da coroa britânica. A tradição manda: na terceira semana …

Ciborgues vão dominar a Terra até ao final do século XXI, diz cientista

A ideia de que as máquinas com inteligência artificial irão coexistir, dominar ou até mesmo destruir a humanidade tem ganho destaque na ficção científica. Esta ideia está presente e tem ganho grande popularidade como, por exemplo, …

Concorrência acusa associações de anunciantes e de agências de publicidade de violarem regras de mercado

A Autoridade da Concorrência (AdC) acusou a Associação Portuguesa de Anunciantes (APAN) e a Associação Portuguesa de Agências de Publicidade, Comunicação e Marketing (APAP) "de limitarem o normal funcionamento do mercado ao estipularem uma regra …

Vídeo raro mostra últimos índios isolados da Amazónia para evitar um genocídio

Imagens da tribo isolada Awá, que não mantém contacto com o exterior e que está ameaçada pelo avanço dos madeireiros, na Amazónia, foram divulgadas pela organização não-governamental (ONG) Survival International como uma forma de alerta …

KLM citou estudo sobre lugares onde é mais provável sobreviver

Citando um estudo da Time, a companhia aérea KLM escreveu que "a taxa de mortalidade para os assentos no meio do avião é maior" e foi muito criticada. Após a polémica recente em que a tripulação …

Elefantes são os nossos aliados na luta contra as alterações climáticas

Os elefantes-da-floresta desempenham um papel importantíssimo na luta contra as alterações climáticas, nomeadamente no armazenamento de carbono. No entanto, a espécie está em vias de extinção. Isto de acordo com um novo estudo publicado esta segunda-feira …