Parlamento quer destituir “juízes golpistas” do Supremo da Venezuela

chavezcandanga / Flickr

Asamblea Nacional de Venezuela

Asamblea Nacional de Venezuela

O parlamento venezuelano, controlado pelo oposição, anunciou este domingo que irá dar início, na terça-feira, ao processo para remover dos seus cargos os magistrados da Sala Constitucional do Superior Tribunal de Justiça que, afirma, perpetraram um “golpe de estado”.

Na quinta-feira passada, o Supremo Tribunal decidiu assumir as funções da Assembleia Nacional da Venezuela, dominada pela oposição ao presidente Nicolás Maduro, no que foi denunciado como uma tentativa de Maduro de instaurar uma ditadura – acção que foi condenada quer dentro do país que pela comunidade internacional.

Este sábado, depois de um apelo deixado por Maduro, o Supremo Tribunal de Justiça voltou atrás e revogou a decisão de assumir as competências do Congresso.

“Esses magistrados que deram um golpe de estado não podem ficar impunes”, afirmou o primeiro vice-presidente da Assembleia Nacional, o opositor Freddy Guevara, a partir do Palácio Federal Legislativo. O deputado anunciou que a Câmara vai iniciar o processo de destituição dos juristas do Supremo esta terça-feira.

Os opositores insistem na remoção dos juristas que dirigem a Justiça venezuelana, apesar de o TSJ ter anulado este sábado algumas partes das duas polémicas sentenças com as quais assumia as competências do parlamento e limitava a imunidade parlamentar.

Freddy Guevara apelou ainda aos seus partidários e restantes aliados que mostrem que não vão “obedecer a esta tirania”.

O parlamentar aproveitou e aplaudiu a posição da procuradora-geral, Luisa Ortega, que a semana passada qualificou a decisão do Supremo como uma “ruptura da ordem constitucional”.

Esta semana, o presidente do parlamento, Julio Borges, acusou os magistrados em entrevista televisiva de terem cometido crimes “contra a humanidade” e afirmou que a justiça venezuelana e a do mundo eram contra os que atentam contra os direitos dos cidadãos de seu país.

O ex-presidente do Legislativo, o também opositor Henry Ramos Allup, afirmou este domingo em mensagem no Twitter que irão aos respectivos tribunais disciplinares para que “tirem os títulos e expulsem membros” da “sala inconstitucional”.

Freddy Guevara não deixou claro qual é o objetivo ou o alcance do acto do parlamento contra os magistrados que integram a Sala Constitucional do Supremo, dado que a câmara venezuelana está em “desacato” há mais de um ano – os seus actos são considerados “nulos” e portanto inválidos pelo Supremo.

A aliança opositora Mesa de Unidade Democrática, MUD, obteve, nas eleições de 6 de dezembro de 2015, a primeira vitória em 16 anos, conseguindo eleger 112 dos 167 lugares que compõem o parlamento, uma maioria de dois terços que lhe conferia amplos poderes e marcava uma viragem história contra o regime chavista de Nicolás Maduro.

Mas a 31 de dezembro, o STJ ordenou a suspensão da posse de três parlamentares da oposição e de um governista, com o que apenas 109 deputados da oposição e 54 do Partido Socialista Unido da Venezuela foram declarados aptos para iniciar funções.

No entanto, o presidente da Assembleia, Henry Ramos Allup, empossou os três parlamentares opositores, reivindicando a maioria de dois terços no parlamento – acto questionado pelos deputados simpatizantes do chavismo, e que justificou a decisçao do Supremo de considerar a Câmara em “desacato”.

O parlamento já tentou, no início de 2016, a destituição de vários destes mesmos magistrados, por considerar que foram nomeados pelo chavismo de forma irregular, sem no entanto conseguirem materializar a saída dos juristas.

// EFE

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Maduro anuncia "gotas milagrosas" 100% eficazes contra a covid-19

Este domingo, o Presidente venezuelano Nicolás Maduro apresentou um suposto medicamento desenvolvido no país que descreveu como "gotas milagrosas", 100% eficazes contra a covid-19. O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, apresentou este domingo umas gotas que …

Associação de Juízes pede urgência na aprovação de lei sobre suspensão de prazos processuais

A Associação Sindical dos Juízes Portugueses (ASJP) pediu esta segunda-feira ao Governo e ao parlamento a "maior urgência" na aprovação da proposta de lei que determina a suspensão dos prazos nos processos judiciais não urgentes. Segundo …

Marisa Matias e João Ferreira ficam sem subvenção pública

As candidaturas de João Ferreira e Marisa Matias não vão receber a subvenção pública para financiar as suas campanhas eleitorais, uma vez que ficaram abaixo dos 5%, a fasquia imposta pela lei para ter acesso …

Misericórdias de Viseu apelam ao bom senso na vacinação

O presidente do secretariado regional de Viseu da União das Misericórdias disse esta segunda-feira à agência Lusa que na vacinação contra a covid-19 “tem de haver bom senso” e explicou que, quando sobram vacinas, “têm …

Quatro futebolistas e presidente do Palmas morrem em queda de avioneta no Brasil

Quatro futebolistas e o presidente do Palmas morreram ontem num acidente de aviação a caminho de Goiânia, onde a equipa da quarta divisão brasileira ia defrontar o Vila Nova na Taça Verde. "Lamentamos informar que não …

Marcelo bate recorde de Mário Soares. É o primeiro a ganhar em todos os concelhos

Marcelo Rebelo de Sousa foi o primeiro candidato a ganhar todos os concelhos numas eleições presidenciais em democracia. O candidato a Presidente da República e reeleito para o cargo, Marcelo Rebelo de Sousa, ganhou a votação …

Portugal regista mais 252 mortes e 6.923 casos de covid-19

Portugal registou, esta segunda-feira, mais 252 mortes e 6.923 novos casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde, …

Pintor Francisco Gaia morre aos 87 anos

O pintor e escultor Francisco Gaia, que realizou exposições nos Estados Unidos, Holanda e Portugal, morreu no sábado, em Vila Franca de Xira, aos 87 anos, vítima de covid-19, disse a família à agência Lusa …

"El Chapo asiático", um dos traficantes mais procurados do mundo, detido em Amesterdão

Tse Chi Lop, o líder do The Company, uma rede criminosa que domina um mercado ilegal de drogas em toda a Ásia, avaliada em mais de 70 mil milhões de dólares, foi detido na sexta-feira …

Bernardo Silva desmente treinador Renato Paiva e atira: "Depois do ingrato, impaciente"

Bernardo Silva recorreu neste fim-de-semana às redes sociais para desmentir as declarações de Renato Paiva, treinador da formação do SL Benfica, que afirmou que o internacional português não teve paciência para esperar pela sua oportunidade …