Paquistanesa envenena família depois de ser obrigada a casar-se

Hashoo Foundation / Flickr

Uma paquistanesa envenenou o marido e outros 26 familiares dele depois de ter sido obrigada pelos pais a casar-se em setembro. O envenenamento resultou em 15 mortes até agora, entre elas a do marido. A mulher terá sido ajudada pelo homem com quem mantinha uma relação paralela.

A última das vítimas, uma menina, morreu esta terça-feira, explicou à Agência Efe o agente Abdul Khaliq, porta-voz da polícia na cidade de Lashari, no leste do país, onde, a dia 25 de outubro, começou o pesadelo para a família do marido de Asiya Bibi.

Na manhã daquele dia, Bibi pôs o veneno que tinha recebido do amante, Muhammed Shahid, no leite utilizado para a preparação de um iogurte típico da região conhecido como lassi.

Pelo menos 27 familiares do marido consumiram o iogurte, entre os quais 12 sobreviveram depois de terem sido hospitalizados.

“Primeiro, pensaram que o envenenamento tivesse sido provocado por um lagarto ou uma serpente que poderia ter caído no leite, mas depois descobriram que Asiya tinha colocado o veneno”, disse o polícia.

Bibi “confessou o crime”, admitindo que pretendia acabar com a família do marido para ficar livre e assim se poder casar com o amante, explicou o agente.

Casar com Muhammed Shahid era o seu desejo, mas o pai rejeitou o homem escolhido por ela e obrigou-a a casar-se com o primo Muhammed Amjad, filho de um irmão do pai, acrescentou o porta-voz.

O casal e uma tia de Bibi, que também colaborou no envenenamento, foram detidos e compareceram esta terça-feira a um tribunal antiterrorista, revelou Khaliq.

Nos países do sul da Ásia é normal que os casamentos sejam arranjados, e casar-se contra a tradição e sem a aprovação da família pode ser um problema, principalmente em zonas rurais.

Além disso, em alguns casos mais extremos, desobedecer à decisão dos pais pode levar a crimes de honra e assassinatos por parte da família, geralmente contra a mulher que foge com o amante, com o objetivo de recuperar a honra perdida.

EFE // EFE

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Os catalães também estão obrigados a manter matrimónio com a Espanha e ainda não vi nenhum espanhol envenenado por essa razão!

  2. O bloco de esquerda e o PCp tambem estão obrigados a estar casados com o antónio costa e nem por isso deitaram veneno na comida da assembleia da republica.

RESPONDER

Nova Iorque quer oferecer vacina aos turistas. Miami vai começar a vacinar no aeroporto

Em Nova Iorque os turistas irão receber a vacina da Johnson & Johnson e em Miami a vacina da Pfizer. Com o objetivo de reativar o turismo na cidade, as autoridades de Nova Iorque querem oferecer …

Carta misteriosa escrita por passageira do Titanic está a intrigar os peritos

Uma equipa de investigadores está a tentar desvendar um mistério que envolve uma carta que terá sido escrita por uma jovem a bordo do Titanic na véspera do naufrágio. Uma família encontrou a carta numa garrafa …

Violência na Colômbia preocupa comunidade internacional

Várias cidades colombianas continuam a ser palco de violentas manifestações contra o Governo do país, mas são reprimidas com força pela polícia e por militares. As manifestações começaram em forma de protesto contra uma reforma tributária …

Veterana de Bletchley Park tem um novo código da 2.ª Guerra para decifrar (mas precisa de ajuda)

Um casal que encontrou mensagens codificadas da II Guerra Mundial sob o assoalho está tentar decifrá-las com a ajuda do seu vizinho, um decifrador de códigos de Bletchley Park. John e Val Campbell encontraram um esconderijo …

"Caixas mistério" com animais de estimação geram indignação na China

Uma nova moda conhecida como "caixa mistério" ganhou popularidade na China. O método consiste em fazer uma encomenda através da internet e é enviada, pelo correio, uma caixa com um animal de estimação. Estas encomendas estão …

Arquivos da polícia do Estado Islâmico revelam como era a vida sob o califado

Arquivos da polícia do Estado Islâmico, conhecida como shurta, revelam como era a vida sob o califado. Os polícias eram tão bem pagos que não podiam ser subornados. Não é sempre que os regimes mirram …

Barco português detido por ancorar ilegalmente em águas da Malásia

Um navio mercante registado em Portugal está retido na Malásia por ter alegadamente ancorado em águas territoriais do país sem autorização, avançou esta sexta-feira a Guarda Costeira malaia. Num comunicado, Nurul Hizam Zakaria, diretor da agência …

”Eficácia e qualidade”. OMS aprova vacina chinesa da Sinopharm

A Organização Mundial da Saúde (OMS) aprovou, esta sexta-feira, o uso de emergência da vacina chinesa contra a covid-19 da Sinopharm. Trata-se da primeira vacina desenvolvida pela China a ser aprovada pela organização, lembra a agência …

Sem estado de emergência não pode haver confinamento de pessoas saudáveis

O constitucionalista Jorge Reis Novais defendeu hoje que sem estado de emergência que suspenda a garantia do artigo 27.º da Constituição não pode haver confinamento de pessoas saudáveis, até uma eventual revisão constitucional. Por outro lado, …

"Neuro-direitos". O Chile quer proteger os seus cidadãos do controlo da mente

O Chile quer tornar-se o primeiro país a proteger as pessoas do controlo da mente, à medida que a capacidade de mexer com cérebros se aproxima cada vez mais da realidade. O senador Guido Girardi está …