Para eliminar “veneração do Ocidente”, China quer retirar livros de Bill Gates e Steve Jobs das listas de leitura

Este mês, as autoridades chinesas ordenaram que os livros “que veneram as ideias ocidentais” e “abraçam todas as coisas estrangeiras” fossem removidos das listas de leitura e das bibliotecas nas escolas primárias e secundárias. 

De acordo com o Nikkei Asia, uma grande seleção de títulos – particularmente que contêm informações sobre ideias políticas e culturais do Japão e do mundo ocidental – podem ser removidos. Incluídas estão também as biografias de Bill Gates e Steve Jobs, que são ambos conhecidos na China como “filhos-propaganda do capitalismo dos Estados Unidos”.

Todos os livros que “veneram estrangeiros” serão removidos das listas de leitura das escolas, uma mudança que afeta cerca de 240 milhões de alunos do ensino básico e médio em todo o país, segundo conta o jornal chinês Epoch Times.

Uma escola secundária de Pequim, por exemplo, encheu as suas estantes com os discursos do presidente chinês Xi Jinping. A escola também tem várias cópias de livros que promovem Xi e a ideologia do Partido Comunista Chinês, incluindo “Sonho Chinês do Grande Rejuvenescimento da Nação Chinesa”, uma coleção de discursos e documentos de Xi.

O sistema educacional chinês e o conteúdo dos livros escolares são rigidamente controlados e frequentemente refletem a versão da história do Partido. Os livros didáticos contêm apenas material “patriótico” e omitem qualquer menção a alguns eventos históricos, como os protestos pró-democracia na praça Tiananmen de 1989.

Livros de história no país também enfatizam que as ilhas disputadas ao largo de Okinawa – conhecidas como Ilhas Senkaku para os japoneses e Ilhas Diaoyu para os chineses – pertencem apenas à China, enfatizando a reivindicação territorial do país.

Além da remoção destes livros das listas de leitura das escolas, o site chinês People’s Daily anunciou na rede social Weibo que lançaria uma lista de leitura todos os meses para os adultos “aprenderem cerca de 100 gloriosos anos do Partido Comunista“.

Essa lista será lançada em edições mensais na preparação para o 100.º aniversário do Partido em 1 de julho. A festa não fará um desfile militar devido à pandemia, mas o centenário provavelmente será comemorado com muita cerimónia.

Esta não é a primeira vez que a China remove livros que considera politicamente incorretos ou antipatrióticos. Em julho de 2020, a agência Reuters relatou que escolas de todo o país participaram num exercício nacional para retirar livros que o governo considera “ilegais” ou “inadequados”.

Centenas de milhares de livros foram descartados, incluindo livros sobre Cristianismo e Budismo, bem como os romances “Animal Farm” e “1984” de George Orwell.

A reforma do sistema de ensino de Hong Kong

A repressão aos livros na China coincide com um movimento do país para reformar o sistema educacional de Hong Kong.

No final de março, o Hong Kong Free Press relatou que todas as escolas da cidade receberiam uma caixa de 48 volumes de livros intitulada “A minha casa é na China”. Os livros foram distribuídos, juntamente com uma lista de leitura de cerca de 100 livros, sobre a cultura tradicional chinesa.

O SCMP relatou ainda que o secretário de educação de Hong Kong, Kevin Yeung, disse que dois conjuntos de livros foram fornecidos para cada escola primária e um para cada escola secundária, para “fomentar um senso de patriotismo nos alunos”.

Por sua vez, o Escritório de Educação de Hong Kong anunciou que substituiria os “estudos liberais” por uma disciplina chamada “cidadania e desenvolvimento social”.

De acordo com o South China Morning Post, esta nova disciplina irá educar os jovens de Hong Kong sobre a “consciência nacional chinesa”, ensinando os alunos sobre a constituição chinesa e o plano quinquenal da China.

Em 15 de abril, escolas em Hong Kong marcaram o “Dia da Educação para a Segurança Nacional”, com cerimónias de hasteamento da bandeira chinesa.

Maria Campos, ZAP //

 

PARTILHAR

RESPONDER

Puigdemont em liberdade, mas com proibição de sair da Sardenha

O Tribunal de Recurso de Sassari decidiu, esta sexta-feira, deixar em liberdade o ex-presidente catalão Carles Puigdemont. Enquanto decorrer o processo judicial, não pode sair da ilha italiana. Carles Puigdemont saiu em liberdade esta sexta-feira, depois …

Centenas de pessoas protestam em Barcelona contra a prisão de Puigdemont em Itália

Centenas de pessoas reuniram-se próximo do consulado italiano em Barcelona em protesto contra a prisão de Carles Puigdemont. Centenas de pessoas reuniram-se esta sexta-feira próximo do consulado italiano em Barcelona, guardado por um forte dispositivo da …

Portugal com mais 9 mortes e 757 casos de covid-19

Portugal registou 757 novos casos e nove mortes na sequência da infeção por covid-19, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde. Segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde, Portugal registou, nas últimas …

EUA comprometem-se a tomar medidas concretas para resolver diferenças com França

Os Estados Unidos continuam a tentar resolver as diferenças com a França na sequência da crise dos submarinos, com o secretário de Estado a admitir que Washington terá de tomar medidas concretas para reconquistar a …

Portugueses suspeitos de violação em Espanha vão ser libertados

Depois de um recurso inicial ter sido rejeitado por perigo de fuga, um tribunal de instância superior aceitou o pedido de libertação dos dois portugueses que estavam em prisão preventiva desde Julho. Vão ser libertados esta …

Administração da insolvência defende a viabilização da Dielmar

As manifestações de interesse na compra da Dielmar devem ser apresentadas até à próxima segunda-feira. A assembleia de credores está marcada para 6 de Outubro. Segundo revela uma fonte próxima ao Jornal Económico, o administrador da …

FBI emite mandado de detenção a Brian Laundrie, namorado de Gabby Petito

O namorado de Gabby Petito desapareceu três dias depois da jovem também ter sido dada como desaparecida. O jovem de 23 anos está também a ser acusado de fraude bancária. O FBI emitiu esta quarta-feira um …

Cavidade gigante no espaço lança nova luz sobre a formação estelar

Astrónomos que analisaram mapas 3D das formas e tamanhos de nuvens moleculares próximas descobriram uma cavidade gigantesca no espaço. O vazio em forma de esfera, descrito na revista The Astrophysical Journal Letters, abrange cerca de 150 …

Professor que fazia vídeos obscenos foi suspenso

O Ministério da Educação suspendeu o professor de Economia e Direito da Escola Secundária Eça de Queirós, na Póvoa de Varzim, que terá um canal de YouTube com vídeos obscenos. O docente da Secundária Eça de …

Bolsonaro quis apostar caixa de uísque com Boris Johnson por “anticorpos”

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, revelou na quinta-feira que tentou "apostar uma caixa de uísque" com o primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, alegando ter mais anticorpos para a covid-19 do que o britânico. A sugestão …