Pandemia leva Irão a sugerir trocas incondicionais de prisioneiros com os EUA

Com receio de que o coronavírus coloque em causa a vida dos reclusos, o Irão disse estar preparado para negociar trocas incondicionais de prisioneiros com os Estados Unidos (EUA), informaram os media iranianos no domingo.

Segundo avançou a Time, o site de notícias iraniano Khabaronline.ir citou o porta-voz do gabinete Ali Rabiei, que afirmou haver “prontidão para [que a transferência de] todos os prisioneiros” seja discutida sem condições.

“Mas, até agora, os EUA recusaram-se a responder”, disse Rabiei. “Esperamos que, como o surto da doença covid-19 que ameaça a vida dos cidadãos iranianos nas prisões dos EUA, o governo dos EUA eventualmente prefira vidas à política”, sublinhou.

Uma autoridade dos EUA, não autorizada a discutir o assunto publicamente e que falou sob anonimato, disse: “Não houve oferta nem oferta de conversas diretas”.

De acordo com Rabiei, o Irão considera o governo dos EUA responsável pela saúde dos prisioneiros iranianos. Embora o responsável não tenha detalhado a situação, os media iranianos apontaram, nos últimos meses, para vários iranianos sob custódia dos EUA, incluindo Sirous Asgari, um professor universitário de 60 anos. As autoridades dos EUA tentam deportar Sirous Asgari desde o ano passado, indicou a Time.

Na semana passada, as autoridades norte-americanas disseram que estavam a progredir nos esforços para garantir a libertação de um veterano da Marinha, detido no Irão.

Ken Cuccinelli, vice-secretário de Segurança Interna, disse quarta-feira que os casos de Michael White, norte-americano detido no Irão, e Sirous Asgari nunca foram conetados, criticando os comentários recentes das autoridades iranianas sobre uma possível ligação entre os dois, apontando ainda que o Irão demorou a aceitar o retorno do professor.

Michael White, de Imperial Beach, Califórnia, foi detido em julho de 2018 enquanto visitava a namorada no Irão, tendo sido condenado por insultar o líder supremo do Irão e por publicar informações confidenciais ‘online’.

Foi libertado em março, devido a uma licença médica que exigia que permanecesse no país. Michael White faz parte das dezenas de milhares de prisioneiros aos quais foram concedidas licença médica no Irão, um dos primeiros países a ser fortemente atingido pelo pela propagação do coronavírus.

Autoridades do governo Trump disseram repetidamente que consideram a libertação de reféns e detidos norte-americanos uma prioridade. Em dezembro, o Irão libertou um estudante da Universidade de Princeton, preso durante três anos sob acusações de espionagem, em troca da libertação de um cientista iraniano.

Em março, a família do ex-agente do FBI Robert Levinson, que desapareceu no Irão há 13 anos, disse ter sido informada pelas autoridades norte-americanas que este estava provavelmente morto, não esclarecendo como chegaram a essa conclusão.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Taiwan vende vacinas da AstraZeneca a 17 euros para evitar que expirem

Com lotes da vacina da AstraZeneca em risco de expirarem, devido a resistência à sua toma entre grupos prioritários, Taiwan começou esta segunda-feira a administrá-las a qualquer pessoa, por 17 euros. Horas depois de o sistema …

Mourinho: "Não preciso de fazer uma pausa, estou sempre no futebol"

O treinador português disse, esta segunda-feira, que "não necessita de fazer uma pausa", após deixar o comando técnico do Tottenham, e frisou estar "sempre no futebol". Embora não se tenha alongado muito, José Mourinho falou pela …

Regime sírio acusado de crimes contra a humanidade na Suécia

Quatro organizações não-governamentais apresentaram uma queixa junto da polícia da Suécia contra altos responsáveis do regime sírio por crimes contra a humanidade pelos ataques com armas químicas na Síria, em 2013 e 2017. A queixa foi …

Portugal, Lituânia e Malta são os únicos países da UE sem 5G

Portugal, Lituânia e Malta são os únicos países na União Europeia (UE) que ainda não têm qualquer oferta comercial de 5G, revelou o último relatório trimestral do Observatório Europeu do 5G, um organismo da Comissão …

Jair Bolsonaro diz que quem votar em Lula da Silva "merece sofrer"

No mês passado, o Supremo Tribunal Federal decidiu que Lula da Silva pode voltar a candidatar-se à presidência do Brasil e Jair Bolsonaro, o atual presidente do país, considera que quem votar em Lula "merece …

Covid-19. Plano Nacional inclui testes em centros comerciais ou empresas

O Plano Nacional para a Testagem Massiva prevê a realização generalizada de testes para deteção precoce do coronavírus, passando a estar disponível em centros comerciais, estações de transportes públicos ou empresas, e podendo pode ser …

Seul vai aceitar descarga de água radioativa de Fukushima (se o Japão cumprir certas condições)

A Coreia do Sul aceitará, caso sejam cumpridas algumas condições, o plano do Governo japonês para despejar gradualmente no mar águas tratadas, mas ainda radioativas, da central nuclear destruída de Fukushima, segundo o Governo sul-coreano. O …

CDS vai apresentar projeto sobre enriquecimento ilícito. PSD só apoia medida que seja "eficaz e constitucional"

O CDS-PP vai apresentar no Parlamento um projeto sobre o enriquecimento ilícito, anunciou o presidente do partido esta terça-feira, antecipando que a iniciativa se debruçará sobre o poder político, o poder judicial e o funcionamento …

Deputada Cristina Rodrigues propõe campanha contra pirataria de jornais

A deputada não inscrita Cristina Rodrigues recomendou, esta segunda-feira, ao Governo a divulgação de uma campanha nacional que promova o combate à pirataria de jornais e revistas e que aumente a fiscalização relativa ao crime …

Fuga a notificações judiciais deixa 15 mil pessoas à margem da lei

A Direção-Geral da Administração da Justiça (DGAJ) divulgou uma lista com 15.178 nomes de cidadãos e gerentes de empresas procurados por não prestarem contas dos crimes cometidos. Dessa lista, 7900 são homens, 1401 mulheres, 5665 pessoas …