Papa Francisco leva 12 refugiados sírios para o Vaticano

Tânia Rego / Abr

-

O líder da Igreja Católica esteve este sábado de visita à ilha grega de Lesbos, porta de entrada dos milhares de refugiados que chegam à Europa. Já está confirmado que leva consigo para o Vaticano 12 refugiados sírios.

O Papa Francisco chegou este sábado à ilha grega de Lesbos, numa visita que considera ser “marcada pela tristeza”, escreve a BBC.

O líder da Igreja Católica visitou o campo de Moria, onde se encontram mais de três mil pessoas que enfrentam o risco de serem deportadas para a Turquia, dizendo aos migrantes que “não estão sozinhos”.

Durante o discurso aos milhares de refugiados que se juntaram para o ver, o Sumo Pontífice destacou o “grande sacrifício feito por estas famílias” e “a dor de deixar tudo para trás sem saber o que o futuro lhes reserva”.

“Não percam a esperança. O maior presente que podemos dar uns aos outros é amor”, afirmou.

Para o Papa Francisco, este é “o pior desastre humanitário desde a Segunda Guerra Mundial”, cita a emissora britânica.

O líder da Igreja Católica foi recebido esta manhã, no aeroporto de Mytilène, pelo primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, pelo patriarca ortodoxo Bartolomeu e pelo chefe da Igreja Grega, o arcebispo Jerónimo II.

Esta manhã, a estação pública grega ERT tinha adiantado que o Papa ia levar consigo, na viagem de regresso ao Vaticano, um grupo de refugiados.

Esta é uma informação que já foi confirmada por vários órgãos de comunicação. O avião do Papa já levantou voo da ilha grega e leva consigo 12 refugiados sírios que conheceu durante a visita.

Em setembro do ano passado, o Papa arranjou um espaço nos edifícios do Vaticano, destinado a hospedar famílias refugiadas.

ZAP

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Há uma campanha de intoxicação da opinião pública em Portugal e na Europa para que venham milhões de refugiados, como se isso fosse bom para a Europa. Não dizem que é uma forma de trazer insegurança para a Europa nem dizem o preço que isso vai custar a todos os europeus. Todos os refugiados são muçulmanos e entre eles há muitos radicais. São refugiados hoje, terroristas amanhã. Foi o que aconteceu em França, Bélgica e Reino Unido. As segundas gerações de imigrantes muçulmanos vindos nos anos sessenta tornaram-se terroristas. Só poucos governos, como da Hungria ou Polónia assumem publicamente que a vinda de refugiados é mau para a Europa e não os querem nos seus países. Contudo, a grande maioria dos europeus também não os quer. É altura de os políticos ouvirem o povo e não tomarem decisões estúpidas.

    • Quem não quer refugiados na Europa, não pode andar a ajudar a destruir as suas casas, como fez a França, o Reino Unido e outros países manhosos, que foram lá “largar bombas” e agora não querem saber das consequências (alguns até tem a lata de “vender” refugiados à Turquia contra todas as indicações da ONU), ou de fazer de conta que são santinhos (como Alemanha que é o maior exportador de armas ligeiras do mundo), etc, etc…
      .
      Se depois rebentarem bombas, só espero que seja no sitio certo (onde anda a escumalha parasita que é a suposta liderança europeia) e não atingindo inocentes como tem acontecido…
      .
      Dizer que a Polónia ou Hungria são exemplo para alguma coisa, é, no mínimo, um sinal de profunda ignorância…
      .
      O Vaticano é outra máfia (talvez a maior do mundo!) onde, se estourassem umas valentes bombas, não se perdia nada…
      Tendo em conta o perfil e discurso do próprio Papa, acho que até ele concordará!…

RESPONDER

Há mais 884 casos confirmados e oito óbitos por covid-19 em Portugal

De acordo com o último boletim divulgado epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS), Portugal regista, este sábado, mais oito óbitos e 884 novos casos de infeção pelo novo coronavírus. Assim, Portugal contabiliza, desde o início da …

Negros norte-americanos estão a comprar armas em valores recorde

O número de afro-americanos a comprar armas aumentou drasticamente. Em causa, estará uma resposta ao agravar das tensões sociais no país devido ao movimento Black Lives Matter. Nos Estados Unidos, os protestos do movimento Black Lives …

Sporting paga 5 milhões e "rouba" Bruno Tabata ao Braga

O Sporting conseguiu 'roubar' Bruno Tabata ao Sporting de Braga. O extremo do Portimonense assina pelos 'leões' num contrato válido por cinco temporadas. Bruno Tabata está a caminho do Sporting CP, avança este sábado o jornal …

Há (pelo menos) 16 escolas com casos de covid-19, mas não há dados oficiais

Nem o Ministério da Educação, nem a Direcção Geral de Saúde (DGS) revelam o número de casos de covid-19 nas escolas, depois da reabertura do ano lectivo. Mesmo sem dados oficiais, é possível contabilizar, pelo …

Deixar Bilbau não dá bom resultado (lembra-se da grande equipa de Bielsa?)

Javi Martínez tenta contrariar a tendência dos seus antigos companheiros de equipa no famoso Atlético de Bilbau, que só aceita no seu plantel futebolistas nascidos no País Basco ou com ascendência familiar basca. Javi Martínez, herói …

Tatuagens racistas, saias curtas, cabelos e bigodes estranhos proibidos na PSP

Os polícias que tenham tatuagens com símbolos, palavras ou desenhos de natureza partidária, extremista, racista ou que incentivem à violência têm seis meses para as remover, de acordo com novas normas da PSP que também …

Republicação das caricaturas de Maomé foi o motivo do ataque junto ao Charlie Hebdo

A republicação das caricaturas de Maomé terá estado na origem do ataque junto ao edifício da antiga redação do jornal satírico Charlie Hebdo, confessou o principal suspeito. Quatro pessoas foram esta sexta-feira feridas, duas das quais …

Segunda vaga pode matar menos (mesmo com novos casos a disparar)

Os especialistas acreditam que a segunda vaga de covid-19 em Portugal vai ser menos letal, embora o número de novos casos diários possa vir a ser "muito elevado". Isto porque temos a lição mais bem …

BCP disponível para fusão com o Montepio

Na eventualidade de ser necessária uma intervenção, o Millennium BCP mostrou-se disponível para uma fusão com o Banco Montepio. Esta hipótese foi apresentada pela instituição bancária numa reunião com o ministro das Finanças, João Leão. O …

Otamendi mais 55 milhões. O negócio que pode levar Rúben Dias para o City

Rúben Dias está muito próximo de reforçar o Manchester City. O clube inglês oferece 55 milhões de euros mais Nicolás Otamendi em troca. A oficialização do acordo deve estar para breve. O Manchester City está muito …