/

PAN vai abster-se na generalidade. OE mais próximo da aprovação

João Relvas / Lusa

O partido Pessoas-Animais-Natureza (PAN) vai abster-se na votação na generalidade da proposta de Orçamento do Estado para 2021 (OE2021) na próxima quarta-feira, anunciou a líder parlamentar do partido, Inês Sousa Real.

Com a abstenção dos três deputados do PAN, a mesma posição anunciada na sexta-feira pelo PCP, o Governo necessita de mais duas abstenções para garantir que o documento é viabilizado na primeira votação e passa para a fase da especialidade.

Em declarações aos jornalistas, a líder parlamentar do PAN frisou que “há muito a fazer em sede de especialidade em 2021”, mas querendo manter a negociação e “não podendo votar a favor”, o partido decidiu abster-se nesta fase.

O Bloco de Esquerda deverá anunciar o seu sentido de voto este domingo, pelas 20:30, no final de uma reunião da Mesa Nacional, enquanto o Partido Ecologista “Os Verdes” irá tornar pública a sua decisão na terça-feira, faltando ainda conhecer a posição das duas deputadas não inscritas, Joacine Katar Moreira e Cristina Rodrigues.

Joacine Katar Moreira não votará contra

A deputada não inscrita Joacine Katar Moreira não irá votar contra o Orçamento do Estado, confirmou à Lusa fonte oficial, faltando apenas uma abstenção para que o Governo consiga a aprovação do documento na generalidade.

De acordo com fonte oficial parlamentar contactada pela agência Lusa, a deputada não inscrita Joacine Katar Moreira (ex-Livre) “não inviabilizará o Orçamento do Estado para 2021 na generalidade”, restando as opções de votar favoravelmente ou abster-se.

Qualquer que seja a opção escolhida pela deputada, esta junta-se à abstenção dos três deputados do PAN anunciada este domingo e à mesma posição anunciada na sexta-feira pelo PCP, ficando o Governo a necessitar de apenas mais uma abstenção para garantir que o documento é viabilizado na primeira votação e passa para a fase da especialidade.

PSD, CDS e Chega e Iniciativa Liberal já anunciaram o seu voto contra.

A votação na generalidade do Orçamento do Estado para 2021 é na quarta-feira, no parlamento, e, se for aprovado, segue-se um período de especialidade, ao pormenor, antes da votação final global, prevista para 26 de novembro.

O Governo do PS está a negociar com os partidos de esquerda – BE, PCP, PEV e o PAN, mas não há ainda garantias públicas de que venha a ser aprovado.

  ZAP // Lusa

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.