Papa Francisco leva 12 refugiados sírios para o Vaticano

Tânia Rego / Abr

-

O líder da Igreja Católica esteve este sábado de visita à ilha grega de Lesbos, porta de entrada dos milhares de refugiados que chegam à Europa. Já está confirmado que leva consigo para o Vaticano 12 refugiados sírios.

O Papa Francisco chegou este sábado à ilha grega de Lesbos, numa visita que considera ser “marcada pela tristeza”, escreve a BBC.

O líder da Igreja Católica visitou o campo de Moria, onde se encontram mais de três mil pessoas que enfrentam o risco de serem deportadas para a Turquia, dizendo aos migrantes que “não estão sozinhos”.

Durante o discurso aos milhares de refugiados que se juntaram para o ver, o Sumo Pontífice destacou o “grande sacrifício feito por estas famílias” e “a dor de deixar tudo para trás sem saber o que o futuro lhes reserva”.

“Não percam a esperança. O maior presente que podemos dar uns aos outros é amor”, afirmou.

Para o Papa Francisco, este é “o pior desastre humanitário desde a Segunda Guerra Mundial”, cita a emissora britânica.

O líder da Igreja Católica foi recebido esta manhã, no aeroporto de Mytilène, pelo primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, pelo patriarca ortodoxo Bartolomeu e pelo chefe da Igreja Grega, o arcebispo Jerónimo II.

Esta manhã, a estação pública grega ERT tinha adiantado que o Papa ia levar consigo, na viagem de regresso ao Vaticano, um grupo de refugiados.

Esta é uma informação que já foi confirmada por vários órgãos de comunicação. O avião do Papa já levantou voo da ilha grega e leva consigo 12 refugiados sírios que conheceu durante a visita.

Em setembro do ano passado, o Papa arranjou um espaço nos edifícios do Vaticano, destinado a hospedar famílias refugiadas.

ZAP

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Há uma campanha de intoxicação da opinião pública em Portugal e na Europa para que venham milhões de refugiados, como se isso fosse bom para a Europa. Não dizem que é uma forma de trazer insegurança para a Europa nem dizem o preço que isso vai custar a todos os europeus. Todos os refugiados são muçulmanos e entre eles há muitos radicais. São refugiados hoje, terroristas amanhã. Foi o que aconteceu em França, Bélgica e Reino Unido. As segundas gerações de imigrantes muçulmanos vindos nos anos sessenta tornaram-se terroristas. Só poucos governos, como da Hungria ou Polónia assumem publicamente que a vinda de refugiados é mau para a Europa e não os querem nos seus países. Contudo, a grande maioria dos europeus também não os quer. É altura de os políticos ouvirem o povo e não tomarem decisões estúpidas.

    • Quem não quer refugiados na Europa, não pode andar a ajudar a destruir as suas casas, como fez a França, o Reino Unido e outros países manhosos, que foram lá “largar bombas” e agora não querem saber das consequências (alguns até tem a lata de “vender” refugiados à Turquia contra todas as indicações da ONU), ou de fazer de conta que são santinhos (como Alemanha que é o maior exportador de armas ligeiras do mundo), etc, etc…
      .
      Se depois rebentarem bombas, só espero que seja no sitio certo (onde anda a escumalha parasita que é a suposta liderança europeia) e não atingindo inocentes como tem acontecido…
      .
      Dizer que a Polónia ou Hungria são exemplo para alguma coisa, é, no mínimo, um sinal de profunda ignorância…
      .
      O Vaticano é outra máfia (talvez a maior do mundo!) onde, se estourassem umas valentes bombas, não se perdia nada…
      Tendo em conta o perfil e discurso do próprio Papa, acho que até ele concordará!…

RESPONDER

Concorrência quer novas regras para fidelizações nas telecomunicações

A Autoridade da Concorrência (AdC) quer mudanças nas regras impostas pelas operadoras de telecomunicações nos contratos de fidelização. Segundo um relatório da AdC, ao qual o Jornal de Negócios teve acesso e que será esta segunda-feira …

Se Trump fosse julgado perante um júri, seria condenado "em três minutos"

Caso o processo de impeachment avance, e Trump seja apresentado perante um júri, Jerry Nadler acredita que o presidente norte-americano seria considerado culpado "em três minutos". O presidente da comissão de Justiça da Câmara dos Representantes, …

Sangue, lágrimas e crianças escoltadas na primeira despromoção da história do Cruzeiro

O Cruzeiro desceu de divisão pela primeira vez na sua história. O último jogo do campeonato, que selou a despromoção, ficou marcado por episódios violentos entre adeptos e polícia. O cenário vivido no 'Mineirão', este domingo, …

Movimento "Convergência" prepara moção para convenção do Bloco (mas rejeita cisão)

Largas dezenas de elementos do Bloco de Esquerda (BE) estiveram reunidos para preparar uma moção para apresentar na próxima convenção do partido, mas rejeitam estar a criar uma nova tendência ou a preparar uma cisão. João …

Empresário lesou Fisco em 60 milhões, mas não tem de devolver nada

Um empresário do setor do ouro condenado a sete anos de prisão por fraude fiscal agravada não terá de devolver nenhuma parte dos 60 milhões de euros de prejuízo que deu ao Estado por não …

Maioria das pistolas Glock roubadas da PSP pode ter estado sempre com a polícia

Luís Gaiba defende que a contagem do armamento não estava atualizada e que, por isso, a maioria das armas alegadamente desaparecidas pode nunca ter saído da posse da polícia. O agente Luís Gaiba, suspeito do roubo …

Rússia banida dos Jogos Olímpicos e Mundiais por quatro anos

A Rússia foi banida, esta segunda-feira, de Jogos Olímpicos e Mundiais por quatro anos, na sequência de uma decisão, tomada por unanimidade, do comité da AMA que avalia o cumprimento dos regulamentos. A Rússia foi excluída dos …

Governo chinês bane compras públicas de computadores e software estrangeiros

O Governo chinês ordenou que todos os escritórios governamentais e instituições públicas removam computadores e software estrangeiros, ao longo dos próximos três anos, depois da decisão de Washington de banir aquisição de equipamentos da Huawei. A …

Arbitragem, relvado e azar. Sérgio Conceição explica deslize com o Belenenses

Desde a arbitragem ao relvado e de o azar à falta de discernimento, Sérgio Conceição explicou o empate contra o emblema de Belém. A equipa de arbitragem foi a principal visada. O FC Porto não foi …

A nova primeira-ministra da Finlândia é a pessoa mais nova de sempre a ocupar o cargo

A ministra dos Transportes da Finlândia, de 34 anos, foi escolhida para ser a próxima primeira-ministra do país, o que fará dela a pessoa mais nova de sempre — e terceira mulher — a ocupar …